Uma vez e para sempre - Stella Cameron

Para quem pode estar estranhando a postagem da maratona de banca no Leitura Nossa, eu explico (ah, vocês nem tinham notado nada de anormal, né?)... como já comentei aqui, estou sem tempo e não estou conseguindo me dedicar como gostaria aos dois blogs: Leitura Nossa e o Leitura de Banca... então decidi unificá-los... quando criei o Leitura de banca estava com tempo de sobra, mas a situação agora é outra e eu fico me cobrando demais...
Para quem não está a par... existe uma Maratona de Banca rolando, e vocês podem conferir minhas escolhas aqui, assim como a minha resenha do mês de março...



A idéia da Maratona deve ser aplaudida de pé... uma grande iniciativa que anda conquistando mais corações a cada dia...

Cada mês um tema diferente... para o mês de Abril o tema é romance Contemporâneo...


"Consagrada como designer nos Estados Unidos, Caitlin McBride volta à pequena Tenby, cidade de Gales onde passara férias inesquecíveis na adolescência e onde se apaixonara pela primeira vez. Ela é agora uma mulher madura, às voltas com uma dolorosa separação e com uma filha adolescente cheia de problemas. Seu retorno é, antes de tudo, uma tentativa de recuperar um momento mágico perdido, de reencontrar a alegria de viver da juventude. Mas o tempo não para: as cicatrizes deixadas pelo casamento traumático ainda estão muito vivas, e até mesmo a idílica Tenby lhe revela uma face de insuspeitada hostilidade."

O começo do livro me agradou bastante, Caitlin se mostrava uma mulher marcada pela vida, lutando para se manter em pé e tentando fazer a vida de sua filha melhor... eu admiro muito mulheres batalhadoras que correm atrás... e é isso que eu espero em uma heroína de um romance contemporâneo.
O amor que viveu no passado foi tão forte e puro que ela e Trevor se vêem novamente envolvidos sem que tomem conhecimento desse fato...
Mas todo o encanto do livro perde o brilho depois de um certo ponto... Caitlin apesar de separada do marido há anos insiste em se considerar uma mulher casada, e sofre só de pensar em entrar com um divórcio definitivo... se esconde atrás de tudo e de todos para não tomar decisões e levar sua vida em frente... primeiro resiste ao divórcio pois a sua filha adolescente pode sofrer e blá, blá, blá... depois é a sua mãe que adora o ex-genro e não quer que ela se separe... e mais blá, blá, blá...
Trevor também deixa a desejar... é tímido, muito parado e não faz nada para acertar as coisas e pressionar Caitlin, parece que espera que pelo menos no asilo eles poderão viver juntos (tá nesse ponto eu exagerei)...
Enfim, o livro até a metade é muito bom... mas depois a escritora perdeu o fio da meada... fica maçante e o final é totalmente previsível...
Não gostei e é uma pena pois tinha grandes expectativas em relação a esse livro... principalmente pois já li ótimas críticas em relação a outros livros da autora...

5 comentários:

  1. Olá!
    Que peninha... E eu acabei de achar ele no sebo e comprei...
    Comecei a ler e logo parei, achei o começo muito chatinho, sabe?
    Enfim... Pela sinopse dá para pensar que é um livrinho muito bonito, né?
    Que pena!
    Mas vou insistir na leitura... Quem sabe????
    Bjus,
    Náh

    ResponderExcluir
  2. Stella Cameron é super adorada, né?
    Tenho curiosidade de ler um livro dela, mas ainda não tive a oportunidade!!!

    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Oi Dé!
    Eu concordo com vc: é super difícil manter um blog, que dirá dois!!!!!
    Eu posto banca no La Sorcière mesmo, mas apenas um por mês, pq realmente não é o meu tipo de leitura preferido.
    Pena que o livro desandou no final...
    Bjks
    Alê

    ResponderExcluir
  4. É uma pena que o livro tenha te dado tantas expectativas e no final te decepcionou. Isso já aconteceu várias vezes comigo ao ler romances de banca. Muitas vezes a história tem até um enredo legal, mas a escritora não consegue fazer com que ele funcione bem.

    Existem livro de banca muito bons e tenho certeza que no decorrer dessa maratona voce ainda vai encontrá-los.

    Bjoo.

    ResponderExcluir
  5. Não concordo nenhum pouco com vc, eu já li o livro e amei, o melhor que já li.

    ResponderExcluir