As Crônicas dos Kane - A pirâmide vermelha - Rick Riordan

Desde a morte de sua mãe, Carter e Sadie viveram perto de estranhos. Enquanto Sadie viveu com os avós, em Londres, seu irmão tem viajado o mundo com seu pai, o egiptólogo brilhante, Dr. Júlio Kane.
Uma noite, o Dr. Kane leva os irmãos para uma experiência de “pesquisa” no Museu Britânico, onde ele espera para acertar as coisas para sua família. Mas ao invés disso, ele liberta o deus egípcio Set, que o aprisiona e força as crianças a fugir para salvar suas vidas.
Logo, Sadie e Carter descobrem que a única maneira de libertar o pai é enfrentando Set. Para detê-lo, os irmãos embarcam em uma perigosa viagem  – uma busca que os leva cada vez mais perto da verdade sobre sua família e seus vínculos com uma ordem secreta que existiu desde o tempo dos faraós. 

Eu ganhei o livro de presente em um amigo secreto que está sendo realizado entre algumas blogueiras... está sendo divertido... mas ainda não posso revelar quem é a pessoa que me enviou o presente, mas posso adiantar que eu amei, tanto o presente quanto a pessoa, que é super gentil, atenciosa e em pouco tempo já se tornou muito querida...
Qualquer um que já tenha lido Percy Jackson e os Olimpianos com certeza irá começar a leitura dessa nova série esperando encontrar mais do mesmo... um pensamento bem natural, afinal se um dia a J.K. Rowling desencantar e resolver escrever outra coisa, você não acha que haverá inúmeras comparações entre seu novo livro e HP?? (Hum... será que é por isso que ela não escreve?).
Bem, voltando ao livro, posso afirmar com certeza que não há o que temer nessa nova série de Rick Riordan, a história se sustenta sozinha e ouso dizer que cheguei a gostar mais dessa do que da anterior (eu simplesmente AMO o Egito)... achei a história melhor embasada e o ritmo mais alucinante...
Dessa vez temos como protagonistas os irmãos Kane (Sadie e Carter), eles viveram separados depois da morte da mãe... até o dia em que vão visitar o Museu Britânico com o pai... onde ele acaba libertando um deus poderoso e é aprisionado... 
As crianças iniciam uma busca pelo pai, e contam com a ajuda de diversos deuses menores... e se eu já desconfiava dos deuses gregos, os deuses egípcios  conseguem se mostrar ainda mais imprevisíveis e egocêntricos... realmente chega a dar medo... na verdade em algum momento do livro a gente desconfia de todos os personagens, mas no final tudo se explica e eu já estou ansiosa pelo próximo encontro da Sadie com o Anubis e do Carter com a Zia... hum, "affair" é o que não falta nesse livro...
Outros personagens que abrilhantam o livro e que são dignos de nota são: Khufu (um babuino que vive com Amos Kane), Filipe da Macedônia (um shabti em forma de crocodilo), Amós Kane (Irmão de Julius e tio de Sadie e Carter), Doughboy (um shabti criado por Julius Kane)...
Rick também aborda com extrema delicadeza um tema pesado, o preconceito... Carter e Sadie são irmãos, mas enquanto ele puxou para o pai de descendência africana, Sadie puxou para a mãe de descendência americana... logo, ela é loira e ele bastante moreno... e em vários momentos Carter fala sobre essa diferença e em como as pessoas os olhavam de forma estranha quando se diziam irmãos...
Enfim, esse é um livro de aventura espetacular... quem gostou de Percy Jackson e os Olimpianos certamente irá amar essa nova série.
No site do autor ele fala que essa será uma trilogia, o segundo livro (que ainda não tem nome definido) está previsto para dia 03/05/2011 (no exterior) e o terceiro para 2012... o jeito agora é a gente sentar e esperar...

