A Esperança - Suzanne Collins

Depois de sobreviver duas vezes à crueldade de uma arena projetada para destruí-la, Katniss acreditava que não precisaria mais de lutar. Mas as regras do jogo mudaram: com a chegada dos rebeldes do lendário Distrito 13, enfim é possível organizar uma resistência. Começou a revolução. A coragem de Katniss nos jogos fez nascer a esperança em um país disposto a fazer de tudo para se livrar da opressão. E agora, contra a própria vontade, ela precisa assumir seu lugar como símbolo da causa rebelde. Ela precisa virar o Tordo. O sucesso da revolução dependerá de Katniss aceitar ou não essa responsabilidade. Será que vale a pena colocar sua família em risco novamente? Será que as vidas de Peeta e Gale serão os tributos exigidos nessa nova guerra? Acompanhe Katniss até o fim do thriller, numa jornada ao lado mais obscuro da alma humana, em uma luta contra a opressão e a favor da esperança.
Atenção!! Essa resenha pode conter spoilers para quem nunca leu a série!!
Essa, sem dúvida alguma, é uma das minhas séries favoritas...
Depois de passar duas vezes pela arena, Katniss mais uma vez é obrigada a fazer de conta para sobreviver...

Em chamas acaba quando Katniss é resgatada pelos rebeldes do distrito 13, e acaba se separando de Peeta que é feito refém pela capital, durante um bom tempo ela tem a certeza de que ele está morto e não tem vontade, nem força suficiente para seguir em frente... só aí ela percebe o que sente por ele, e como ele era importante pra ela...

As coisas mudam quando a capital divulga pela TV uma entrevista com Peeta, mostrando ao mundo que ele está vivo, e o que é pior apoiando a Capital... mas Katniss o conhece como ninguém e sabe que mesmo a distância, ele continua a protegê-la...

Descobrir que Peeta está vivo é o que dá animo para Katniss se tornar o Tordo, o símbolo da revolução, mas ela sabe que precisa tomar cuidado com a presidenta Coin (Distrito 13) e não gosta da mulher... por isso faz uma série de exigências para prosseguir, uma delas é imunidade ao Peeta... 

A guerra cobra seu preço e muda a todos... Katniss pela primeira vez está menos fria, mais humana e perdida... deixa de se preocupar tanto com Prim (sua irmã) e encontra nela uma companheira sábia, eu gostei bastante da mudança das duas personagens, já Gale está frio, cheio de raiva e se mostra capaz de atos impensáveis em nome da guerra... fiquei chateada com a sua mudança de temperamento, mas acho que foi algo inevitável e totalmente correto... e tem o Peeta, que após sofrer as maiores atrocidades nas mãos da Capital, volta completamente mudado, o garoto doce e apaixonado não existe mais... e meu coração doeu por ele e pela Katniss...

Não sou de chorar, mas fiquei com os olhos rasos d'agua em muitos momentos, foi simplesmente um livro muito lindo e tocante...
Mais uma vez, a autora dá mostra de que não podemos nos apegar a nenhum personagem, pois elas os mata sem dó, nem piedade... se eu fosse a autora, não teria essa coragem...

O único ponto que fiquei um pouquinho decepcionada foi que faltou romance no final... ah, eu já falei que sou uma mocinha romântica e espero um bom romance até lendo bula de remédio... o final me agradou bastante, mas faltou um tiquinho de açucar...

Peeta continuou sendo meu personagem preferido, apesar de ter menos participação nesse livro que nos anteriores, achei que nesse livro, como o Gale ia ter mais participação eu iria ficar dividida... mas que nada, o Peeta é insuperável... Estou doida para ver como a história vai ficar no filme, se as mortes forem tão feias quanto nos livros, não sei se vou ter estômago para assistir, mas pelo Peeta vou fazer uma força...

Ah, já ia me esquecendo... comecei a ler no sábado por volta das 22h... fui lendo, lendo, lendo... meu marido foi dormir, e eu lendo... quando olho pro relógio levo o maior susto... 4h30 da manhã e ainda faltava um monte de páginas, não ia conseguir dormir com toda aquela ação na minha cabeça... continuei lendo e terminei o livro as 6h30 da manhã... fui na pontinha do pé pra cama, parece que foi só um piscar de olhos e logo meu marido acordou, contei pra ele que não tinha condições de levantar aquela hora, ele morreu de rir... acabei dormindo até as 11h da manhã, foi um sono tumultuadíssimo... ainda bem que era domingo!!

A trilogia é composta por:
- Jogos Vorazes
- Em chamas
- A Esperança
 

4 comentários:

  1. ei Deh,
    ainda não li nenhum livro dessa série, ainda vou ler pq ouço falar muito bem dele e pretendo ver o filme também. ^^
    beijos.

    ResponderExcluir
  2. Ei Dé,

    O meu está na fila, dois amigos já leram e eu ainda não tive tempo de pegar. Preciso ler urgente, morri na resenha.

    Não aguentei o seu "mata sem dó" oh céus, estou com medo. O.O

    bjos

    ResponderExcluir
  3. Oi Dé!!!
    Comigo foi igualzinho. Comecei a ler e só parei quando chegou o final.
    Amei cada pedacinho, e assim como vc sofri demais com a morte de alguns personagens, com um deles em particular.
    Peeta é meu favorito também, e estou doida para assistir ao filme. Espero que eles consigam fazer um bom trabalho.
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. nunca gostei muito do Gale, principalmente nesse ultimo livro eu odiei ele e amei ainda mais o Peeta *-*

    A Suzanne e muito malvada por fazer esse livro cheio de sofrimento e mortes, mas todos os autores q fazem isso normalmente fazem ótimos livros.

    ResponderExcluir