O Baile dos Deuses - Nora Roberts



Enquanto o círculo de seis se prepara para o confronto final contra o exército sombrio da vampira Lilith o campo de batalha se altera.
Na Irlanda um círculo de pedras serve como portal para outr terra, para outra época…
Blair Murphy sempre trabalhou sozinha. Destinada a ser uma caçadora de vampiros em pleno século XX, ela vive para caçar. Mas, numa época muito anterior àsua, vê-se como a guerreira num círculo de seis, escolhida pela deusa Morrigan para derrotar a vampira Lilith e seus asseclas.



Os livros dessa trilogia sempre começam com um velho contando a história para crianças... aposto que ele é um dos três homens (Hoyt, Larkin ou o Cian)... mas não se engane, essa não é uma história para crianças...
Nesse segundo livro é contada a história de Blair, a caçadora de vampiros, e Larkin, o multiformas... Blair é um tanto fria e distante, enquanto Larkin tem sempre um sorriso fácil no rosto, o contraste do casal foi uma coisa que me agradou bastante...
O primeiro embate ocorreu na Irlanda, mas o desfecho dessa história será em Geall, a terra de Larkin e Moira, e aí começam os problemas do grupo já que a passagem para esse mundo é um campo sagrado, logo Cian não poderá atravessar, começa a rolar um clima entre ele e a Moira, que nesse livro começa a ser mais ativa...
Geall é um mundo de sonho, uma terra cheia de magia e beleza... e o fato de Lilith e seu exército invadir esse mundo aterroriza seus moradores...
O romance entre Blair e Larkin é muito bonito, mas o livro não é focado só no casal pois explora as dificuldades da guerra, as estratégias, os treinamentos e a preparação para grande batalha.
Cian teve mais participação nesse livro (oba \o/) e encabeça a lista de preocupações em diversos momentos, primeiro pois não é possível sua entrada em campo sagrado (o círculo que possibilita a passagem entre os dois mundos) e mesmo que consigam atravessar não há como saber se em Geall será noite ou dia... então, como proteger um vampiro em plena luz do sol.
Na minha opinião, toda a trilogia serve apenas de base/fundo para o personagem mais intrigante, o vampiro Cian, sim, porque ele com certeza rouba todas as cenas em que aparece e eu ficava torcendo a todo momento pra ele aparecer em uma pontinha... não vejo a hora de ler o livro dele, decididamente "Tia Nora" deixou o melhor pro final...
Agora é aguentar a ansiedade até comprar o livro do Cian...

Trilogia do Círculo:
- A Cruz de Morrigan
- O Baile dos Deuses
- O Vale do Silêncio

7 comentários:

Deixe seu comentário