Marsha Mellow e Eu - Maria Beaumont

" Ela escreveu este livro e agora vai ter que revelar sua identidade...
1. Quando o seu namorado, um cara com quedinha por emoções horizontais fortes, der um fora em você porque te acha careta demais, abra o seu laptop e escreva um romance dos mais provocantes, só para provar a si mesma que, em matéria de Kama Sutra, você dá de dez nele (e no Kama Sutra também).

2. Deixe o laptop ao alcance daquela sua irmã que adora te meter em encrencas, para que ela descubra o livro quando você estiver domindo e o mande para cinco agentes literários sem o seu conhecimento.

3. Aceite se encontrar com a superagente, uma encantadora hipopótama com a astúcia de 007, a fineza de uma lady e o faro de um perdigueiro para contratos milionários.

4. Feche negócio com um editor que nunca viu você mais gorda, para publicar o seu livro, sob o pseudônimo de Marsha Mellow.

5. Torne-se a autora mais vendida da Inglaterra... e a mais procurada pelo jornal Daily Mail, quando ele lançar uma campanha pondo sua cabeça a prêmio por fazer com que o número de adolescentes grávidas triplique no país.

6. Não conte nada para a sua mãe (aquela fera, que nem sabe que você fuma), e continue escondendo dela que o seu melhor amigo é um gay que trabalha numa boate chamada Seminário, deixando-a pensar que ele é um estudante de teologia e que um dia será padre... "

A primeira coisa que chamou minha atenção foi a capa (achei uma graça), e depois essa resenha é de matar qualquer um de curiosidade, né?? Após isso, não pude largar o livro enquanto não terminei de ler...
E minha opinião?? Simplesmente Hilário...
Amy é uma pessoa comum, que após levar um fora do então namorado resolve escrever um livro picante regado a sexo, drogas e rock'n roll, o único problema é que Amy nunca fez nada do que escreveu e nem tinha idéia de publicar o livro, mas quando vê já assinou um contrato milionário e seu livro é um dos mais vendidos da Inglaterra, e ao invés curtir tudo isso, Amy se esconde atrás de um pseudônimo e se mete em uma confusão atrás da outra, fazendo com que a cena da capa se torne fichinha...
É leve, divertido e impossível largar antes de terminar... o final é surpreendente e digno de um livro tão criativo e bem humorado... Leitura obrigatória para toda "mulherzinha"...

7 comentários:

Deixe seu comentário