[Sessão Pipoca] Dezesseis Luas

Cidade de Gatlin, na Carolina do Sul, Estados Unidos. Ethan Wate (Alden Ehrenreich) é um estudante do terceiro ano do colegial, que não vê a hora de sair do local. Ele considera Gatlin uma cidade pacata demais, onde nada de interessante acontece, mas se vê preso ao local por ter que cuidar de seu pai, que não deixa o quarto desde que a esposa faleceu em um acidente de carro, um ano antes. Já há alguns meses Ethan é atormentado por sonhos misteriosos, onde vê uma garota desconhecida. Um dia, ele a encontra em sua sala de aula. Trata-se de Lena Duchannes (Alice Englert), uma jovem de 15 anos que está morando com o tio, Macon Ravenwood (Jeremy Irons), descendente da família que fundou Gatlin. O problema é que Macon e seus familiares têm fama de serem satanistas, o que faz com que boa parte da população da cidade se volte contra eles. Não demora muito para que Ethan se interesse por Lena, sem saber que ela e os integrantes de sua família possuem poderes. Eles precisarão lutar pelo amor que sentem um pelo outro, especialmente devido à uma maldição que assombra a união.
Dezesseis Luas tem tudo para conquistar os orfãos da série Crepúsculo, mas assim como aconteceu com o livro, achei esse filme muito superior a história de Edward e companhia...

Para quem já está cansado do mimimi de protagonistas femininas e adolescentes, creio que esse filme irá agradar já que o foco aqui é o personagem masculino...

A história é contada sob o ponto de vista de Ethan, que é um rapaz bem bacana, fofo e resolvido... em nenhum momento há aqueles conflitos adolescentes do tipo: "Será que ela me ama?", "O que será do futuro?", etc... tão comuns quando a personagem é uma garota... sim, eu confesso que garotas são as rainhas do drama...


Ethan não está nem aí se no futuro eles poderam ficar juntos, se a cidade inteira vai ficar contra o relacionamento deles, se a família dela é esquisita e perigosa... ele só sabe que quer ficar com Lena agora e isso basta... adorei essa certeza do personagem...

O casal ficou bem fofo interpretados por Alden Ehrenreich e Alice Englert, que usa umas maquiagens bem pesadas e roupas estilosas... gostei do estilo...


O filme, como sempre, difere do livro, eu inclusive já escrevi uma resenha dele aqui, mas nada que atrapalhe o entendimento ou que mude drasticamente a história...

O enredo fala sobre uma jovem que chega a uma cidade pequena e bastante preconceituosa, sua família é conhecida na cidade como satanistas... mas eles na verdade são bruxos... Lena está chegando num momento difícil para qualquer bruxo, onde poderá ser reinvindicada pela luz ou pelas trevas... e outros bruxos estão interessados nessa reinvidicação já que ela demonstra um poder extraordinário...

Como se tudo isso não bastasse, ainda há uma antiga maldição rondando toda a história... e uma proibição de bruxos se apaixonarem por mortais... coisa pouca!!

O filme me surpreendeu e foi muito melhor do que eu esperava, confesso que só assisti por falta de opção de outros filmes e acabei curtindo bastante.


Photobucket

0 comentários:

Deixe seu comentário