Coração Ferino - Deborah Simmons

Seu coração é amargurado, e ele não confia em ninguém.
Trovoadas retumbavam e relâmpagos cortavam o céu quando a srta. Sydony Marchant chegou a sua nova e imponente mansão. Além de ser linda e inteligente, ela não se deixaria intimidar com facilidade pelo aspecto sombrio do lugar.
Entretanto, se a casa não a assustara, a chegada do visconde Hawthorne certamente o faria. No lugar do menino que ela outrora havia beijado, estava Bartholomew, um homem com um brilho implacável no olhar.
Ele estava ali para revelar uma verdade, e arruinar Sydony. Mas logo se viram rodeados por segredos mais sinistros do que poderiam imaginar. E, à medida que a tensão entre os dois ia se intensificava, a lembrança daquele beijo inocente passou a não ser mais o suficiente... 


Nunca tinha lido nada sobre esse livro, mas bastou ver o nome da autora (a mesma dos irmãos De Burgh) para que eu não largasse mais...
Para quem já leu algum livro da autora, creio que irá se decepcionar com esse... ele foi escrito como um romance gótico, muito popular entre 1760 e 1820... e todo o enredo gira mais em torno do mistério que cerca a propriedade do que em torno do romance em si...
O livro começa com a chegada dos irmãos Marchant (Christopher - Kit - e Sydony) à propriedade que Kit recebeu de herança, a mansão é um tanto quanto sinistra e aparentemente está abandonada... restando aos irmãos poucas alternativas...
Logo de cara, recebem a visita do visconde Hawthorne, Bartolomew... que tem atitudes estranhas e pra lá de suspeitas... 
Quando eram crianças, Barto, Kit e Syd eram inseparáveis... Syd apesar de ser menina, seguia os dois maiores por todos os lugares e os idolatrava... mas o trio se separou quando Barto foi estudar em Ethon... agora o visconde volta como um homem frio, mau humorado e nada carismático... 
A antipatia entre Barto e Syd é instantânea e passam a maior parte do livro desconfiados um do outro, já que estranhos acontecimentos começam a ocorrer na mansão... isso sem falar nos criados sinistros, nas passagens arrepiantes e sem explicações... 
O casal protagonista não me conquistou, Barto não demonstra muito as emoções e não confia em ninguém, sem contar que os motivos apresentados para tal atitude não convencem ninguém... 
Para quem esperava um romance mais hot (como são os outros que li da autora), devo dizer que foi decepcionante... o final também achei muito fraco e sem sentido, ficou o dito pelo não dito e se acabou... creio que o enredo tinha muito mais a oferecer e em alguns momentos fiquei em dúvida se a história era assim mesmo ou se foi mutilada pela editora...
Apesar de tudo isso, ainda estamos falando de um livro da Deborah Simmons... então, é claro que fiquei presa até o final... é um livro bom, mas que comparado com outros da autora, deixa muito a desejar...

8 comentários:

Deixe seu comentário