Amor por Interesse - Ruth Cardello


Resenha da Mikaela
Nicole Corisi pode ser deserdada caso não se adapte às exigências feitas por seu pai no testamento, e terá de se aliar a um irmão desconhecido para se adequar às regras. Stephan Andrade planeja sua vingança desde que Dominic Corisi assumiu, inescrupulosamente, a companhia de seu pai. A reputação da Corisi Enterprises depende do sucesso de um novo software desenvolvido pela China, e Stephan finalmente tem a chance de retomar seu legado. A irmã mais nova de Dominic, Nicole, pede que Stephan a ajude oferecendo a oportunidade de elevar sua vingança ao nível pessoal. Tudo corre bem, até que eles se apaixonam. Ao passo que o “faz de conta” se torna dolorosamente real, Nicole terá de escolher entre Stephan e a família a qual ele está determinado a destruir. (Sinopse do Skoob)
Amor por Interesse, de Ruth Cardello, publicado pela Quinta Essência, é a continuação de Coração de Bilionário, que a Dé resenhou. Não li o primeiro, mas, ao que parece, o protagonista é o vilão do outro livro, mas dá pra ler numa boa. Claro que Dominic e Abigail aparecem, mas não vi muitos problemas com a continuidade.

Nesse livro, Nicole, a irmã de Dominic, alia-se à Stephan, maior inimigo do irmão, para que Dominic não demita os funcionários da empresa do pai. Só que Stephan, apesar de ser apaixonado há anos por Nicole, aproveita a situação para se vingar de vez de Dominic.

Não fiquei muito animada com esse livro. Eu reconheço que os personagens têm características até bem construídas, que a história é bem estruturada e que tem núcleos interessantes, mas simplesmente o livro não me despertou esse interesse todo.

Não gostei de Nicole - apesar de reconhecer todo o seu drama familiar, claro - e da sua ingenuidade também. Gente, a mulher não sabia nem comprar uma escova de dentes! Tá certo que ela é milionária, tem tudo nas mãos, mas esse tipo de coisa é tão afastado da realidade de quase todo mundo que parece simplesmente frescura dela. E parece absurdo que ela não perceba alguns de seus atos antes (Como por exemplo, os projetos de caridade. Ela nunca havia feito e só depois percebe que ela devia ter feito isso há muito tempo). Eu acho que ela foi não foi mal construída, mas não gostei das características dela e isso dificultou que eu me envolvesse no romance.

Eu esperava mais de Stephan. Esperava ter mais sobre o seu "eu" vilão antes que todo mundo percebesse que era apaixonado por Nicole (Mas isso pode ter acontecido no volume anterior, então não sei), mas de modo geral ele é apenas bonito, sarcástico, sem aquele sal a mais. Mas é interessante ver o seu amadurecimento na história, ainda que a duras penas.

Eu gostei mesmo foi da família Andrade, aquele clima familiar,as risadas, a cumplicidade entre as mulheres, as dicas de conquista para Nicole, a história da fofa da Maddy (Queria que a história dela tivesse sido narrada em outro livro) e o acolhimento. 

Ruth Cardello fez uma história pequena (272 páginas), que pode entreter bem e que não apela para o sexo para construir o romance.Não simpatizei muito com aqueles personagens, mas muita gente gostou, então acho que vai depender muito de quem lê. Acho que a leveza dos assuntos e de alguns personagens é algo que facilita a leitura e pode servir para uma tarde qualquer de leituras menos densas. Outro ponto positivo é a capa: acho as capas dessa coleção muito fofas. 

Photobucket

3 comentários:

Deixe seu comentário