Amante Vingado - J. R. Ward

Nas sombras da noite de Caldwell, Nova York, desenvolve-se uma furiosa guerra entre os vampiros e os seus assassinos. Há uma Irmandade secreta, sem igual, formada por seis guerreiros vampiros, defensores de sua raça. Enquanto eles defendem a raça dos redutores, a lealdade de um vampiro especial será posta a prova – e sua perigosa natureza será revelada…

Rehvenge sempre manteve distância da Irmandade, pois guarda um letal segredo que poderia fazer dele uma arma na guerra contra os redutores. E enquanto as conspirações dentro e fora da Irmandade ameaçam revelar a verdade sobre ele, Rehv se aproximará da única luz que clareia seu mundo de escuridão e jogos de poder, Ehlena, uma vampira que nunca conheceu a corrupção e traição… é a única que pode salvá-lo da destruição eterna.

Sem a menor sombra de dúvida Rehvenge é o personagem da série que mais me conquistou... ele é frio, calculista, ameaçador, possui um sociapata dentro de si, que clama a todo o instante para sair... para ele a linha entre o bem e o mal é tênue... mas acima de tudo isso é um macho de valor, que se preocupa com a irmã e a mãe, responsável por cada um dos seus funcionários... inteligente, carinhoso e com incríveis olhos cor de ametista... ah, impossível não se apaixonar!!

Rehv é o maior bandidão da série, traficante, cafetão, corrupto, assassino, torturador... enfim, ele está metido no que há de pior da nossa sociedade e mesmo assim a autora consegue transformá-lo num personagem incrível, com uma ternura única...

Rehvenge não é um dos irmãos, na verdade está bem longe disso, já que é um mestiço... uma incrível mistura de vampiro com simpatho... eu fiquei um pouquinho decepcionada, pois queria que o Rehv passasse a fazer parte da irmandade, afinal o número dos irmãos está reduzido e um reforço viria a calhar, mas ao longo do livro foi possível entender melhor o que significa possuir sangue simpatho e quão caro custa esse segredo...

O romance é muito bonito, adoro as conversas de telefone entre o Rehv e a Ehlena... mas como tem acontecido com cada vez mais frequência nos últimos livros, vários personagens tem espaço...

Wrath e Beth tem uma bela briga e a relação dos dois fica bastante estremecida, o sofrimento dele chega a doer na gente... além dos problemas conjugais ele também precisa lidar com algo que ameaça sua vida e seu reinado, isso sem falar que sua visão está cada dia mais prejudicada... enfim, para quem se apaixonou pelo vampiro-rei no primeiro livro, esse é o melhor vislumbre da sua vida após o casamento com Beth...

John também tem uma grande participação nesse livro, coisa que já vem ocorrendo em todos os livros da série, mas agora o garoto perde sua inocência e infelizmente se torna mais frio... os primeiros contornos da sua história começam a ser definidos, mas sinceramente fiquei com receio do seu livro ser tão chato quanto o do Phury...

Tohr, que havia voltado no livro anterior, ainda se nega a continuar a viver... sua dor é imensa e me deixou de coração partido...

Enfim, esse sétimo livro é um mar de sofrimento e apesar do lindo romance, a situação da irmandade está a cada dia mais sombria...

Na minha opinião esse foi o melhor livro da série, tanto pelo Rehv que passou a ser meu preferido, como pelas tramas paralelas que são tão bem desenvolvidas... isso sem falar que o livro veio após Amante Consagrado (o livro do Phury) que foi um pé no saco...

Se você ainda não começou a ler essa série, não faz a menor idéia do que está perdendo... a série vale cada página lida... e olha que esse livro foi o campeão em número de páginas, simplesmente 720... mas que a gente lê num piscar de olhos...

A série é composta pelos seguintes livros:
7. Lover Avenged – Rehvenge (Amante Vingado) 
8. Lover Mine – John Mattew 
9. Lover Unleashed - Payne
10. Lover Reborn - Tohrment
Apesar da Universo dos livros ter sido bem legal e deixado com que as leitoras escolhessem a capa desse livro, não posso deixar de mostrar a capa em inglês, que de longe é a minha preferida...

9 comentários:

Deixe seu comentário