Site oficial do escritor com diversas informações sobre a série (em inglês):
http://www.rickriordan.com/my-books/kane-chronicles.aspx

Site oficial no Brasil: http://www.ascronicasdoskane.com.br/ 


Figuras dos personagens principais disponibilizadas no site do autor

15 comentários:

  1. Eu quero muito ler, também adoro Egito. Deve ser super divertido e cheio de aventuras. Mas a leitura, e compra, vão ficar para 2011. =D
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Ei Dé,

    Adoro a cultura egípcia e quero muito ler. O meu já chegou mas a fila está gigante rs

    bjo

    ResponderExcluir
  3. *Louca* para ler!!!


    http://conversandocomdragoes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Já li todos do Percy Jackson e AMEI.
    Quero muito ler essa nova série e conhecer os deuses egípcios.
    Gostei muito da resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Dé, eu concordo totalmente com vc: eu gostei ainda mais deste livro q da série de Percy jackson!! É demais!!!
    Bj

    ResponderExcluir
  6. Tem selinho para vc lá no blog.
    Bjos

    ResponderExcluir
  7. Oi Dé!!!!
    #fofa kkkk

    Amiga, eu estou louca por esse livro ainda mais agora que estou lendo por aí que é melhor que Percy Jackson (que eu amei).
    Adorei esse negócios dos irmãos, ai ai, estou louca por esse livro!
    Ainda tenho que ler o último volume do PJ, para depois pensar em comprar esse.

    Beijooooos mil para ti!

    ResponderExcluir
  8. Ele ñ é 'supermoreno' é negro mesmo, rsrs.

    ResponderExcluir
  9. Madureira,

    Concordo... todavia em nenhum momento ele é citado como negro (pelo menos na tradução brasileira), é sempre citado como moreno ou como com pele escura...

    beijos,
    Dé...

    ResponderExcluir
  10. Mas o pai dele fala que ele é 'afro-americano', algo que eu acho escroto de dizer - pois sou negro e digo pra todo mundo que sou preto mesmo, afinal, meu avô era escravo (sim, se ele estivesse vivo faria 127 anos esse ano) e era um xamã vodu. Então, minha raiz é pretona mesmo, HAHAHAHAHAH.
    Voltando, acho essa coisa de dizer 'afroqqr coisa', dizer q ñ é negro etc; bobagem, mas nos EUA é assim sempre, pq eles são uma nação bicolor, e nós, uma salada mista racial, rsrsrrs

    ResponderExcluir
  11. Hehehe... isso é verdade...
    Essa "rotulagem" é bem coisa de americano mesmo, né??
    Quem nasce nos EUA é americano... e o restante das américas esqueçam!! Quem nasce na Africa é negro, fim de papo... logo um americano negro só pode ser um Afro-americano...rss
    Mas convenhamos, nós que vivemos em um país onde há uma enorme diversidade cultural ainda esbarramos em situações onde as pessoas parecem se sentir constrangidas em chamar uma pessoa de negra... imagine essa situação em um país onde a segregação racial foi tão evidente como nos EUA... não é a toa que as pessoas fiquem "cheias de dedos"...

    beijos,
    Dé...

    ResponderExcluir
  12. Acabei o livro agorinha... não consegui dormir e fiquei lendo e terminei, é muito legal.
    Adorei a Sadie e o Anúbis, bem que ele podia ser assim, só o Rick pra transformar o deus dos mortos nunca garoto fofo....

    ResponderExcluir
  13. Acabei o livro agorinha... não consegui dormir e fiquei lendo e terminei, é muito legal.
    Adorei a Sadie e o Anúbis, bem que ele podia ser assim, só o Rick pra transformar o deus dos mortos nunca garoto fofo....

    ResponderExcluir
  14. Acabei o livro agorinha... não consegui dormir e fiquei lendo e terminei, é muito legal.
    Adorei a Sadie e o Anúbis, bem que ele podia ser assim, só o Rick pra transformar o deus dos mortos nunca garoto fofo....

    ResponderExcluir
  15. O Rick se supera a cada historia que ele conta. Li todos os PJ e agora a Pirâmide vermelha, os dois são muito bons, mas eu gostei mais da PV amo de coração, mas o Percy ainda tem um espaço no meu coração.

    ResponderExcluir