[Wook] Milagre de Amor - Eloisa James


Piers Yelverton, conde de Marchant, vive num castelo no País de Gales, onde, corre o boato, o seu mau humor arrasa todas as pessoas com quem se cruza. E também consta que uma lesão deixou o conde imune aos encantos de qualquer mulher. Só que Linnet não é qualquer mulher. Ela é mais do que simplesmente formosa: o seu espírito e encanto forçaram um príncipe a ajoelhar-se. E calcula que um conde se apaixonará loucamente por ela… em apenas duas semanas. No entanto, Linnet não tem ideia do perigo a que o seu coração é exposto por um homem que poderá nunca devolver-lhe o seu amor. Se ela decidir ser realmente muito perversa… que preço pagará por domar o coração selvagem desse homem? 



Edição Portuguesa

Dias atrás fiz uma resenha do primeiro livro dessa série e simplesmente caí de amores pela autora... agora com a leitura do segundo livro tenho certeza que não foi um mero acaso, mas a autora é muito boa mesmo!!

Nesse livro a autora conta que criou seu protagonista inspirada no famoso personagem principal da série Dr. House, então temos um romance histórico onde o mocinho é um conde, que estudou medicina, é um dos mais hábeis médicos do País de Gales, tem um problema em uma das pernas e por isso necessita de uma bengala, tem um humor terrível, é extremamente sarcástico e fala os piores diagnósticos na lata, sem meias palavras... bem, quem já assistiu ao seriado sabe bem do que eu estou falando...

Claro que por todas essas características é impossível não se apaixonar por ele logo de cara (eu pelo menos adoro mocinhos insuportáveis)... a mocinha desse livro é mais frívola do que a do livro anterior e não foi em todos os momentos que eu apreciei seu comportamento, na verdade, foi justamente o seu comportamento que a levou ao Piers...

Imaginem que ela foi flagrada em uma situação constrangedora com um príncipe, o problema é que esse príncipe não queria nada mais do que um simples romance e a deixou com a reputação totalmente arrasada... os boatos foram tantos que todos afirmaram que ela estava grávida do tal príncipe...

O pai dela e uma tia, apesar de saberem a verdade, logo descobriram uma forma de consertar a situação... promover o casamento dela com um conde que tinha a fama de ter um terrível mau humor e de ser estéril... nessas circunstâncias um filho bastardo de sangue real viria a calhar...

Linnet é rapidamente enviada ao País de Gales como um cordeiro indo para o matadouro, mas logo que chega, ela descobre que o noivo não fazia a menor idéia do casamento, que ele percebe que ela não está grávida e que ele não tem a intenção de se casar...

Certa de que sua reputação está para sempre arrasada, Linnet decide aproveitar essa viagem e só se preocupar com o futuro quando voltar a Londres... e assim, descobre que o conde Piers pode até ser uma boa companhia...

A amizade cresce entre os dois e Piers passa a se interessar por Linnet, mas deixa bem claro que não pretende se casar... ela compreende e aceita sua decisão... 

Dizer que o livro é ótimo seria chover no molhado, adorei o mau humor de Piers, o romance dos dois... mas as cenas que mais me encantaram fazem parte de um spoiler... vou deixar abaixo o tal spoiler, quem quiser ler é só clicar e arrastar o mouse para enxergar:

Spoiler
Surge uma epidemia na região e muitas pessoas começam a morrer, Piers manda todos os criados, familiares e amigos embora... mas Linnet quer ficar com ele pois sabe que os dois estão apaixonados... ele a destrata da pior forma possível e ela vai embora arrasada...
Quando o surto começa a ser controlado, Piers descobre que Linnet não chegou ao destino e pode ter morrido da doença no caminho, ele a procura nos vilarejos próximos e quando a encontra, ela está a beira da morte...
A dedicação com que ele a trata é comovente, ela que era linda, está horrível, cheia de feridas causadas pela doença, ele está sozinho e precisa carregá-la, mas com a perna deficiente isso se torna muito difícil... ele não descansa enquanto não consegue tirá-la de perigo e enxerga que não pode viver sem ela...
Mas agora é ela que não irá querer mais nada com ele...
Fim do Spoiler

Leram?? Então, o esforço dele é de deixar os olhos marejados e eu fiquei completamente apaixonada... sem dúvida os livros dessa autora estão entre os meus favoritos do ano... 

Se bem que todos os que eu comprei em Portugal poderiam fazer parte dessa lista, então, o que mais eu posso fazer além de recomendá-los??

Meu gênero preferido são os livros históricos, principalmente os que se passam durante a regência (um pouco antes ou um pouco depois), com cenas sensuais e bastante romance... o problema é que esse tipo de livro quase não  é publicado por aqui, e mesmo quando isso acontece eles acabam saindo em formato de banca ou de bolso (como é o caso dos livros da Judith McNaught), então quando entro no site da Wook, me sinto uma criança numa loja de doces... doces caros, doces em euro... mas fazer o quê se eles valem cada centavo?


Photobucket

0 comentários:

Deixe seu comentário