Sapatrólatas Anônimas - Beth Harbison

"Você é como eu? Adora sapatos mas não pode continuar comprando? Se você calça 38 e está interessada em trocar seus Manolos por Magles etc., nas noites de terça-feira em Bethesda, mande um e-mail para sapatolatra2205@aol.com ou telefone para 301-555-5801. Talvez possamos nos ajudar".
Um romance que vai fisgar as leitoras... pelos pés. Quatro mulheres diferentes. Um número de sapato comum e um desejo enlouquecedor por sapatos fabulosos. Neste romance, a mulher de um político controlador, uma viciada em compras, uma atendente de disque-sexo com fobia de lugares abertos e uma babá de uma família infernal (que não liga para sapatos, mas faz qualquer coisa para sair de casa!) se encontram nas noites de terça-feira para trocar sapatos, e, no decorrer, construir amizades que as ajudarão a superar seus mais variados problemas. 
Gente, esse livro é um perigo!! Juro que depois de terminar a leitura você vai estar doidinha de vontade de torrar vários dinheirinhos em novos pares de sapatos... bem, eu pelo menos fiquei... mas estou resistindo bravamente, viu??
O livro narra a história de três sapatólatras que se metem em altas dívidas para alimentar os seus vícios (hehe, elas são piores do nós em livraria) e a situação fica tão feia para uma delas que ela decide colocar um anúncio no jornal para se encontrar com outras mulheres a fim de trocarem sapatos... junto a essas três viciadas, se junta uma quarta mulher, que não entende nada do assunto, mas que não irá abrir mão da companhia das demais...
Bem, comprei esse livro baratinho (acho que foi R$ 9,99), estava em promoção num posto de gasolina... nem sabia do que se tratava, mas levei... só meses depois que li algumas resenhas a respeito e já fiquei empolgada... mas sabe como é, né?? A fila é grande e ele teve de esperar pacientemente...
Então, eu gostei do livro, mas não foi aquela empolgação que eu esperava... acho que estava esperando um livro mais engraçado, ele é bom... me lembrou bastante O clube das chocólatras... mas eu achei que os dramas eram mais tempestades em copos d'agua do que qualquer coisa, acho que não estou com muita paciência para personagens que ficam: "Oh vida, oh céus, oh azar"... e o final é muito bom, previsível (estamos falando de um chick-lit), mas é rápido demais... 
Um livro muito legal, mas pela temática eu esperava mais...

Ah, o livro tem uma continuação e se chama "Segredos de uma Sapatólatra"... e ouvi por aí que haverá um filme baseado no livro onde uma das personagens será interpretada por Halle Berry, mas esse ainda não tem data para sair...

8 comentários:

  1. Nossa, pagou muito barato mesmo!!
    Não tem isso por aqui, não.
    Parece um livro leve e legal, mas nada excepcional.
    Quero ler, mas não é uma das prioridades.
    Beijos, Dé!

    ResponderExcluir
  2. Esse livro me faz lembrar da Becky!
    Mas eu também sou muito mais sapatos!
    Adorei a resenha!
    Bjus,
    Náh

    ResponderExcluir
  3. Ei Dé,

    Eu quero ler, que legal que vai ter o filme também. O problema é que eu já sofro comprando sapato em excesso então to ferrada rsrs

    bjo

    ResponderExcluir
  4. Gostei da sua resenha, mas esse não é bem meu tipo de livro, apesar de parecer divertido.
    Alguém devia escrever um livro sobre pessoas viciadas em livros, seria interessante né? rsrs
    Acho que eu me identificaria mais...
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Já li algumas resenhas desse livro, mas acaba que nunca me chamou a atenção... mas deve ser bom pra uma leiturinha rápida!

    Bjs!

    ResponderExcluir
  6. Eu tb li e adorei, achei levinho, desses bem água com acúcar mesmo !

    ResponderExcluir
  7. Oi Dé!
    Menina....não consigo me interessar por chick-lit. Não sei o que acontece, para mim, é tudo muito "mais ou menos" e previsivel. rsrs
    Sua resenha ficou ótima.
    Bjs

    ResponderExcluir
  8. ei Deh, ainda pretendo ler esse livro e o outro da série, mas confesso que a história não me parece ser a das melhores. vou ler por curiosidade mesmo. ^^

    beijos.

    ResponderExcluir