Crepúsculo - Stephenie Meyer

"Isabella Swan chega à nublada e chuvosa cidadezinha de Forks - último lugar onde gostaria de viver. Tenta se adaptar à vida provinciana na qual aparentemente todos se conhecem, lidar com sua constrangedora falta de coordenação motora e se habituar a morar com um pai com quem nunca conviveu. Em seu destino está Edward Cullen.
Ele é lindo, perfeito, misterioso e, à primeira vista, hostil à presença de Bella - o que provoca nela uma inquietação desconcertante. Ela se apaixona. Ele, no melhor estilo "amor proibido", alerta: Sou um risco para você. Ela é uma garota incomum. Ele é um vampiro. Ela precisa aprender a controlar seu corpo quando ele a toca. Ele, a controlar sua sede pelo sangue dela.
O que Bella não percebe é que quanto mais se aproxima dele, maior é o perigo para si e para os que a cercam. E pode ser tarde demais para voltar atrás...
Combinando sensualidade e mistério, romance e fantasia, Stephenie Meyer produz uma trama de extraordinário suspense neste primeiro volume da série que marcou sua estréia literária. Tremendamente sedutor, Crepúsculo mantém seus leitores ligados até a última página."



Esse livro é o primeiro de uma série, os outros livros são: "Lua Nova", "Eclipse", "Amanhecer" e possívelmente "Sol da Meia Noite"...

Para quem esperava uma história de ficção com vampiros e várias cenas fortes, o livro deve ter sido decepcionante, está mais para “Romeu e Julieta” do que para a noiva do Drácula. Como terror não é nem de longe o meu estilo favorito, eu amei o livro.
A história de amor de Bella e Edward é linda, o livro retrata um amor puro na sua fase inicial, as primeiras descobertas, as conversas e os sorrisos...
Bella é uma pessoa essencialmente solitária e muito mais madura do que seus dezessete anos...
Edward é um encanto, tão forte e controlado e às vezes tão vulnerável... Muito novo (bem, pelo menos fisicamente), mas não menos apaixonante...
Achei muito legal uma postagem que a Lili do blog “Nossos Romances” publicou e vale a pena ser lida, nela há um trecho do primeiro capítulo do livro "Sol da Meia Noite" (ainda sem previsão de publicação), e retrata o primeiro dia de aula de Bella pelos olhos do Edward, após ler esse trecho entendi melhor o que passou naquele primeiro dia e a constante agonia de Edward, também serviu para que eu simpatizasse ainda mais com o mocinho...

Quanto ao filme, comecei a assisti-lo relacionando as passagens com o livro, mas depois de um curto espaço de tempo comecei a ficar meio decepcionada e só comecei a apreciá-lo quando me desliguei do livro e parei de fazer comparações. Sei que é quase impossível adorar um filme se compararmos com algum livro no qual ele foi baseado, mas para mim sempre é inevitável à comparação, algumas vezes eu encaro o filme como complemento, mas neste filme isso não aconteceu... Os personagens que minha imaginação criou eram muito diferentes dos apresentados no filme... Mas é impossível agradar a gregos e troianos...
O filme é bom, mas nada de comparações, ok?? A trilha sonora é ótima, muito bem escolhida...




Se quiserem ler o primeiro capítulo do livro, cliquem aqui... (depois disso será difícil parar!!)

13 comentários:

Deixe seu comentário