O Clube das Chocolátras - Carole Matthews

“Algumas mulheres são viciadas em compras; outras, em champanhe. Já umas curtem bons livros; outras estão sempre nas melhores boates.
Lucy Lombard, porém, só não consegue viver sem uma coisa: CHOCOLATE. Delicioso, cremoso, docinho, tudo de bom! Insubstituível, não há nada que ele não cure, desde coração partido à dor de cabeça. E nossa amiga não está só; compartilha sua paixão por essa iguaria com outras três viciadas, Autumn, Nadia e Chantal. Juntas, elas formam um grupo seleto, denominado Clube das Chocólatras. Sempre que há uma crise, elas se reúnem em seu santuário, o Paraíso do Chocolate. Com um namorado galinha que vive prometendo mudar, um chefe paquerador, um marido viciado em jogo, um casamento sem amor, assunto é o que não falta entre elas...”

Sempre me considerei uma chocólatra, mas perto dessas moçoilas minha paixão é fichinha...
O que me conquistou nesse livro foi a capa... Deu água na boca só de olhar, eu tenho um fraco por capas de livros e essa é um verdadeiro convite a perdição, deu uma vontade danada de me empanturrar de chocolates ao longo da leitura, mas eu resisti bravamente...
O livro é ótimo, leve e delicioso... Narra os conflitos vividos por quatro amigas viciadas em chocolates e eu nem sabia que existiam tantas possibilidades de combinações...
O estilo de escrita me lembrou muito o da Marian Keyes e em dois momentos fiquei com a sensação de dejavú, mas infelizmente de vez em quando isso acontece mesmo... mas não foi nada que atrapalhasse o resultado final...
Lucy é a personagem de maior destaque, tem um namorado galinha, um emprego temporário e um chefe tudo de bom... infelizmente se eu falar mais, já vai ser spoiler...
Autumm é daquelas que se preocupam com todos, leva a sério a reciclagem pelo bem do planeta e trabalha num centro de reabilitação para dependentes químicos, sempre que penso nela, a imagino como a personagem Phoebe do seriado “Friends”.
Nádia é casada e tem um filhinho, mas seu marido é viciado em jogos, levando-a quase a loucura pelo tamanho das dívidas que o casal acumulou...
Já Chantal foi a personagem que eu menos gostei, é casada, tem uma vida perfeita, mas seu casamento vai de mal a pior... Ao longo do livro, fiz mil conjunturas a respeito desse casal, mas no final fiquei sem entender muito bem o que se passava... Acho que é o único ponto da história que poderia ter sido melhor...
Essas mulheres fogem de seus problemas e se apóiam umas nas outras numa chocolataria, um lugar que com certeza eu queria conhecer...
Bem, eu gostei muito do livro... aconselho a leitura, mas não cometam o pecado da gula... é só não olhar para a capa...

8 comentários:

  1. Ah, difíl ler um livro desses sem sentir vontade de cair de cara numa barra de chocolate, rsrs..

    Parece ser legal..! :)

    Bjooos

    ResponderExcluir
  2. Hmmm...a capa realmente é diliça! E adoro leituras leves. Tá anotado!

    ResponderExcluir
  3. Oi Débora!
    Só a capa do livro já dá água na boca!!!
    Deve ser uma delícia lê-lo!!!!

    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Já há algum tempo namoro com esse livro em todas as minhas idas à livraria. Realmente, a capa é uma coisa, e para quem é chocolátra (como eu, é claro!)resistir é quase um pecado!!! Mas até hoje não tinha surgido nenhuma opinião sobre ele. Que bom q vc leu e recomenda. Na minha próxima visita, com certeza, não irei pensar duas vezes!

    Bjim, Dé!!!

    ResponderExcluir
  5. Meninas,

    Leiam sim, porque acho que vocês vão gostar...

    bjs

    ResponderExcluir
  6. Oi querida,
    Tem 2 selinhos p vc lá no meu blog!
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Certeza que, se eu lesse, ia engordar um 5 kg! A cada página, um chocolatinha pra acompanhar! Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Tem dois selinhos para você no meu blog. Beijos.

    ResponderExcluir