As cinco melhores séries de comédia (na minha opinião)

Séries com risadas -falsas- ao fundo, sem risadas, em exibição, canceladas.... Adoro séries de comédia, mas parece muito fácil para os canais produzi-las aos montes na televisão e muito difícil aliar um bom roteiro a bons atores, sem cair na mesmice. Pensando nisso, resolvi montar uma lista com as cinco melhores séries de comédia que já assisti. São essas (E a ordem da colocação é puramente aleatória):

Friends 

Quem nunca ouviu falar do sucesso dessa série? A história dos seis amigos que vivem em Nova York e se encontram sempre no bar (ou cafeteria?) Central Perk ficou famosa e é reprisada sempre. Alguns deles se conheciam na época do colégio, mas eles passam a ser amigos de verdade na vida adulta, dividindo problemas, angústias, paixões, com muito humor, claro! 
Temos Rachel (Jennifer Aniston), que era a popular do colégio e começa a série muito patricinha e imatura; Ross (David Schwimmer), o mais engraçado, na minha opinião, que sempre gostou de Rachel, mas era muito nerd para que ela o notasse; Mônica (Courtney Cox), que era gordinha nos tempos do colégio, mas agora é magra e obcecada por limpeza e organização; Chandler (Matthew Perry) e suas piadas infames; Joey (Matt LeBlanc), comilão e atrapalhado, que fazia a novela Days of Our Lives; Phoebe (Lisa Kudrow), que já morou nas ruas e é a mais sem frescura da turma.
Friends era a típica comédia americana, com risadas ao fundo, mas acho que se destacou por amadurecer os personagens ao passar dos anos e desenvolver uma vida para eles (Ao contrário do que acontece em comédias como Two and a Half Men) e fazer com que os espectadores riam e se emocionem com eles. E é fácil rir das piadas de Friends, especialmente de Ross (Quem não lembra do clareamento dental que ele faz ou bronzeamento artificial?) e Phoebe (Todas as suas tiradas!)
Friends teve 10 temporadas e marcou pra sempre a vida dos atores. Atualmente é reprisada no canal pago Warner.

A cena em que o clareamento dental de Ross aparece.

Malcolm (Ou Malcolm in the Middle, nos EUA)

Essa série não é muito conhecida e foi cancelada em 2006, mas para mim é uma das melhores séries de comédias e ousava em não seguir o modelo de risadinhas ao fundo. A série é sobre a louca família de Malcolm (Frankie Muniz), um menino superdotado que analisa todo o comportamento familiar, mas acaba reconhecendo que não deixa de ser um deles. 
Temos a mãe, Lois (Jane Kazcmarek), punindo os filhos de formas absurdamente engraçadas, enquanto o pai, Hal (Bryan Cranston) , concorda com tudo e tanta criar hábitos non sense escondidos. Os quatro filhos (Francis, Reese, Malcolm e Dewey) são impossíveis e sempre acham uma maneira de pregarem peças nos vizinhos ou desobedecerem à mãe, com consequências exageradas e hilárias. Não tem como não rir com o comportamento dessa família, que, para mim, é a mais engraçada da televisão, depois dos Simpsons.
Malcolm teve sete temporadas e era exibido no canal pago Fox e - não lembro bem - por um curto período na televisão aberta na Band ou na Record.


Não tem legendas, mas nessa cena Hal pensa estar morrendo e está se despedindo dos filhos, mas Malcolm e Reese não estão lá. E Hal leva um susto hilário.

How I Met Your Mother

 

