Perdida - Carina Rissi

Sofia vive em uma metrópole, está habituada com a modernidade e as facilidades que isto lhe proporciona. Ela é independente e tem pavor a menção da palavra casamento. Os únicos romances em sua vida são os que os livros lhe proporcionam. Mas tudo isso muda depois que ela se vê em uma complicada condição. Após comprar um novo aparelho celular, algo misterioso acontece e Sofia descobre que está perdida no século XIX, sem ter ideia de como ou se voltará. Ela é acolhida pela família Clarke, enquanto tenta desesperadamente encontrar um meio de voltar para casa. Com a ajuda de prestativo Ian, Sofia embarca numa procura as cegas e acaba encontrando algumas pistas que talvez possam leva-la de volta para casa. O que ela não sabia era que seu coração tinha outros planos...

Esse livro foi minha maior surpresa do ano... eu já havia lido alguns elogios, mas confesso que não tinha dado muita bola... acontece que estou participando de um amigo secreto (você assistiu meu vídeo?) e esse é era um dos livros escolhidos pela minha amiga... não resisti e acabei comprando um pra mim e outro pra ela... e foi uma das melhores compras que fiz, porque esse livro entrou facilmente na minha lista de favoritos...  e sem dúvida foi o melhor livro nacional que li esse ano...
Eu adoro tudo que envolva viagens no tempo, quer seja filmes ou livros... no entanto, tenho dificuldade em encontrar bons livros sobre o assunto, os melhores que li até hoje foram "A viajante do tempo" da Diana Gabaldon, "Lenda" e "A Knight in Shining Armor" (ainda não publicado no Brasil) ambos da Jude Deveraux... que dosam romance e fantasia na medida certa...
Nesse livro a autora conseguiu criar um livro com passagens engraçadas, românticas, tristes e até dramáticas... de um jeito que eu não conseguia parar de ler... cai na besteira de começar a ler no domingo à noite... resultado, quando dei por mim já era mais de 3 horas da madrugada e eu não conseguia parar de pensar no que seria o final (faltava só um tiquinho, que economizei para ler com calma no dia seguinte)...
No livro, Sofia é uma jovem comum... vive numa cidade grande, não desgruda do celular, adora ouvir músicas... tem uma melhor amiga que é quase uma irmã, mas não é muito de sair... mas sua vida vira de cabeça para baixo quando ela acaba deixando o celular cair dentro da privada... no outro dia, triste e cabisbaixa vai atrás de comprar outro... é quando uma vendedora muito esquisita lhe oferece um modelo novo e ultra moderno... Sofia não pensa duas vezes... mas quando liga o tal aparelho é transportada no tempo, e volta quase dois séculos atrás... 
O livro é delicioso pois retrata bem a diferença de vida antes da invenção de coisas que nem imaginamos viver sem, como água encanada, banheiro, condicionador de cabelo, energia elétrica... a parte onde Sofia desvenda os mistérios do uso da "casinha" é de rolar de rir...
Bem, mas a moça conta com uma grande ajuda... o jovem Ian Clarke, que a resgata e oferece abrigo até que ela descubra um jeito de voltar para casa... e nem preciso falar que rola muito romance, química e cenas quentes entre o casal, né??
Ian, é um mocinho adorável, daqueles de antigamente mesmo... que fizeram e jogaram a receita fora... tudo bem que teve horas que eu quis matá-lo... mas também tenho que entender que não é fácil acreditar em viagens no tempo (e naquela época, nem tinha TV)... eu me apaixonei pelo rapaz e até chorei quando vi seu sofrimento...
Bem, o que mais posso dizer... o livro está na minha lista de favoritos, daqueles que ainda quero reler muitas vezes... e pode apostar que se a Carina escrever bula de remédio... eu compro!!
Melhor parar por aqui, pois por mais que eu escreva, minha resenha não vai chegar aos pés do quanto gostei do livro... e há sensações que são impossíveis se transformar em palavras...
Vale muito a pena conhecer, para quem adora romances, esse é um prato cheio... se eu pudesse indicar apenas um livro de romance para vocês lerem esse ano, essa seria minha indicação...

P.S: A capa é linda, né?? E tem um significado todo especial na história...

6 comentários:

  1. Oi, Débora

    Oh, meu Deus!! Amei demais sua resenha!!!! Fiquei aqui pulando enquanto lia. Caramba!
    Obrigada pelo carinho com Perdida (e comigo), por indicá-lo, por presentear sua amiga e por essa resenha mega especial!
    Beijooooooos

    ResponderExcluir
  2. Eu tenho esse livro aqui. Ainda não li, mas logo, logo vou ler. Sinto que ele é o meu número. \o/

    bjokas

    ResponderExcluir
  3. Oi Carina,

    Eu é que agradeço sua visita, sabe que só depois de eu ter comprado o livro é que me toquei que poderia ter comprado direto contigo... autografado e tal... mas aí já tinha comprado... =\
    beijos,

    ResponderExcluir
  4. Ahh, já tá na minha lista, Dé! Li umas resenhas, e acho mesmo que vou gostar. A sua só me deu mais vontade de ler - ainda mais que vc acha que tem a minha cara, hehe.... Vou compra-lo assim que der... quero ler! ;)

    Bjoos

    ResponderExcluir
  5. ei Dé,
    amei a resenha, esse livro já me conquistou só pelas resenha.
    Estou doida para lê-lo e vou ter que comprar o meu urgentemente. ^^
    beijos.

    ResponderExcluir
  6. Esse livro parece ser bem legal mesmo :D Li ótimas críticas sobre ele, como a sua ;)
    Ótima resenha!

    beijos!
    www.desejoliterario.com

    ResponderExcluir