Qual seu número? - Karyn Bosnak

Delilah Darling tem quase 30 anos e já se relacionou com 19 rapazes. Sua vida sentimental não tem sido exatamente brilhante, pois todo cara que conhece parece fugir do relacionamento. Quando lê uma matéria no jornal em que a média de homens para uma mulher de 30 anos é de 10,5, fica desesperada e assustada por estar muito acima dela. Além de tudo, o artigo no jornal terminava falando que, se a mulher tivesse o número acima dessa média, seria impossível a pessoa certa. Na tentativa de não aumentar seu número e perder de vez a chance de se casar, Delilah sai à procura de seus antigos namorados e tenta reconquistá-los. Será que um deles estará disposto a esquecer o passado e começar uma linda história de amor? Qual Seu Número? revela os segredos de cada mulher e prova que, quando se trata de assuntos do coração, números são apenas uma fração de tempo.

Eu tenho um fraco por chick-lits, comédias românticas... amo aquelas histórias açucaradas com finais previsíveis mas que deixam a gente suspirando e com um sorriso no rosto... sou romântica, oras!!
Apesar de gostar muito, nos últimos meses li poucos livros e assisti poucos filmes do gênero, isso porque tenho lido cada vez mais livros sobrenaturais (cheios de cenas impróprias para menores) e acho que acabei ficando um tiquinho viciada... mas como sempre é bom variar, passei esse livro na frente de todos os que tenho aqui na pilha e o resultado foi muito bom... 
O livro é um lançamento da editora Novo Conceito e um filme (de mesmo nome) baseado no livro foi lançado agora em outubro, então eu não tinha mais motivos para esperar...

A capa é a mesma do filme e eu já fiquei curiosa para descobrir quem era o personagem do Chris Evans (fofo demais), o livro é narrado em primeira pessoa e no começo tive a impressão que se tratava de um diário (não gosto de livros escritos dessa forma) e por isso torci um pouco o nariz, mas na verdade, o livro é uma mistura de narrativas, bilhetes e tem até transcrições de mensagens deixadas na secretária eletrônica...

Delilah Darling (adorei o nome, me lembrou a Wendy do Peter Pan - Wendy Moira Angela Darling) é uma jovem prestes a completar 30 anos, e de repente parece que tudo começa a desabar em sua cabeça... a irmã mais nova vai se casar e sua mãe insiste em achar que ela está chateada com isso, a empresa que ela trabalha está indo a falência, e o pior, ela descobre uma matéria no jornal que diz que quem já teve mais do que 10,5 envolvimentos amorosos tem grandes chances de nunca encontrar o amor... desesperada ela faz as contas e chega ao terrível número de 19 ex-amantes... e decide não dormir com mais ninguém até encontrar seu príncipe encantado...

A confusão só aumenta quando ela decide descobrir porque errou nos antigos relacionamentos e vai atrás de todos os homens de sua vida, nessa maratona maluca ela cruza o país de carro, ao lado de sua mais nova melhor amiga, Eva Garbo (uma yorkshire linda de 6 meses)...

Delilah é completamente maluca, impulsiva e influenciável... no começo não gostei muito da personagem, mas ela é terrivelmente engraçada e tem um coração enorme... uma pessoa que a gente gostaria de ter como amiga...
Colin demora um pouquinho para aparecer na trama, mas aos poucos vai se tornando um amigo inestimável... ele é descendente de irlândes e uma daquelas pessoas confiantes, que se orgulham muito das suas origens... e isso me conquistou no personagem... sem contar que ele é um gato, gentil e romântico...

No começo não ouve nenhuma identificação com a história, mas conforme Delilah vai relembrando seus antigos amores foi quase impossível não pensar nos meus (afinal são 27 anos de bagagem), daí passei a ver como ela foi corajosa... e otimista...

Para quem espera ver tudo isso em carne osso e representado pelo Chris Evans, já adianto que o filme é muito diferente do livro e que o livro (como na maioria das vezes) é 10 vezes superior e com piadas muito melhores...
Totalmente recomendado para quem quiser dar boas risadas...




8 comentários:

Deixe seu comentário