Onde terminam os arco-íris - Cecelia Ahern


"Seria difícil dizer a quanto tempo Rosie e Alex são amigos.

Desde pequenos trocavam bilhetinhos na sala de aula, brigaram, riram do narigão da senhorita Casey e inclusive deixaram de se falar porque Rosie não queria que a cadela de Alex fosse a sua festa de aniversário.

Sem dúvida, parecem feitos um para o outro, e apesar disso, jamais lhes passou pela cabeça que sua amizade pudesse derivar em algo mais.

Não obstante, o dia em que o pai de Alex aceita um trabalho em Boston, Alex deve abandonar a Irlanda com sua família e começar uma nova vida nos Estados Unidos, longe de seu país, e o que é mais doloroso, longe de sua melhor amiga.

A amizade de ambos recebe um duro golpe; a partir desse momento, Rosie e Alex deverão aprender a viver separados, e só através de cartas, correios eletrônicos e chamadas de telefone poderão saber o que lhes proporciona o destino.

Entretanto, esse mesmo destino muito freqüentemente escolhe ser caprichoso, sem lhe importar sequer a distância: Rosie e Alex deverão esperar e viver separados por um oceano inteiro para dar-se conta, pouco a pouco, sem ninguém para adverti-los, de que o que aprenderam a viver como uma grande amizade é em realidade um sentimento muito mais profundo, difícil de descrever em suas cartas... Um amor que, mais à frente do arco íris, espera que um dos dois pronuncie seu nome e não renuncie à oportunidade de ser feliz..."

Essa leitura foi particularmente curiosa, durante o dia estava justamente comentando com uma amiga sobre como as coisas acontecem nas nossas vidas, como escolhemos determinados caminhos e que nunca saberemos para onde os outros (caminhos não escolhidos) nos levariam... se eu tivesse feito, se tivesse falado... assuntos não resolvidos... conversas pendentes...

E esse livro mostra como as escolhas de duas pessoas comuns, que poderiam ser eu, você, seu irmão, sua amiga, podem mudar suas vidas... Rosie e Alex são amigos desde criança, esperaram juntos ver o Papai Noel, levaram suspensão da escola, colaram nas provas, um contou ao outro sobre seu primeiro encontro, quando perdeu a virgindade, eram os melhores amigos em tudo... mas o destino separou suas vidas, Alex foi para Boston e Rosie acabou engravidando aos dezoito anos de outro rapaz...

Ao longo dos anos, a amizade ao invés de esfriar, se torna mais forte, e os sentimentos também passam por uma grande transformação...

No livro todo não há nenhuma fala, é todo composto de bilhetes, cartas, e-mails... mas isso não o torna cansativo, ao invés disso, dá mais profundidade a trama e aos personagens...

Confesso que, a leitora compulsiva e ansiosa que existe dentro de mim, em alguns momentos quase se descontrolou... mas meu problema é que preciso dar grandes bocadas, não sei me alimentar "com parcimônia"...

O livro é lindo, é da mesma escritora de P.S Eu te amo, e só isso já quer dizer muita coisa...

Recomendo, recomendo e recomendo...

1 comentários:

  1. Eu li esse livro tens uns aninhos atrás. Mas lembro dele com muito carinho. Achei linda a história de amor deles e vc foi muito feliz no comentário. Tb recomendo o livro :)

    Obrigada pelo selinho :))) Amei!!
    Bjs
    Lili

    ResponderExcluir