Domínio dos Deuses - Lynn Bartlett




Época da dominação romana na Bretanha.
A espetacular autora romântica, num livro que nos traz de volta o fascínio das guerras entre os povos celtas e os romanos.
Movido por uma fúria mais forte do que a paixão, Cedric encostou o punhal no peito de Lívia, pronto a liquidar a mulher que lhe invadia os sonhos e lhe excitava os sentidos.
Não, não podia matá-la.
Lívia agora pertencia a seu povo, um penhor de guerra que cada homem de sua tribo iria querer para si...





Todos os tipos de livros possuem alguns poucos exemplares que são considerados clássicos do gênero e leitura obrigatória para os fãs daquele tipo de leitura, correto?
Pois é, os livros de banca também tem seus clássicos... e esse é um deles...
Domínio dos deus é um dos melhores exemplos de que boa literatura pode ser encontrada em todos os lugares, pois é muito bem ambientado, possui um embasamento histórico que deixa muitos outros livros no chinelo e conta uma história apaixonante e totalmente inesquecível...

O livro é ambientado nos anos de 60 a 63 d.C., quando Roma impõe seu poder sobre a Bretanha e a rainha Boudica, que governava o povo Icênio, lidera uma revolta que vai de 60 à 62...
Lívia é romana e prometida para casar com um proeminente rapaz do governo romano... já Cedric é um gerreiro icênio, honrado e orgulhoso, capaz de oferecer a própria vida pela de seu povo...

Duas pessoas completamente diferentes, mas que o destino une a partir de uma guerra...
Cedric sonhou com Lívia durante anos e quando a vê a primeira vez, mal pode acreditar que ela é real... mas eles estão de lados opostos de uma guerra que não tem data para terminar...

Quando Roma aprisiona a rainha Boudica e a humilha em praça pública, Lívia não se segura e socorre a soberana inimiga do seu povo... então quando os Icênios invadem a vila onde Lívia vive com a família a ordem da rainha é para poupar a vida da jovem que será oferecida ao guerreiro que matar o governante local... 

Cedric procura o tal homem de todas as formas, mas não o encontra... mesmo assim, a rainha acaba lhe concedendo Lívia como escrava...
A história dos dois começa da pior forma possível, Cedric e Lívia são teimosos e orgulhosos, mas é encantador ver o amor nascendo aos poucos entre os dois...
Cedric é um daqueles homens que a gente odeia amar... ou seria ama odiar?? Ah, sei lá... fato é que ele é irresistivelmente insuportável em alguns momentos... teimoso, orgulhoso, carinhoso, terno e encantador, ele é tudo isso... o bom é que a Lívia não fica atrás, mesmo sendo escrava, não abaixa a cabeça para ninguém e é tão corajosa quanto teimosa...

O livro também tem personagens secundários muito carismáticos e com personalidades tão definidas que a gente realmente se apega e no final fica com aquela saudade de todos... também é bem mais denso do que a maioria dos livros de banca, em alguns momentos quase chega a ser um drama, tamanho o sofrimento dos personagens... mas não se preocupem, seguindo todos os livros do gênero (eu pelo menos ainda não li um livro de banca com final triste), o final é perfeito e muito feliz...
Um dos melhores livros que já li na minha vida (independentemente do gênero), capaz de trazer lágrimas aos olhos de muitas leitoras (eu não chorei, mas foi quase)... um daqueles livros, que indico sem medo de errar, pois vale muito a pena ser lido...

5 comentários:

  1. Não conhecia o livro, mas gostei muito de sua resenha e fiquei mega curiosa, doida para ler.
    Vou anotar para não perder a chance.
    Beijos, Dé!

    ResponderExcluir
  2. Olá.Essa é minha primeira visita ao blog.Vi seu link em outro blog e resolvi vir conhecê-lo.Adorei seu blog e já estou lhe seguindo.Seu blog é muito bem organizado e suas postagens muito bem elaboradas.Te convido a conhecer meu blog e segui-lo também.Aguardo sua visitinha!
    Bjs!
    Zilda Mara
    http://www.cacholaliteraria.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Não conhecia esta romance, parece ser muito bom!!
    Gostei da dica, achei ótima.
    Beijokas enormes
    Brih
    Meu Livro Rosa Pink
    http://meulivrorosa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Ah, os "irresistivelmente insuportável" são os melhores mocinhos!!! hahahah

    Esse livro é mesmo um clássico! E não acha mais por ai... =S
    Eu amo um romance histórico! Sempre quis lê-lo de tanta gente que tb o indica... A história deve ser maravilhosa!!!

    Bjuss

    ResponderExcluir
  5. Eu já tive o prazer de ler ,e tenho que falar é um livro apaixonante ,que faz com que nos reportemos a cena e com detalhes riquissimos ,gostaria de ter o livros pra coleção .muito bom mesmo.

    ResponderExcluir