O amor... é cego? - Linsay Sands

Inglaterra, 1720

Adrian Montfort, o conde de Mowbray, sabia que a bela e estabanada lady Clarissa Crambray podia ser perigosa. Ela era, na verdade, um desafio. Mas era exatamente o desafio que ele precisava...

Clarissa sempre desejou encontrar um noivo, mas sua madrasta queria mais ainda que a enteada encontrasse alguém disposto a se casar com ela. Clarissa concordava que os óculos escondiam a beleza de seu rosto, mas se ela seguisse o conselho da madrasta e não os usasse, como iria enxergar? Já causara confusão suficiente para merecer um apelido infame nos círculos sociais, em função de sua deficiência visual. Todos os possíveis pretendentes pareciam sair correndo... Até que de repente apareceu um cavalheiro disposto a dançar com ela. Um homem elegante, atraente, misterioso... E Clarissa se vê a tropeçar... no amor! 

Vi uma resenha sobre esse livro há algum tempo atrás, sinceramente não me lembro em qual blog... mas me recordo que fiquei muito curiosa e como amo livros históricos, sempre tive a impressão que iria amar esse livro...
Ontem fui fazer a minha visita obrigatória ao sebo... e encontrei esse livrinho dando sopa por lá... não deu pra resistir...
O livro é uma graça... um dos melhores do gênero histórico, tem uma história super fofa, mistério, além de cenas picantes... combinação perfeita para essa que vos escreve!!
Isso sem falar nos personagens que são simplesmente um dos casais mais fofos e entrosados da literatura de banca (isso na minha humilde opinião).
Bem, acho que já deu pra notar que eu adorei esse livrinho, né??
Adrian é um conde que com vinte anos foi para guerra e aos vinte e dois voltou ferido... era lindíssimo antes da guerra, mas voltou com ferimentos que desfiguraram boa parte de seu rosto. Dez anos se passaram e a cicatriz do ferimento ainda é visível no rosto de Adrian, mas cicatrizou bem... no entanto, ele se sente mal em meio a corte e evita ao máximo comparecer aos eventos da temporada londrina...
Mas, quando conhece Clarissa, Adrian se encanta com o jeito da jovem... o único defeito da moça pode ser a salvação para ele... já que ela não enxerga sem óculos e assim não pode vê-lo perfeitamente...
Clarissa é uma jovem adorável, fala tudo o que pensa, é doce, alegre... mas completamente desajeitada... já era assim antes de ser proibida a usar óculos, agora então... todos a evitam e ela já virou alvo de piadas durante a temporada... isso só porque derrubou chá em algumas poucas pessoas, apoiou xícaras no colo de outras, caiu em algumas ocasiões e colocou fogo na peruca de um dos pretendentes... bem, mas que culpa ela tem se a madrasta a obriga a viver sem óculos??
Um romance divertido, com passagens deliciosas... Adrian e Clarissa conquistam o leitor de forma que quando acabei o livro já fiquei com saudade... apesar das 313 páginas do meu exemplar, garanto que se possuísse um epílogo com mais umas 200 páginas eu ficaria mais feliz!!
Enfim recomendo efusivamente esse livro, que já passou a ser um dos meus preferidos...

7 comentários:

  1. Ei Débora! ^_^
    Ótima escolha no sdebo a para resenha!! Eu gosto demais dos livros da Lynsay Sands, todos são uma comédia sem fim e esse não fica atráz... aliás de todos os que eu já li dela, é o mais engraçado, em minha opinião.. eu chorava de rir!!

    Gostei demais da sua resenha... bjus!

    ResponderExcluir
  2. Ai Dé, quanto entusiasmo!!!!
    Agora vou ter q me atolar nos sebos daqui procurando (eu não tenho paciência, acredita??)
    Bjks
    Alê

    ResponderExcluir
  3. Débora,

    Sabe que estou precisando de uma leitura assim, leve e arrebatadora. vou procurar por aqui, o problema é que aqui só tem alguns lançamentos e sebo, infelizmente, não existe. Geralmente, espero promoção de alguma rede para pegar frete zero.
    Beijos e Boa Semana

    ResponderExcluir
  4. Esse livro é realmente encantador. Já faz um tempinho que eu li e adorei. Vou procurar outros livros dessa escritora que já é um sucesso.
    Bjoo.

    ResponderExcluir
  5. Li esse livrinho faz um tempão.. gostei, mas lembro que não ficou entre os meus preferidos, rs..

    Bjoos!

    ResponderExcluir
  6. Ei Dé,

    Não conhecia e adorei a dica. Achei muito divertida a história dos personagens e sei bem o que é tentar fazer um social sem óculos hauhauhau
    Ja paguei o maior mico em um casamento kkkkkkk, hoje em dia uso lente graças rsrsrs

    bjooo

    ResponderExcluir
  7. Oi Débora!
    Todos os livretos que li dessa autora são fantásticos.
    Vou tentar achar esse... o maridão fica louco com os gastos...kkkkkk
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir