A Noviça Rebelde - Sessão Pipoca

Dias atrás postei sobre minha resolução para ser uma "viciada" mais contida, gastar menos, esse tipo de coisa... infelizmente já cai em tentação e estourei a cota do mês... o pior é que a compulsão vontade de comprar ainda não passou... ah, são tantos livrinhos...

Dessa vez o meu objeto de perdição foi um DVD... A Noviça Rebelde... eu amo filmes antigos e quando vi esse em promoção... não resisti...

Para quem não conhece, o filme foi gravado em 1965, e ganhou 5 Oscars - melhor filme, melhor diretor, melhor trilha sonora, melhor montagem e melhor som - isso sem mencionar os globos de ouro e demais prêmios...

O filme é baseado na história real da família Von Trapp... Maria, interpretada por Julie Andrews (Diário de uma princesa), é uma noviça que não se encaixa muito bem nos padrões de conduta do convento onde vive. Como forma de ajudá-la a madre superiora a envia para ser governanta na casa do Capitão Georg Von Trapp, um viuvo que após a morte da esposa educa os 7 filhos como se estivessem num quartel militar.
Maria muda completamente a vida da família conquistando o carinho das crianças e posteriormente o coração do capitão.
O filme se passa na Áustria, tem um cenário maravilhoso, enfim um musical realmente encantador...
Muitos outros filmes e até novelas já se basearam na história desse filme, eu mesma poderia citar uns cinco que vi recentemente e que possuem trechos bem parecidos... mas A noviça rebelde é inigualável...
O que eu mais gosto nos filmes antigos é o tempo... não estou falando do clima, mas sim no tempo que as falas e as cenas se desenvolvem, já repararam como tudo era mais lento?? Há um tempo maior mostrando os detalhes, os olhares e até os beijos são mais demorados... se você comparar um filme antigo e o mesmo filme adaptado aos dias de hoje, perceberá claramente essas diferenças...
Atualmente, principalmente nos filmes americanos, os filmes são rápidos, cheios de movimento e cenas de ação (mesmo nos filmes românticos)... os musicais são rápidos... sabemos que tempo é dinheiro e que os filmes são cada vez mais caros, mas a impressão que tenho é que os filmes atualmente são cada vez mais acelerados... não há cenas paradas, onde os apaixonados se olham intensamente...
Bem, mas isso é só uma opinião... e eu já acabei me estendendo... voltando ao filme, só mais uma coisa a dizer: Para quem é fã de musicais (ou para aqueles que simplesmente gostam de um bom filme), se ainda não assistiu esse filme, não sabe o que está perdendo...


Encontrei esse pequeno clip do filme... uma pena não ter nenhuma das músicas

10 comentários:

Deixe seu comentário