02 agosto 2011

Filha da tempestade - Richelle Mead

Eugenie Markham foi contratada para resolver um novo caso: o rapto de uma adolescente. O problema é que a menina não está presa no mundo dos humanos: ela foi levada para o Outro Mundo, habitado por nobres, criaturas mitológicas e almas perdidas, um lugar desconhecido e traiçoeiro. Mas Eugenie é uma poderosa xamã e já está mais do que acostumada a combater espíritos.
Antes de fazer essa perigosa transição, ela acaba conhecendo Kiyo, por quem fica atraída de forma incomum. Após uma noite tumultuada e excitante, seus sentimentos estão confusos. Sem conseguir tirá-lo da cabeça, mesmo depois de dias, Eugenie parte para o Outro Mundo.
O que era para ser uma missão breve e tranquila se torna uma grande reviravolta em sua vida. Contra a vontade, ela percebe que está cada vez mais conectada ao mundo que sempre odiou e também aos nobres — em especial a Dorian, um rei sedutor e ambicioso. Mas seu corpo ainda deseja Kiyo, e ela se vê mergulhada num ardente triângulo amoroso.
Em Filha da Tempestade, Richelle Mead começa a apresentar uma nova face mágica de sua literatura: uma terra dividida em reinos, embates entre monarcas, uma profecia de guerras e conquistas, e uma herança revelada, com ambientes carregados de magia, sensualidade e luta pelo poder. Nesta nova série, a autora se volta para um público mais maduro, com um texto cheio de referências ao mundo pop contemporâneo, mas sem abrir mão de altas doses de fantasia e humor.
Confesso que comprei o livro simplesmente pelo nome da autora (que é uma das minhas favoritas), e pela sinopse e capa esperava um YA book, cheio de aventura e uma boa dose de romance... Ledo engano, o livro é SENSACIONAL, totalmente adulto, com cenas explícitas, com uma tradução que não foi suavizada (até que enfim uma editora que não nos trata como jovens púdicas), uma história envolvente, uma heroina forte, um triângulo amoroso irresistível... enfim, com todos os ingredientes que eu gosto... mas que dificilmente encontro em um único livro...
Para vocês terem um gostinho do que eu quero dizer, separei um parágrafo que na minha opinião sintentiza a "pegada" do livro:
“Quero fazer amor com você enquanto essa indecisão ainda a atormenta, enquanto você ainda não sabe ao certo se sou um deus ou um monstro, ou simplesmente um humano como você. Quero estar com você nesses últimos momentos de vulnerabilidade, quando o seu desejo luta contra seus instintos e cada toque do meu corpo desperta tanto medo quanto o prazer em você.” – retirado da pag. 129
A história do livro é ótima, original (se bem que já ouvi falar que ela tem um quê de Anita Blake... Mas como nunca li nada da autora é difícil falar)... tem um quê de conto de fadas e a autora mais uma vez conseguiu criar um universo único...
Eugenie é uma xamã, isso significa que ela expulsa e as vezes mata seres de um outro mundo (duendes, elementares, fadas e tudo do gênero) que infernizam os seres humanos... foi treinada por seu padastro, Roland, que é quase uma lenda no assunto... todavia, nos últimos anos, Eugenie tem se destacado e ganhado notoriedade nos dois mundos, agora novos desafios aparecem e ela descobre que sua real identidade foi descoberta pelos seres do outro mundo...
E o fato de estar ligada a uma antiga profecia também não irá ajudar nada a nossa heroina... se só isso não bastasse, Eugenie conhece um veterinário sexy, alto e que a deixa de cabeça virada... seu nome é Kiyo e o relacionamento dos dois é daqueles que pega fogo...
Tudo isso, e a história ainda está só no começo, pois logo Eugenie aceita uma missão para resgatar uma jovem humana que foi raptada por um rei do outro mundo... a missão está fadada ao fracasso e para conseguir algum sucesso, ela aceita o conselho do seu escravo, Volusian (ele é um espírito muito poderoso que Eugenie não conseguiu banir, portanto, achou mais prudente escravizá-lo... assim, ele é obrigado a protegê-la, a nunca mentir para ela e a dar os melhores conselhos... dono de um humor negro, não perde uma oportunidade de contar como planeja matá-la quando se libertar), e pede ajuda ao rei dos carvalhos, Dorian...
Dorian começa como um personagem secundário e até parece que não terá muita importância... mas as coisas mudam, e a Eugenie (assim como o leitor) se vê cativado pelo rei charmoso que adora o outono...
Creio que esse é realmente o primeiro livro onde me vi dividida num triângulo amoroso... sempre tenho minhas preferências bem definidas... mas nesse caso a balança a favor do Dorian está só um pouquinho alterada e sujeita a mudanças ao longo do percurso...
Dorian e Kiyo são totalmente opostos, mas ambos são ambiciosos e interesseiros a seu modo, e vão usar qualquer influência que puderem ter sobre Eugenie para os seus objetivos...
Sem dúvida, é uma série que promete... com o selo de satisfação garantida conferido pela Richelle Mead.

