[Séries] Revenge

Resenha da Mikaela

Quem assiste a novela Avenida Brasil (o mundo todo menos eu) ou é fã de O Conde de Monte Cristo, de Alexandre Dumas, sabe que um protagonista poderoso e cheio de artimanhas de vingança contra os vilões do passado pode render uma ótima história. Foi meio nessa premissa que Revenge surgiu.

Amanda Clarke tinha uma infância feliz ao lado do pai, David Clarke, na praia de Hamptons, quando de repente a polícia o captura e todos os meios de comunicação o acusam de ser terrorista e causar a morte de milhares de pessoas. Além disso, a menina ainda é mandada para uma espécie de casa de detenção. O pior de tudo? Quando adulta, Amanda sai do lugar e recebe a visita de Nolan, um jovem que ficou milionário graças ao investimento de David Clarke, e descobre que o pai era inocente de todos os crimes e serviu como bode expiatório da riquíssima família Grayson, em especial Victoria Grayson, com que ele tinha um caso. 

Pra completar, ela descobre que David está morto. Vingativa, a moça muda o nome para Emily Thorne e volta, bela e rica (graças a uma contribuição do amigo Nolan), para eliminar cada um que tramou contra o seu pai. Com frieza, ela organiza seus alvos e se infiltra na família Grayson pronta para sua vingança final. Ao mesmo tempo, ela precisa lidar com as consequências de uma vingança e não poder ficar com seu antigo amor de infância, Jack.

Revenge é uma daquelas séries feitas para quem gosta de novela. Tendo uma vilã diva, Victoria Grayson, além de vários personagens secundários desimportantes, a série consegue manter a tensão na rivalidade com a protagonista, Emily Thorne. Fria, autocentrada, esperta e ao mesmo tempo carismática (pelo menos pra mim. Não tem quem não torça pela moça quando vê o que ela sofreu na infância), Emily lida com uma história cheia de reviravoltas e falsidades, sempre surpreende quem assiste. Victoria, a socialite mais chique de Hamptons, é uma mulher também fria e esperta, mas com o coração cheio de mágoas com o casamento fracassado com Conrad (outro vilão de primeira) e por ter arruinado a vida de seu amante, David.

Cada personagem no núcleo principal é ambicioso e disposto a defender a si mesmo a custo de tudo. E é isso que torna a série tão legal, sabe? Os mais espertos planejam sempre golpes e você aprende a não confiar em ninguém ali. O problema é que os personagens mais bonzinhos como Daniel, herdeiro dos Grayson, e Jack Porter, amor de Emily, são muito fracos e até ingênuos. Romance até existe, mas é uma pálida aparição perante às traições e ambições da classe rica.

No geral, Revenge pode ter alguns clichês, mas conquista e faz torcer, entrando em mais uma onda de séries com personagens femininas fortes. Há quem compare Emily e Victoria com Nina e Carminha, de Avenida Brasil. Não assisto a novela, mas pelo que sei é tudo meio parecido mesmo e já houve até brincadeiras que o autor de Avenida Brasil assistia Revenge. No momento, a série está em sua segunda temporada e é exibida pelo canal pago Sony.

(É tão parecida com Avenida Brasil que achei essa brincadeira no tumblr Blog na Tv )
Emily/Amanda já está congelada esperando Avenida Brasil! #OiOiOiDay



Photobucket

0 comentários:

Deixe seu comentário