Ainda no ar, essa é uma das comédias mais geniais e fofas que já vi! A série começa no futuro, quando Ted resolve contar aos filhos como conheceu a mãe deles... E essa história já dura oito temporadas e ele ainda não chegou exatamente ao ponto em que a conheceu porque é super detalhista e conta a história da trajetória dele mesmo e dos amigos até o momento em que a moça finalmente aparece (Pacientes, não, esses filhos?). 
Então, ele volta para falar do passado, em que ele, Ted Mosby( Josh Radnor), sonha em encontrar a alma gêmea e romanticamente quer a garota perfeita, que queira o mesmo que ele e que goste das mesmas coisas. É então que ele se apaixonada por Robin (Cobie Smulders), que na verdade, não é a mãe e se junta ao grupo de amigos que se parece um pouco com Friends: o casal Lilly (Alyson Hannigan) e Marshall (Jason Segel) e o mulherengo e "awesome" Barney (Neil Patrick Harris), que traz os melhores momentos da série.
O bom de How I Met Your Mother são as sacadas inteligentes, as menções aos filmes, às "adaptações" de situações indecorosas (Porque, afinal, ele está contando a história aos filhos), as frases de Barney (E as intermináveis regras que ele cria).... 
Enfim, a série cria uma mitologia. A ponto de pessoas fazerem referências a situações e ao comportamento dos personagens que só quem acompanha pode entender. Parece difícil? Não é! Pelo contrário, é uma das comédias mais divertidas no ar atualmente. Muita gente os compara com Friends, devido à história ser sobre um grupo de amigos vivendo em Nova York, se reunindo sempre num bar (O McLaren´s). Mas termina aí. A série tem um caminho bem diferente de Friends. Atualmente é passada no canal pago Fox.


Também não achei uma cena boa com legendas. Mas nessa, Robin está indignada porque Barney nunca tira uma foto ruim e tenta de todo jeito pegar o seu ângulo ruim.

Community


Sabe quando eu falei há pouco de sacadas inteligentes e menções à filmes? Community usa isso e transforma em situações completamente comicamente absurdas, sendo uma das séries de comédia mais inteligentes já feitas! E parece que há um conceito de que séries de comédia inteligente são chatas, mas, garanto, Community não é, principalmente se você for familiarizado às referências pop e nerd que eles soltam.

A história fala sobre um grupo de estudos em uma faculdade comunitária,a Greendale (Que nos EUA é sinônimo de faculdade fraca e fácil, somente para desocupados ou pouco inteligentes). Jeff (Joel McHale) é um advogado charmoso que falsificou o próprio diploma e agora precisa cursar a faculdade para retomar seu trabalho. Querendo conquistar a ativista Britta (Gillian Jacobs), ele acaba se envolvendo no grupo de estudos formado pela dona-de-casa (e muito católica) Shirley (Yvette Nicole Brown), o idoso preconceituoso Pierce (Chevy Chase), o ingênuo e ex-popular do colégio Troy (Donald Glover), a estudante dedicada Annie (Alison Brie) e o viciado em televisão Abed (Danny Pudi)

Os episódios são muito criativos! Tem episódios  inteiros sobre uma partida de paintball que faz referência ao clichê de filmes de ação, outro sobre zumbis em uma festa que só toca ABBA, outro em que os personagens viram personagens de video game, enfim, se você achou estranho, Community tem muito mais situações absurdas e engraçadas!
Atualmente está na quarta temporada, mas devido à difícil aceitação do público maior (Embora muita querida pela crítica) correu o risco de ser cancelada, mas parece que ganhou uma quinta temporada. Community passa no canal pago Sony.

Gente, é muito difícil achar boas cenas com legenda. Nessa, Troy e Abed invadiram um escritório para provar que um amigo de Jeff o prejudicou no trabalho, mas são flagrados e bolam uma cena ridícula para saírem.

Sai de Baixo



Claro que não podia faltar uma comédia brasileira, né? Porque fazemos boas comédias, o problema está muito no fato que a Globo "pasteuriza" a comédia e a transforma em algo pouco criativo. Mas Sai de Baixo passou muito tempo bem. Durou oito temporadas e recentemente ganhou mais 4 episódios inéditos em comemoração aos 3 anos do canal Viva.
A história girava em torno de um apartamento em que seu dono, Vavá (Luís Gustavo), recebe a irmã, a venenosa e antipática Cassandra (Aracy Balabanian), para morar em sua casa e junto com ela, vem a sobrinha que sempre fala "pérolas" Magda (Marisa Orth) e o marido dela, o arrogante Caco (Miguel Fallabella). Além disso, quem animava a série era a empregada desbocada Edileuza (Cláudia Jimenez), que depois foi substituída pela menos engraçada Neide Aparecida (Márcia Cabrita) e o porteiro Ribamar (Tom Cavalcante). O bom de Sai de Baixo é que tinha um texto inteligente e as risadas ao fundo não eram falsas! O seriado era gravado em um teatro e as risadas vinham da plateia, com quem os atores interagiam, transformando aquilo em uma espécie de teatro filmado, que foi mais inovador do que já vi em comédias americanas.
E quem não lembra dos bordões "Cala boca, Magda!" ou "Tenho Horror a Pobre!" do Caco Antibes? Ou das imitações impagáveis de Ribamar? Quando a Cláudia Jimenez e a Tom Cavalcante saíram foi quando a série perdeu a graça, tendo praticamente só o Miguel Fallabella pra segurar a comédia. Mas, enfim, ainda rendeu muitos episódios legais.