Clique AQUI para ler o primeiro capítulo.

Série Dark Swan / Cisne Negro:
1 - Filha da Tempestade.
2 - Thorn Queen - Ainda sem data para publicação.
3 - Iron Crowned.
4 - Shadow Heir - previsto no exterior para janeiro/2012.

11 comentários :

RêFofura disse...

Quero mto ler essa série! Muuuitas resenhas positivas dele e tudo mais, mas vou ter que esperar a rebah acabar.. minha pilha tá enorme :x

beijinho :*

Kellen Baesso disse...

Adorei a resenha!!
Mas o que desanima é que é mais uma série, assim o bolso reclama. Vou tentar ler assim que possível. ;)
Beijos, Dé.

Bia Carvalho disse...

Estou cada vez mais ansiosa para ler esse livro.
Todo mundo está falando maravilhas dele!!!

Bjs

Renata disse...

Oi Dé!!!
AMEI sua resenha!!! Foi perfeita!!!
Mesmo sem ler o livro, fui capaz de imaginar tudo o que essa leitura me reserva. Parabéns!!!
Claro que já anotei a dica.
Bjs

Lili disse...

oi De! Acho esse livro melhor que a serie Anita Blake e cia. Tentei ler o primeiro livro e acabei desistindo.

Richelle soube criar muitas coisas novas nesse livro, ate como vc mesma disse: os seres do outro mundo! Eu amei essa serie e em breve tb vou postar sobre ele no meu blog :)

Adorei a resenha...
beijos

Lili disse...

oi De! Acho esse livro melhor que a serie Anita Blake e cia. Tentei ler o primeiro livro e acabei desistindo.

Richelle soube criar muitas coisas novas nesse livro, ate como vc mesma disse: os seres do outro mundo! Eu amei essa serie e em breve tb vou postar sobre ele no meu blog :)

Adorei a resenha...
beijos

Dyana Colares disse...

Quero muito ler essa série. Apesar do suspense e da ação o livro ainda é HOT! heauiheuieh :D Parece ter uma história bem interessante ;)
Ótima resenha!

bjs
www.desejoliterario.com

Tonks disse...

Citação:

... o livro é SENSACIONAL, totalmente adulto, com cenas explícitas, com uma tradução que não foi suavizada (até que enfim uma editora que não nos trata como jovens púdicas), uma história envolvente, uma heroina forte, um triângulo amoroso irresistível... enfim, com todos os ingredientes que eu gosto... mas que dificilmente encontro em um único livro...

Para tudo que vou subir esse livro na minha pilha de leitura agooora. Vai para o primeiro lugar! rsrsrs

Adorei sua resenha. Fiquei com vontade de ler.

bjokas

Lu disse...

esse livro é ótimo né? adorei Eugenie (apesar de achá-la uma idiota por gostar do Kiyo).
O melhor personagem do livro é com certeza o Dorian, estou simplesmente gamada nele, kkkk.

beijos.

Nanda disse...

Ei Dé,

O meu está esperando na fila, mas está todo mundo falando tão bem dele que acho que vou pular alguns e ler logo rsrs.

Adorei o trecho que vc citou ^^

bjs
Nanda

Hérida Ruyz disse...

Eu amei esse livro. Ele é sensual e repleto de fantasia...adoro!
BJs

Postar um comentário

Twitter Updates

Siga-me no Twitter

Posts Recentes

  © LEITURA NOSSA DE CADA DIA - Blogger Design by Emporium Digital

TOPO