A escolha de cada um - Regina Monge

A Escolha de Cada Um traz, em sua primeira parte, a história de um personagem inédito: um livro dotado de emoções e sentimentos, narrando sua trajetória. Ao lado de seu autor, a obra fica na expectativa pelo sucesso editorial; depois fica órfão e cai no ostracismo, vivendo a experiência das críticas depreciativas, até ser descoberto e se transformar num dos maiores bestseller mundiais.
Na segunda parte, o enredo gira em torno de Anna, uma executiva bem-sucedida, com uma vida quase perfeita, exceto pelo grande vazio que existe em sua alma. Seu maior medo é voltar a amar. Estressada com o trabalho, Anna parte em viagem para Petra, na Jordânia, um sonho almejado há tempos. Lá conhece John, um turista americano e nasce uma grande paixão entre os dois. Uma semana depois, de volta ao Brasil, ela tenta, sem sucesso, comunicar-se com ele. Desesperada, decide viajar até Nova York para buscar respostas; porém, quando chega ao endereço dele, tem uma grande revelação. Com um final surpreendente, A Escolha de Cada Um é um verdadeiro registro de ideias inspiradoras. Mostra a obrigação de se lutar por nossos sonhos pessoais e permitir ao Universo conceder-nos suas bênçãos. A grande lição é crer em todas as possibilidades oferecidas pela vida e ter a coragem de fazer nossas escolhas.

Grande parte das pessoas que passam por aqui são aficcionados por livros, tem um carinho especial por eles e por que não cíumes?? Ah, eu pelo menos tenho alguns "xodós" que só empresto com um cursinho básico de "Boas práticas no manuseio do meu livrinho"...
Agora já pararam para pensar o que os seus livros pensam de você?? Não? Nem eu... pelo menos não até esse livro... 
A forma como a história foi escrita é pra lá de original... eu, pelo menos, nunca li nada parecido... a autora dividiu o livro em duas partes, na primeira o personagem principal é o próprio livro... um personagem assexuado, curioso e ansioso... que se interessa pela vida de todos os seus leitores e que almeja alcançar o sucesso... a história não é separada em capítulos, então é difícil parar... li a primeira parte num fôlego só... e fiquei o tempo todo pensando em como seria a história dentro daquele livro...
Já na segunda parte é narrado o conteúdo do tal livro... nele acompanhamos a trajetória de Anna, uma mulher bem sucedida, mas infeliz e que se vê perdida, levando a vida no piloto automático...
A história da heroína é muito triste e numa viagem a cidade de Petra na Jordânia vê sua vida virar de cabeça para baixo... a descrição da paisagem e dos passeios fazem a gente viajar e eu, que nunca havia pensado na possibilidade de conhecer a Jordânia, me vi "fuçando" na net atrás de fotos...
O livro fala sobre possibilidades, escolhas e o modo como levamos as nossas vidas... mas calma, não se trata de nenhum livro de auto-ajuda...
Outra coisa muito boa é o fato da autora ser brasileira, facilitando assim o bate papo com os leitores e sempre há a possibilidade de adquirirmos um livro com uma dedicatória especial...
Só tenho uma crítica a fazer, o livro é muito curto... sério mesmo, quando a história fica ótima ele acaba... acho que deveria ter, no mínimo, o dobro de páginas que eu leria com o maior prazer...

Vale a pena prestigiar mais esse talento brasileiro...
Para falar com a Regina é fácil, basta acessar:


Ou enviar um e-mail para: autora_aescolha@terra.com.br

O livro também está a venda no site da Editora Novo Século.

10 comentários:

  1. Oi, Débora.

    Estou amando esse livro.

    Já li a primeira parte e estou ansiosa pela segunda. :)

    É ótimo ver que a literatura nacional está surpreendendo cada vez mais.

    Recentemente tenho lido livros excelentes, que me emocionaram e cativaram da primeira a última página, tais como "Vítimas do Silêncio", da Janethe Fontes; "Perseguição Digital", da Loraine Pivatto; "Rede de Sonhos", do Felipe Pan; "Todas as Estrelas do Céu", do Enderson Rafael, "Crocodilo Sonhador", da Vanda Amorim, etc. Em breve, lerei mais.

    Acho isso ótimo. É uma pena, que muitos não apreciem ou tenham tanto preconceito com os livros nacionais. São tão bons e até melhores que os internacionais. Pelo menos é o que estou constatando com esses novos talentos.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  2. Nossa, parece ser bem diferente, esse livro! Fiquei curiosa! :)

    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Oi Dé que bom que você também gostou =) Eu indiquei alguns blogs para ela entrar em contato rsrs

    Esse livro ficará na minha estante com muito zelo, para ser lido e relido por muitas vezes...

    Beijos
    Lili

    ResponderExcluir
  4. Já recebi esse livro e devo começá-lo em breve. Mas até o momento, não vi uma crítica negativa. Parece que a autora acertou em cheio.

    Bjs.

    ResponderExcluir
  5. Menina, esse livro parece ser muito diferente, e sua resenha me deixo curiosa pra lê-lo. Vou anotar na lista e espero ler em breve.


    Bjos

    ResponderExcluir
  6. Débora passei para conhecer seu blog ele é not°10, show, espetacular desejo muito sucesso em sua caminhada e objetivo no seu Hiper blog e que DEUS ilumine seus caminhos e da sua família
    Um grande abraço e tudo de bom
    Ass:Rodrigo Rocha

    ResponderExcluir
  7. Olá! Estou enviando um recado para todos os blogs que eu participo, pois, depois de realizar uma alteração no título e endereço, meu blog não aparece mais as atualizações, portanto, estou pedindo - para quem segue - me adicionar novamente, para solucionar o problema.


    Volitando no Universo.

    http://volitandonouniverso.blogspot.com/?zx=7730d55692be195e

    Obrigada!!

    ResponderExcluir
  8. Dé,
    Adorei a resenha !
    Fiquei me roendo aqui de vontade de ler.

    Bjs
    Luka.

    ResponderExcluir
  9. Adorei sua resenha, me deu mais vontade ainda de lê-lo!
    E ainda por cima nacional não?:

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Olá Débora,

    adorei a resenha, ficou ótima.
    O importante é que cada leitor possa ajudar a divulgar para sua rede de contatos, pq o livro foi criado para passar uma mensagem de forma especial a cada leitor.
    E tenho percebido através dos feedbcaks que ele tem conseguido de alguma forma, tocar as pessoas.
    Esse é o objetivo. Parabéns!

    Regina Monge

    ResponderExcluir