[Sessã Pipoca] Velozes e Furiosos 5






Dom (Vin Diesel) é condenado à prisão perpétua, mas seus amigos armam um plano mirabolante para colocá-lo novamente em liberdade. Todos fogem para o Brasil para se esconder. No Rio de Janeiro, eles se envolvem em atividades criminosas para conseguir o dinheiro necessário para não ter mais de se preocupar em levar uma vida de fugitivo.







Esse não é o meu tipo de filme, mas o maridão adora... então, como ele assiste a todo tipo de romance água com açúcar, comédias românticas e outros filmes que não fazem muito o seu tipo só para me agradar... nada mais justo retribuir, né??
Eu nem ia fazer um post sobre esse filme... mas fiquei tão revoltada com muitas cenas e não podia deixar de comentar...
Bem, o filme se passa no Rio de Janeiro... eu nunca fui ao Rio, mas fico revoltada em ver nos filmes que tudo quanto é fugitivo vai pra lá... ou seja, fez coisa errada? Venha para o Rio pois, o Cristo te recebe de braços abertos sobre a Guanabara...
Nesse filme não é diferente, Dom e companhia fugindo dos federais americanos vêem para o Rio, se estabelecem na favela, entram num esquema para roubar um carro dentro de um trem... e como eu não sou fã da saga, é claro que fiquei reparando nos defeitos e me indignado cada vez mais...

Entre os erros, consigo destacar facilmente:
- A chegada dos anti-heróis da trama na favela é feita dirigindo um carro velho de mão inglesa... eu não sei vocês, mas eu nunca vi um carro de mão inglesa no Brasil... só se for comum no Rio... e na trama aparecem outros dois assim...

- O assalto é a um trem de passageiros, todo mundo sentado na primeira classe, lendo jornal e etc (coisa que não existe no Brasil) e no encosto dos assentos há um mapa do Brasil com as iniciais BT (Brasil Train??)...

- A paisagem da cena do trem é do tipo deserto... não lembra o Arizona com aquelas paisagens da fronteira EUA/México??

- O vilão da história explica como foi a chegada dos portugueses por aqui... e que antes deles os espanhóis tentaram e não conseguiram nos colonizar... coisa que qualquer criança em idade escolar sabe que é mentira...

- Os Federais americanos têm passe livre no Brasil, matam, detonam tudo... agora a cena que você com certeza vai dizer "Ah, tá...", é uma em que os federais (uns sete, mais ou menos) entram numa favela e os traficantes aparecem armados, aí é só os federais apontarem as armas que os traficantes abaixam as armas e recuam... e o federal ainda solta algo como: "Eu achei que vocês iam fazer isso"...

- As placas no batalhão da polícia militar estão escritas de forma estranha, dando a impressão que pegaram do inglês e jogaram no tradutor google... um exemplo é que em uma aparece "Pessoas autorizadas somente"... quando o usual é "Somente pessoas autorizadas".

- A polícia do Rio dirige carros importados... no caso um Dogde... sem mais palavras...

- As placas dos carros estão todas erradas...com mais letras e menos números... não é o formato brasileiro...

- Os "mocinhos" invadem uma base secreta do vilão, onde ele guarda dinheiro... o problema que as mulheres que lá estão trabalhando, aparecem só de biquíni ou lingerie... As mulheres que aparecem merecem um post à parte... as brasileiras usam cada roupa, ou melhor, a falta de roupa é tão grande que não há como não se revoltar... tantas campanhas contra a prostituição e esse filme mostra a mulher brasileira sob a pior ótica...

- Todo o dinheiro mostrado no filme é dólar... os morros se modernizaram, agora todo traficante possui também uma casa de câmbio...

 - Durante todo o filme, houve somente 3 dias de filmagens por aqui, as demais cenas foram feitas em Porto Rico e nos EUA e isso é claramente percebido pelas paisagens e pelos carros (já que só vi um carro brasileiro... acho que era um gol, mas só deu mesmo pra ver o símbolo da VW).

Bem, se você gosta de filmes de ação com muito sangue, tiro, pancadaria e nenhuma base histórica ou cultural, assista e você irá curtir... meu marido inclusive gostou e falou que eu me prendo muito aos detalhes...
Mas se você gosta de filmes bem feitos, com preocupação nos detalhes, que retratem um povo e um país de forma verdadeira... então assista ao filme e ria ou passe raiva comigo...
Não tenho nada contra filmes de ação, eu gosto... e não tenho nada contra mostrar o que tem de ruim em nosso país... mas desde que haja uma preocupação em passar a verdade... eu amei Tropa de Elite, Carandiru e outros filmes violentos que mostram o Brasil de uma forma feia, mas verídica... a nossa imagem lá fora não é boa... então pra que piorar??
Enfim, no filme o Brasil é retratado como uma terra de ninguém, onde a corrupção e a impunidade andam de mãos dadas, cada brasileiro tem uma arma na cintura e as mulheres são vulgares... 
Por essas e outras, eu prefiro a animação Rio... mas isso também já é um outro papo...

8 comentários:

Deixe seu comentário