Paixão Selvagem - Anne Mather



Um destino cruel forçou Lani St. John a uma escolha impossível entre a realização de seus desejos e a renúncia ao único homem que poderia amar. Jake Pendragon, o atraente e talentoso pianista que havia despertado a paixão em seu corpo de adolescente, estava de volta à sua vida, desta vez para destruir-lhe todas as reservas e subjugá-la definitivamente. Mas Lani não podia, não queria se entregar por inteiro àquele homem sedutor e violento, provocante e imoral. Porque sua linda rival, a mulher com quem ele estava envolvido, não era outra senão a sua própria mãe!



Eu gosto bastante de livros de banca antigos... acho que as histórias são mais completas, mais dramáticas... quase novelas mexicanas...
Não que os romances de banca de hoje não sejam bons... é só que algumas histórias me parecem muito superficiais, falta aquele toque de sofrimento, de separação entre os casais... não é a toa que eu adoro os livros do Nicholas Spark, né??
Nem sempre é fácil encontrar livros assim, só quando tenho sorte de encontrar em algum sebo... ou no estante virtual (as vezes o frete sai mais caro que o livro em si)...
Outra coisa que gosto bastante são as capas... gosto dessas desenhadas, geralmente são bem fiéis a descrição dos personagens e os cenários do livro...
Bem, esse livro trata da história de Lani, uma jovem que vive com o pai desde que sua mãe, uma famosa cantora lírica, saiu de casa para se dedicar a carreira... o relacionamento com a mãe, simplesmente é inexistente...
Certo dia, acompanhando o pai em visita a um cliente, Lani encontra um jovem pianista chamado Jake Pendragon, eles passam a manhã conversando e depois Lani volta a companhia do pai... 
Os anos passam e Lani nunca mais ouve falar do jovem que habitou seus sonhos durante vários meses na adolescência...
Um dia, recebe a notícia de que a mãe está na cidade e que quer encontrá-la para jantar... Lani vai ao jantar, mais por obrigação do que por vontade... e lá é apresentada ao novo namorado da mãe... os dois se reconhecem e as coisas começam a complicar...
Jake Pendragon é o novo protegido da mãe de Lani... e insiste em se encontrar com Lani a todo custo... uma paixão surge entre os dois jovens e mãe de Lani irá fazer de tudo para não ser trocada pela filha... 
Eu gostei bastante desse livro, a mãe da Lani compete com as melhores vilãs dos contos de fada... e a protagonista apesar de ainda jovem é bastante forte, corajosa e não tem medo de expor seus sentimentos e falar deles em voz alta...
Só não gostei de uma coisinha... no final é dado como certo que a mulher deve largar a carreira para cuidar do marido e filhos... mas, como o livro foi escrito nos anos 80... combina com o pensamento da época...
Se encontrarem... leiam... garantia de uma boa diversão e leitura fácil...

5 comentários:

  1. Ei Dé,

    Não sei nada sobre banca, fico até sem saber o que comentar rsrs.

    Mas gostei do enredo e da resenha ^^

    bjo

    ResponderExcluir
  2. Débora,

    Que isso, nos anos 80 o pensamento não era esse, rs.
    Gostei do livro, rs.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. ei Débora, eu não curto os livros da Anne não, acho meio chatinhos. =/
    beijos. ^^

    ResponderExcluir
  4. Dé, minha mãe é viciada em romances de banca e eu sempre tenho algum bem antigo rodando aqui em casa! É bem legal, né?
    Bj

    ResponderExcluir