Procura-se um vampiro - Charlaine Harris

Apesar de ser boa e gentil, o círculo de amigos da simpática garçonete Sookie Stackhouse é muito reduzido, uma vez que a maioria dos moradores da pequena cidade de Bon Temps não tolera a capacidade dela em ler mentes. É raro ver rapazes à sua porta — a não ser que eles sejam vampiros, lobisomens, mutantes ou outras criaturas sobrenaturais.
Na noite de Ano Novo, Sookie toma uma importante resolução: não apanhar mais. E, para ela, isso quer dizer não se meter em confusões de vampiros. Considerando que seu namoro com Bill Compton chegou ao fim, Sookie imagina que isso não será difícil.
Porém, em meio a bruxas wicca, mutantes, lobisomens e — é claro— vampiros, Sookie terá de enfrentar uma batalha de vida e morte para encontrar seu irmão e dar abrigo a um charmoso vampiro cuja cabeça foi posta a prêmio.
Nesse novo livro, Sookie até que enfim acorda para a vida e decide dar um basta nas enormes confusões que se meteu graças a seu envolvimento com seres sobrenaturais... faz até uma resolução de ano novo...
Tudo parece conspirar ao seu favor, já que Bill viajou para a América do Sul e Eric não à procura para nenhum serviço há um bom tempo...
Mas como todos nós sabemos, as resoluções de ano novo não costumam dar muito certo (era mais fácil ela ter resolvido emagrecer, ou comer mais frutas e legumes)... porque nas primeiras horas do novo ano, enquanto dirige, encontra um homem nu, assustado e totalmente perdido na estrada que leva a sua casa...
O susto é ainda maior quando ela percebe que o tal homem é na verdade um vampiro... e não se trata de um vampiro qualquer, estou falando do frio, calculista, irônico, sexy, lindo, loiro, alto... ai, ai... xerife da área cinco... Eric... Já falei que ele é lindo, loiro, alto e sexy?
Sookie percebe rapidamente que algo está errado, pois Eric aparentemente está desmemoriado e (infelizmente) sem nenhum daqueles traços cínicos e calculados que lhe são tão característicos... muito pelo contrário, Eric se mostra indefeso, vulnerável e pasmem, devotado...
Se já era complicado os sentimentos que Sookie tinha pelo Eric "bad guy", imaginem como não fica a situação com o Eric "sensível"... agora a protagonista (mais sortuda que já existiu) terá de lidar com esses acontecimentos, proteger seu hóspede indefeso, lidar com o desaparecimento do seu irmão (rapaz mais problemático impossível, ou melhor, nem precisam de DNA para saber que são irmãos)... e se tudo der certo, sair viva para contar história...
Eu adoro essa série, mas prefiro o Eric a moda antiga... o livro segue uma linha que pode decepcionar alguns fãs, mas abre espaço para novos personagens, seres e tramas que serão importantes nos livros seguintes...
Para os integrantes do "Team Bill", uma decepção... sua participação é quase inexistente (eu que sou Team Eric incondicionalmente nem senti falta)...
Dias atrás li uma informação de que a escritora, em uma entrevista recente, comentou sobre o término da série... disse que ela terá apenas mais 2 livros (além dos 11 que já foram escritos)... é uma pena, mas também um alívio saber que mais uma série adorada e quilométrica tem hora marcada para seu final!!
Não posso deixar de falar sobre a capa (que é muito bonita, sim!), mas que não tem nada haver com a história... olho pra eles e fico pensando: "Quem são esses dois?!?!"
E eu toda empolgada achando que a capa ia ser a imagem do Alexander Skarsgard (interprete do Eric no seriado True Blood), que eu ia ter o bonitão na estante... #doceilusão
Capa sonhada...
Livros da série:
1 - Morto até o anoitecer (Dead Until Dark);
2 - Vampiros em Dallas (Living Dead in Dallas);
3 - Clube dos Vampiros (Club Dead);
4 - Procura-se um Vampiro (Dead to the World);
5 - Olhos de Pantera (Dead as a Doornail) - lançamento previsto para fevereiro/2011;
6 - Definetely Dead;
7 - All Together Dead;
8 - From Dead to Worse;
9 - Dead and Gone;
10 - Dead in the Family;
11 - Dead Reckoning (lançamento no exterior previsto para maio/2011);
12 - Ainda sem nome, possivelmente o penúltimo livro da saga;
13 - Ainda sem nome, possivelmente o último livro da saga.

7 comentários:

  1. Ai não vejo a hora de ler.
    E obviamente que preferia a sua capa dos sonhos também. Achei tão fora das outras capas essa aí.
    Jason problemático? Imagina. Tem vezes que dá vontade de bater com a cabeça dele na parede para ver se pega no tranco, hahaha.
    Ah, gosto de romance, mas sou Team Eric também. haha
    Beijoca

    ResponderExcluir
  2. ei Deh, acho essa capa bem sexy, ainda vou ler essa série por causa do Erick e espero gostar.
    Pena que a série é enorme e isso me desanima, ^^

    beijos.

    ResponderExcluir
  3. Oi Dé! Ah, eu quero tanto esse livro! Eu já li em ebook mas quero ter a coleção linda na minha estante! Agora concordo contigo. Que capa é essa? Tá quase parecendo a irmandade da adaga negra?! o.O Nada a ver com a série...E eu tb queria ter o Eric na minha estante :P Por isso ainda vou agaurdar novas edições! hehe

    Beijos
    Lili

    ResponderExcluir
  4. Oi Dé
    Eu ainda não me interessei por essa série, não se pela capa ou o quê. Talvez por estar um tanto saturada de vampiros.
    Mas quem sabe né, já que muita gente fala hiper bem dele!

    Beijokas mil!

    ResponderExcluir
  5. Oi Dé!!
    Essa foi a melhor resenha que li sobre esse livro até agora.
    PArabéns vc se superou.
    Eu gosto dessa série apesar de achar que Sookie precisa de tratamento psicológico.
    bjs

    ResponderExcluir
  6. To louca por esse tbm.. li apenas o primeiro e não tive tempo da sequencia....
    A resenha ta demais! As capas brasileiras são mais lindas q as originais!

    ResponderExcluir
  7. Dé,

    Tô rindo aqui. A Sookie é a protagonista mais sortuda da história mesmo. Definitivamente !!!!
    Ei, eu também achei a capa brasileira totalmente sem noção. Nada a ver aqueles dois :-(

    Adorei a sua resenha empolgada !

    Eu acabei de ler e queria muito que o Alan Ball colocasse a cena do chuveiro na íntegra, na tão aguardada 4ª temporada de True Blood.

    Bjs

    Simone (Luka)

    ResponderExcluir