Não sou este tipo de garota - Siobhan Vivian

Perversa ou inofensiva? Confiável ou hipócrita? Controlada ou insensata? A vida é sobre suas decisões e escolhas, e Natalie Sterling se orgulha de sempre fazer as melhores. Ela ignora os caras populares e babacas da escola, sempre ganha medalhas de honra e está prestes a ser a primeira estudante jovem a ser presidente do conselho estudantil em anos. Se apenas todas as outras garotas fossem tão sensíveis e fortes. Como o grupo de novatas que querem ser brinquedos dos jogadores de futebol. Ou sua melhor amiga, que tomou uma decisão idiota que quase arruinou sua vida. Mas ser sensível e forte não é fácil. Não quando uma brincadeira quase a faz ser expulsa. Não quando seus conselhos dóem mais do que ajudam. Não quando um cara que ela já deu um fora se torna o cara que ela não consegue parar de pensar. A linha entre o certo e o errado foi distorcida, e cruzá-la poderá resultar em um desastre… ou se tornar a melhor escolha que ela já imaginou fazer. 
A adolescência não é uma fase fácil de se viver, mas sem dúvidas deixa muitas saudades... esse livro, que foi publicado com o selo Novo Conceito Jovem, retrata esse período com uma visão diferente do que tenho visto ultimamente nos YA Books...
Natalie é uma jovem dedicada aos estudos, forte, decidida, totalmente focada em suas metas e que não se envolve com garotos... sua ambição no momento é ser presidente do conselho estudantil, para isso irá contar com a ajuda de sua melhor amiga Autumn... a concorrência não é fácil, pois um dos adversários é Mike Domski um garoto popular e insuportável...
Mas esse não é o único problema de Natalie... no primeiro dia de aula ela reencontra Spencer Biddle, uma caloura de 14 anos e Natalie havia sido sua babá há alguns anos atrás...
Spencer é o tipo de garota que Natalie abomina, uma garota que usa o corpo para controlar os garotos e imediatamente ela se sente responsável pela menina...
As coisas para Natalie são muito claras, preto ou branco... até que ela se vê envolvida com Connor Hughes... um adorável zagueiro do time da escola, garoto popular e melhor amigo do insuportável Mike Domski (acredite você também irá detestá-lo!!)...
A partir daí Natalie não saberá mais que tipo de garota é... 
O livro é leve, tranquilo e de fácil leitura... quando você se dá conta já terminou de ler... a autora mostra como é difícil viver seguindo regras rígidas de conduta, muitas vezes criadas por nós mesmos... e que o equilíbrio ainda é o melhor caminho...
Agora que já falei de todo o livro, posso falar só do Connor?? Ele é um personagem que me conquistou desde a primeira fala... sabe aquele garoto apaixonante que sabe o que quer e é bastante satisfeito com quem é?? 
Queria que a autora escrevesse agora um livro adulto para mostrar o tipo de homem que esse garoto se tornou... já deu pra perceber que eu fiquei caídinha pelo moço (mesmo ele sendo 10 anos mais novo... ah, mas tá na moda, né??rss).
O final do livro não é surpreendente, na verdade é justamente aquilo que você espera e torce durante todo o livro... só achei o final curtinho demais... queria mais detalhes...

A editora me enviou dois kits lindos do livro... então, amanhã publico as regrinhas para o sorteio... uma dica, comentários valerão pontos extras...

12 comentários:

Deixe seu comentário