A Mulher do Viajante no Tempo - Audrey Niffenegger

"A Mulher do Viajante do Tempo" conta a história do casal Henry e Clare. Quando os dois se conhecem Henry tem 28 anos e Clare, 20. Ele é um moderno bibliotecário; ela, uma linda estudante de arte. Os dois se apaixonam, se casam e passam a perseguir os objetivos comuns à maioria dos casais: filhos, bons amigos, um trabalho gratificante. Mas o seu casamento nunca poderá ser normal. Henry sofre de um distúrbio genético raro e de tempos em tempos, seu relógio biológico dá uma guinada para frente ou para trás e ele então é capaz de viajar no tempo, levado a momentos emocionalmente importantes de sua vida tanto no passado quanto no futuro. Causados por acontecimentos estressantes, os deslocamentos são imprevisíveis e Henry é incapaz de controlá-los. A cada viagem, ele tem uma idade diferente e precisa se readaptar mais uma vez à própria vida. E Clare, para quem o tempo passa normalmente, tem de aprender a conviver com a ausência de Henry e com o caráter inusitado de sua relação. Neste livro, a autora mostra com muita sensibilidade, inteligência e bom humor que o verdadeiro amor é capaz de transpor todas as barreiras - inclusive a mais implacável de todas: o tempo."

O livro é focado no romance entre Clare (A mulher do viajante no tempo) e Henry, isso com certeza é uma delícia para os românticos, todavia os mais curiosos e investigadores podem ficar um pouco decepcionados com o livro, pois ele não aborda profundamente as viagens em si, nem suas causas ou suas complicações, muito pelo contrário, acho que ele trata de forma muito natural a viagem no tempo... os personagens aceitam isso como fato e convivem com essa realidade...
A história é linda e a emoção tomou conta de mim em muitos momentos... fazendo com que a gente se coloque no lugar de Clare, torça pelo amor, pelo sucesso dos personagens...
Um ponto interessante é que a história é narrada pelo ponto de vista dos dois personagens principais, sendo possível conhecê-los com mais profundidade...
O livro é lento, envolvente, possui longos diálogos e narrativas lindas... mostra o dia-a-dia de um casal que se ama, que decidem constituir uma família e as desventuras de um casamento...
Eu não estou num momento de grande tranquilidade, na verdade dificilmente sou tranquila em relação a leitura, por isso em vários momentos (naqueles onde eu tinha vontade de olhar logo no final) eu parava a leitura e pegava o outro livro que estou lendo... quando ficava mais tranquila, voltava... mas isso não é nenhum demérito para o livro, eu só estava muito ansiosa...
Eu recomendo a leitura, um livro realmente lindo e com uma abordagem totalmente inovadora...

20 comentários:

Deixe seu comentário