O solteirão - Carly Phillips

Raina Chandler não sabe mais o que fazer para que os filhos se casem e lhe der netos. Eles são os três homens mais cobiçados da cidade de Yorkshire Falls - mulheres não lhes faltam, e talvez por isso não levem nenhuma a sério.
Sabendo que seus filhos fariam de tudo para satisfazê-la se acreditassem que está garvemente doente, Raina finge que uma simples indigestão é o início de um infarto. Os irmãos decidem, então, lançar o destino à sorte. O caçula, Roman, perde o cara ou coroa... e a liberdade.
Seu trabalho como correspondente internacional o impede de ter uma residência fixa, e, por isso, ele renunciou a tudo, inclusive a Charlotte Bronson, seu primeiro amor. Quando se reencontram, os dois sentem que, mesmo depois de dez anos, a história entre eles está mal resolvida. Mas será que a ponto de fazer Roman se comprometer pelo resto de seus dias? E Charlotte repetirá a sina de sua mãe e aceitará se casar com um homem que passa quase todo o tempo viajando?
Talvez o amor não seja um jogo de tudo ou nada.

Hum, acho que eu estou um pouco cansada dessa temática... mãe/pai doente quer neto desesperadamente e força pede aos filhos que atendam o pedido...
Talvez por isso não tenha achado o livro tão encantador como deveria... mas nem por isso posso dizer que não gostei...O livro é bom, tem passagens engraçadas... li em poucas horas e ele tem seus méritos...
Raina é a personagem que mais gostei, é a mãe dos três solteiros mais cobiçados de uma cidade minúscula... é viuva e quando vai ao hospital por causa de uma indigestão, finge que teve um princípio de infarto...
Fala para os filhos que seu maior desejo é ter um neto e daí começa o desespero dos rapazes, que chegam a jogar cara ou coroa para decidir quem irá para o sacrifício...
Romam perde e com isso começa sua caçada atrás de uma esposa... mas o que ele não contava era se ver realmente apaixonado por uma antiga paquera... Charlotte Bronsom, a única garota que dispensou o irresistível Romam...
Charlotte é uma personagem interessante, tem uma loja de lingeries que faz o maior sucesso na cidade... seu coração bate mais forte sempre que encontra Romam, mas ela tenta se afastar pois sabe que o espiríto aventureiro do moço não combina com o tipo de vida que ela deseja...
Em meio a tudo isso, um incrível mistério... um ladrão de calcinhas assola a cidade, causando confusão e até euforia entre as clientes de Charlotte... tudo isso porque o principal suspeito é Romam...
Os personagens secundários são bastante interessantes e bem desenvolvidos... o que torna a leitura mais prazerosa e fica a curiosidade para saber como os outros irmãos irão se amarrar...
Gosto de histórias que retratam famílias unidas e o convívio em pequenas cidades...
Recomendo a leitura de forma despretensiosa, leve e com a certeza de um final feliz...

8 comentários:

  1. Débora,

    Adoro essas coisas bem melosa e previsível, onde existe toda uma enrolação para o felizes para sempre. Sofro, choro, e depois me desmancho, mesmo sabendo desde a primeira linha como tudo ia acontecer.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Tô com a Cintia! Tbm adoro esses livros... rsrsr

    tenho certeza que vou amar O Solteirão. É já está na minha listinha!

    um beijo, Deb

    ResponderExcluir
  3. Concordo com as meninas!
    Essas histórinhas sempre dão certo comigo!!
    Quero muito lê-loo!

    Então, um beijão para vc!

    ResponderExcluir
  4. Tenho a maior vontade de ler os livros dessa série... ainda vou ler! ;)

    Bjoos!

    ResponderExcluir
  5. Super quero ler esse livro! Já li o segundo da trilogia - O Bom Partido - e adorei! É uma história leve, você sabe desde o começo que eles vão se apaixonar e ficar juntos, mas é delicioso ver como isso acontece! Acho que a Carly Phillips foi muito feliz nessa trilogia! :D
    Adorei a resenha! ^^

    ResponderExcluir
  6. Querida: definitivamente não é o meu estilo... e se vc ficou meio assim - na dúvida - tô fora!
    Bjks
    Alê

    ResponderExcluir
  7. Quero ler esse livro, parece ser legal! Apesar da temática hehe!!

    ResponderExcluir
  8. Ei Dé,

    Eu gostei da inversão e o personagem principal ser um homem, por isso estou curiosa para ler :)

    bjoo

    ResponderExcluir