Laços de Fogo (Trilogia da Fraternidade) - Nora Roberts

"Neste primeiro volume da Trilogia da Fraternidade, você conhecerá as irmãs Concannon: mulheres modernas, ligadas ao eterno e intempestivo espírito da terra.

Laços de Fogo é a história de uma artista impetuosa que não pode fugir de seu passado... tampouco de um grande amor.

Talentosa, solitária, teimosa e dona de um espírito libertário, Maggie Concannon é uma artista especializada na arte em vidro, cujos trabalhos sensíveis são muito mais do que meros objetos de beleza, mas reflexos de sua verdadeira natureza. Surge então um homem, o marchand Rogan Sweeney, que percebe a alma e a pureza de sua arte e se propõe a ajudá-la a construir uma carreira de sucesso. Quando Rogan chega ao isolado estúdio de Maggie, o coração dela se inflama com a arrebatadora atração que surge entre eles... e seu passado sombrio será iluminado por um amor tranqüilo, gentil e complacente." Abas do Livro

Esse é o primeiro livro da trilogia da Fraternidade... que se passa nas terras da Irlanda... esse primeiro livro deixa muita coisa no ar sobre o passado conturbado da família Concannon... e estou doida para ler os demais...

Maggie é uma artista talentosa, temperamental... uma mulher que foi endurecida devido as atitudes de uma mãe infeliz... quer parecer independente, dura e distante... mas nos momentos em que se permite baixar a guarda, se mostra uma pessoa boa, generosa e leal... eu me identifiquei muito com essa personagem... acho que foi por isso que em alguns momentos a detestei tanto...
Rogan, é o dono de uma rede de galerias onde os trabalhos de Maggie serão expostos... mas ele deseja total exclusividade da artista e da mulher por trás da arte...
A tensão entre os dois é ótima e a relação totalmente tempestuosa...

Trecho da carta ao leitor (escrito pela Nora)
"Laços de Fogo destaca Margareth Mary Concannon, a irmã mais velha, uma artista do vidro com um traço tão independente como seu temperamento volátil. É uma mulher ao mesmo tempo confortada e ferida pela família, cujas ambições a levam a se descobrir e a seus talentos. Vidro soprado feito à mão é uma arte difícil e exigente, e, embora produzindo o delicado e frágil, Maggie é uma mulher forte e obstinada, uma mulher de Clare, com toda a turbulência daquele fascinante condado do Oeste. Sua relação com o sofisticado proprietário de uma galéria de Dublin, Rogan Sweeney, não será calma, mas espero que vocês a achem divertida."

3 comentários:

  1. Mais uma do fã clube de Norinha?

    Beijoooos e bom finde!

    ResponderExcluir
  2. Olá Débora!
    Li a Trilogia da Magia....foram os últimos livros de Nora Roberts que li.
    Gosto de Nora Roberts, é uma leitura que me descansa, que não exige muito, faz sonhar....pelo jeito vc gostou, não é mesmo!!!
    Beijo!!

    ResponderExcluir
  3. Olá Débora

    Tem selinho para você no meu blog.

    Bjs
    Aline

    ResponderExcluir