O Turno da Noite - André Vianco

"O Turno da Noite surgiu para agitar o submundo. Quatro vampiros recém-trazidos para a vida noturna são atraídos por um vampiro ancião que vive em São Paulo. Ignácio oferece proteção e ensinamentos para os novatos em troca de suas habilidades para lutar contra o crime organizado. Uma mistura explosiva que vai sacudir a cidade e mergulhar o leitor em suspense, ação e mistério. Vampiros, lobisomens e anjos se misturam num conflito onde não sabemos ao certo quem é herói e quem é bandido."

Hum... essa é uma postagem difícil de se fazer... Em alguns trechos adorei o livro, achei criativo, envolvente... mas em outros trechos simplesmente detestei... me decepcionei e me frustrei... portanto, dessa vez, irei fazer uma postagem mais pessoal do que costumo fazer...

Ah, com certeza terá spoilers!!

Bem, o livro me foi gentilmente emprestado pelo meu amigo Miguel, estávamos comentando sobre os livros desse escritor e ele me ofereceu esse para ler, mas já foi avisando: "Olha, tem trechos muito bons, mas o final é meio Mandrake..."
Como gosto de tirar minhas próprias conclusões, lá fui eu...
Me empolguei com o início que narra a história de quatro vampiros novatos que são convidados a fazer parte de uma agência de extermínio... até aí tudo bem, muito legal, interessante...
Depois começaram a aparecer tantos personagens que fiquei um pouco confusa... tudo bem que o livro é uma continuação de "Os Sete" e o "O Sétimo", daí em algum momento precisava amarrar algumas pontas, mas eu achei exagerado o número de personagens e isso não possibilitou se aprofundar muito na personalidade da grande maioria...
A leitura me levou a uma personagem chamada Calíope, uma negra que era escrava e se transformou em vampira... nesse ponto travei... super chata a história, uma personagem que foi colocada só para encher linguiça... até que eu segui o conselho do meu amigo Miguel: "Ah, pula essa parte que é muito chata..." foi o que eu fiz, pulei dezenas de páginas dela descrevendo a vida dela nos mínimos detalhes...
O livro voltou a ficar envolvente... não sabia mais para quem eu torcia, se para os soldados brasileiros ou para os vampiros... a narrativa ficou super interessante e eu devorei centenas de páginas num piscar de olhos (mas essas eu li) até que próximo do final os vampiros foram capturados e presos no estádio do Canindé... achei incrível...

Mas quando cheguei no final... foi um banho de água fria... teve uma hora que eu fiquei em dúvida se o livro era sobre vampiros ou sobre os X-Men... porque os vampiros tinham mais poderes que o Wolverine, o Profº Xavier e a Tempestade (todos juntos)... daí chegou o final "Mandrake" que meu amigo tanto falou... realmente foi muito forçado...
Curupira de 3 metros de altura guardando vampiro em templo inca no Brasil??
Bem, se o negócio tivesse parado por aí tudo bem, mas o final foi tão ridículo, aparece um vampirão que mais parece um santo... mata milhares de soldados e cria um território para vampiros bem no meio de São Paulo?? E acaba assim...

Sinceramente... cansei... gostei de 2/3 do livro... mas não foi o suficiente para continuar a ler livros desse autor... pode ser que um dia alguém me indique um que eu fique curiosa, mas por hora já deu a minha cota...

6 comentários:

  1. Puxa, que falta de sorte. É o segundo livro que você não gosta dele né? Eu adorei Os sete e não gostei de O Senhor da Chuva... André Vianco para mim é um dilema. Terei que ler algo mais dele para tirar minhas conclusões!

    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Ai, aque raiva!!! Odeio livros frustrantes...e esse parece ser um deles!

    ResponderExcluir
  3. Débora, eu li Os Sete (que comprei num sebo)e não gostei. Definitivamente afastei ele da minha estante!
    Achei que ele escreve mal.
    Tem vários livros dele no site do Submarino por R$9,90 e eu não comprei nenhum.
    Bj

    ResponderExcluir
  4. Não concordo com a opnião de vocês...
    Achei os livros do André Vianco ótimos, ao menos os que li... (Sete, Sétimo, Bento, Vampiro Rei 1 e 2 e Turno da Noite – os três volumes).
    Mas, como tudo nessa vida, a leitura também é uma questão de gosto... Cada um tem sua própria opinião. Não gostar é um direito de vocês e discordar, um direito meu...
    Agora no que tenho certeza que não discordaremos é que ler é tudo de bom...

    ResponderExcluir
  5. Eu concordo inteiramente..... 100% com o que a debora falou sobre o turno da noite... exatamente tudo.... mas porem gostei mto, assim, fiquei frustrado com o curupira, nooo mto msm! Mas o restante me entreteu... e recomendo-o....

    PS: eu li a historia da caliope inteira, e que chaticeeee,,,, gente du céu!

    ResponderExcluir
  6. Que coisa heim ... descobri o seu blog justo depois de ter lido André Vianco e simplismente ter amado...
    Mas o importante de tudo o que vemos aqui é gostar de ler ,ter a critica e interagir com os demais ...

    Amei este blog!!!

    Parabéns por este espaço de troca...


    PS:Mal sabem voces que eu AMO a saga de Crepusculo !!! rsrsrsr

    ResponderExcluir