O Castelo das Sombras - Candace Camp

"Em O castelo das sombras, segundo livro da Trilogia dos Aincourt, o leitor passa a conhecer a história de Richard, o duque de Cleybourne. Após perder a esposa, Caroline Aincourt, e a filha, a pequena Alana, em um trágico acidente às vésperas do Natal, Richard torna-se um homem solitário e amargo. Em profundo estado depressivo, Richard parte para seu castelo no campo. Mas, com a chegada de Jessica Maitland e Gabriela Carstairs, seus dias de autocomiseração estão contados. Pouco antes de morrer, o general Streathern, tio-avô de Gabriela, ordenou que a menina ficasse sob a custódia de Richard, que a protegeria do lorde de Vesey, seu cruel sobrinho-neto interessado em roubar a herança da prima. Com a missão de entregar a menina sã e salva para Richard, Jessica parte para o castelo do duque, afastando Gabriela de um ambiente nefasto.
Mas Richard não tem a menor intenção de ser responsável por uma órfã, até mesmo porque isso o faz lembrar a filha. Por outro lado, ele se sente cada vez mais atraído por Jessica, tornando-se vulnerável à insistência dela para que proteja a menina. Com a chegada de lorde Vesey ao castelo, a situação fica ainda mais complicada.

Ele está decidido a reivindicar a guarda de Gabriela, o que coloca Richard em uma posição desconfortável, e para complicar ainda mais, uma pessoa aparece morta. Agora, Richard e Jessica unem forças para descobrir quem é o assassino, ao mesmo tempo em que têm de resistir à paixão incontrolável que surge entre eles." Abas do livro

Estou adorando essa trilogia, bem escrita e envolvente... vale a pena ler e se apaixonar.

Jessica é uma personagem forte, fala o que pensa, não se deixa intimidar por ninguém, nem por nenhuma posição social, sem dúvida capaz de fazer uma imensa revolução na vida sem graça de Richard...

Richard me partiu o coração, um homem maravilhoso que após a morte da esposa e filha não vê mais motivos para viver, mas após a chegada de Gabriela e Jessica sua vida começa a voltar ao rumo...

Um romance que me lembrou aquela brincadeira da batata quente (quente, quente, quente, queimou), realmente os romances dessa trilogia são bastante picantes, mas não são vulgares, e as histórias de amor são muito bonitas, além de trazerem sempre um mistério envolvente...
Enfim, quando eu crescer, quero escrever um livro igual à Candace Camp...

3 comentários:

Deixe seu comentário