Uma das muitas cenas engraçadas do Ribamar.
Photobucket

12 comentários:

  1. Concordei com várias, mas faltou "The Big Bang Theory", "Todo mundo odeia o Chris" e "Toma lá, dá cá"

    ;*

    http://espeloteadaepatricinha.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Eu adoro Friends... queria tanto que eles fizessem um filme como Sex and City!!
    Fiquei bem curiosa para assistir How I Met your Mother, já anotei a dica para assistir...

    beijos,

    ResponderExcluir
  3. Eu ainda não assisti Comunnity, mas já ouvi falar muito bem, a série que eu assito que tem me feito rir ultimamente é 2broke girls :)

    ResponderExcluir
  4. Mikaela, você começou super bem. Friends é eterna!!!
    Dorte que vive reprisando e não morro de saudades. Comecei a ver pela RedeTV...
    Malcolm realmente era uma graça, e eu adoro o Frankie. hahaha "Agente teen" =)

    ResponderExcluir
  5. Frahn, eu também curto essas, mas como era uma lista de cinco, tive que selecionar rs

    Dé, How I Met Your Mother é muito fofa e super engraçada. Depois quero ouvir sua opinião!

    Paola, Community é muito legal mesmo. 2 Broke Girls eu assisti alguns episódios apenas, mas parece que tá fazendo muito sucesso, né?

    Danielle, não acredito que você conhece o Malcolm! Pouca gente conhece!O Frankie será sempre o Malcolm rsrs

    Bjs!

    ResponderExcluir
  6. ISSO É PQ VOCÊ NÃO ASSISTIU "FATHER TED" DEPOIS DE UM MALUCO NO PEDAÇO É A MELHOR.

    ResponderExcluir
  7. Legal a lista... Eu não conseguiria fazer uma lista só com cinco! Adoro The Big Bang Theory, That '70 show, Toma lá dá cá, etc.

    ResponderExcluir
  8. Faltou two and alf men é a melhor q eu já assistir.....

    ResponderExcluir
  9. Se vc monta uma lista das melhores séries e não coloca Chaves nela, não da pra levar a sério... O seriado é do início da década de 70, e ainda dá audiência suficiente pra bater de frente com qualquer seriado (é LITERALMENTE qualquer seriado: atual ou antigo)! Bolaños é reconhecido e respeitado internacionalmente... Só não é unanimidade sobre ser o melhor seriado já criado no mundo pq ele não é americano. Não se esqueça que Chaves fez parte de sua infância. A tornou melhor, assim como fez da minha, e fará a dos meus filhos e netos.

    ResponderExcluir
  10. posso saber pq TBBT não tá na lista????? gente,é a melhor serie de comedia e ainda ensina bastante sobre física kkkkkkkk,mas gostei muito das duas escolhas,todas são boas e vou assistir..,,colega,assista tbbt e refaça a lista..

    abraços

    ResponderExcluir
  11. Sobre o Chaves, The Big Bang Theory e outras tantas que foram mencionadas aqui, devo reiterar que é uma opinião minha (como coloquei no título do post), então são essas as séries que entram. Por isso que a Internet é um espaço democrático, porque todo mundo pode expressar sua opinião... Então, The Big Bang Theory, por mais que eu goste, pode entrar no n° 1 da lista de muitas pessoas, mas não na minha lista, é opinião minha.
    Sobre particularmente de Chaves, ela é, de fato, uma série marcante que merecia um post só dela. Não a incluí porque levei em conta as séries que têm um plot que vai sendo seguido por temporadas, com evolução dos personagens e um final fechado. Chaves, nesse quesito, seria considerada uma série cumulativa (que não tem as características citadas anteriormente), o que, nem por um segundo, tira o seu mérito, mas a faz ser merecedora de outro post.

    :)

    ResponderExcluir
  12. Que ninguém dizer-lhe esta grande série da HBO , vê a estréia de sua segunda temporada em 17 de abril .

    ResponderExcluir