A Mulher do Viajante no Tempo - Audrey Niffenegger

"A Mulher do Viajante do Tempo" conta a história do casal Henry e Clare. Quando os dois se conhecem Henry tem 28 anos e Clare, 20. Ele é um moderno bibliotecário; ela, uma linda estudante de arte. Os dois se apaixonam, se casam e passam a perseguir os objetivos comuns à maioria dos casais: filhos, bons amigos, um trabalho gratificante. Mas o seu casamento nunca poderá ser normal. Henry sofre de um distúrbio genético raro e de tempos em tempos, seu relógio biológico dá uma guinada para frente ou para trás e ele então é capaz de viajar no tempo, levado a momentos emocionalmente importantes de sua vida tanto no passado quanto no futuro. Causados por acontecimentos estressantes, os deslocamentos são imprevisíveis e Henry é incapaz de controlá-los. A cada viagem, ele tem uma idade diferente e precisa se readaptar mais uma vez à própria vida. E Clare, para quem o tempo passa normalmente, tem de aprender a conviver com a ausência de Henry e com o caráter inusitado de sua relação. Neste livro, a autora mostra com muita sensibilidade, inteligência e bom humor que o verdadeiro amor é capaz de transpor todas as barreiras - inclusive a mais implacável de todas: o tempo."

O livro é focado no romance entre Clare (A mulher do viajante no tempo) e Henry, isso com certeza é uma delícia para os românticos, todavia os mais curiosos e investigadores podem ficar um pouco decepcionados com o livro, pois ele não aborda profundamente as viagens em si, nem suas causas ou suas complicações, muito pelo contrário, acho que ele trata de forma muito natural a viagem no tempo... os personagens aceitam isso como fato e convivem com essa realidade...
A história é linda e a emoção tomou conta de mim em muitos momentos... fazendo com que a gente se coloque no lugar de Clare, torça pelo amor, pelo sucesso dos personagens...
Um ponto interessante é que a história é narrada pelo ponto de vista dos dois personagens principais, sendo possível conhecê-los com mais profundidade...
O livro é lento, envolvente, possui longos diálogos e narrativas lindas... mostra o dia-a-dia de um casal que se ama, que decidem constituir uma família e as desventuras de um casamento...
Eu não estou num momento de grande tranquilidade, na verdade dificilmente sou tranquila em relação a leitura, por isso em vários momentos (naqueles onde eu tinha vontade de olhar logo no final) eu parava a leitura e pegava o outro livro que estou lendo... quando ficava mais tranquila, voltava... mas isso não é nenhum demérito para o livro, eu só estava muito ansiosa...
Eu recomendo a leitura, um livro realmente lindo e com uma abordagem totalmente inovadora...

20 comentários:

  1. Oii, eu quero mtoo ler esse livroo! Ele deve serr demaaaais :D Eu já vi o filme, e o filme tb trata da viagem no tempo como algo normal.. comum, hahaha, oq é um pouco estranho..
    O filme é maravilhosoo, eu me emocionei - chorei hahahaha, muitooooo, e é um dos meus favoritos, por isso mal posso esperar pra ler !
    ótima dicaa :DD beejos

    ResponderExcluir
  2. Dê até prefiro que seja assim, as vezes quando o autor tenta explicar muito cientificamente o porque uma coisa que não deveria acontecer acontece tudo vai por agua abaixo.. tá na minha listado Desafio, doida pra ler^^

    ResponderExcluir
  3. Eu comprei esse livro semana passada, mas só vou ler anoq ue vem, pro desafio literário... será que eu aguento, rs?? ;)

    Bjos!

    ResponderExcluir
  4. Olá!

    Que resenha fantástica! Agora, eu queroooo ler o livro!

    Adorei o blog!

    Bjinhos*

    ResponderExcluir
  5. Eu sou suspeita pra falar, porque achei esse livro simplesmente magnífico. Não dá pra levar a sério as viagens no tempo; é tudo uma imensa metáfora sobre os ritmos diferentes de cada pessoa, a resignação e a aceitação do outro. Uma história belíssima. Eu tb recomendo!

    ResponderExcluir
  6. Débora estou looouca para ler esse livro!
    Nem coloquei na minha lista do desafio pq tenho certeza q não vou conseguir esperar!

    Não li a série mortal não, é boa?

    bjss

    ResponderExcluir
  7. Esse Dé é um dos meus livros prediletos! Não troco ou vendo por nada!!! rs
    Adorei sua resenha que mais uma vez focou exatamente os pontos principais do livro! E concordo plenamente contigo, o livro é lindo e com um enredo totalmente inovador!

    bjssss
    Lili

    ResponderExcluir
  8. Não suporto mais tanto ler sobre este livro. Mas agora vou ter de esperar um pouco. Comprei as Crônicas de Nárnia e Deculpa se te chamo de amor.
    Bjo,
    sua resenha só me aguça a vontade

    ResponderExcluir
  9. acabei hj de ler esse livro e amei! Estou até com saudades da Clare e do Henry...rs..muito bom mesmo!

    ResponderExcluir
  10. Dé!

    Esse livro é realmente muito lindo! E a ansiedade por saber o que vem pela frente é realmente muito forte! Sinal que a autora consegue nos envolver realmente na história!

    Ainda não vi o filme. Espero que seja tão lindo quanto o livro...

    bjs

    ResponderExcluir
  11. Dé!!! desse jeito vou aumentar ainda mais minha listya de livros a espera de leitura na estante! Não to conseguindo controlar minha vontade de comprar esse aí. Certeza que vou amar.

    beijinhos

    ResponderExcluir
  12. Ei Débora,
    Esta na minha lista mais ainda não comprei, está todo mundo postando sobre ele que já estou doida para ler.
    bjo

    ResponderExcluir
  13. Parece tão bom *-*
    Quero ler, gostei da capa e sinopse :)

    Bj
    Vinha.

    ResponderExcluir
  14. Foi uma delícia ler esse livro, apesar de ter tido que voltar e reler alguns capítulos pra poder entender ou relembrar alguns eventos e a história voltar a fazer sentido!
    Ainda tive tempo de ver o filme antes de sair das telonas, não foi uma total decepção mas quem não leu o livro, não vai entender a história direito.

    Bom que gostaste!

    =*

    ResponderExcluir
  15. PS: mas o que mais desaponta no filme é aquela falta de intensidade na vida dos dois. Aquele amor por literatura que Henry tanto mostra no livro... aquela emoção de declamar poemas em alemão enquanto Clare nervosamente, prepara-se para dar a luz... e acalmá-la.

    Isso, filme nenhum consegue expressar!

    ResponderExcluir
  16. Quero muito este livro, Dé!!!! Tá todo mundo elogiando:)
    Bj

    ResponderExcluir
  17. Oi Débora.

    Esse livro deve ser lindo, adorei sua resenha.

    P.S.: Está gostando da leitura de O Cavaleiro Encantado? Tenho uma tremenda curiosidade por ele.

    ResponderExcluir
  18. Morri com essa resenha, eu já estava doida pra ler, agora, essa ansiedade multiplicou-se!!!

    Beijoss

    ResponderExcluir
  19. Dé, não tenho palavras para definir esse livro. Simplesmente demais!!!

    ResponderExcluir
  20. Esse livro parece ser ótimo, jpa coloquei na minha listinhaaa...

    BJS

    ResponderExcluir