Um gosto de Vida – Susan Mallery

Resenha da Danielle
Existe algo mais doce do que o primeiro amor? Não pergunte para Claire Keyes. Aos 28 anos, ela é considerada um prodígio do piano. Porém, em seu currículo amoroso não há um relacionamento sério, tampouco um caso de verdade. Sua carreira de concertista deixou pouco espaço para amigos e parentes. E é por esse motivo que Claire não visita Nicole e Jesse, suas irmãs, nem a tradicional confeitaria da família há anos. Mas agora Nicole está doente e já faz tempo que Jesse desertou. Sem considerar o fato de Claire não saber botar água para fever, ela está determinada a bancar a dona de casa. Criar laços com as duas irmãs está no topo de sua lista... junto com se apaixonar ou, pelo menos, ser seduzida pela primeira vez. Apesar de ser um homem tão atraente quanto sério, pode ser que Wyatt se encaixe nos planos de Claire. Embora não pare de dizer que ambos vêm de mundos diferentes, ele fica mais aceso do que forno de padaria sempre que ela se aproxima. Se continuar assim, talvez Claire dê a ele uma chance... e deixe um gostinho de quero mais.
Um gosto de vida vem nos mostrar que a vida em família não é fácil, não tem uma receita pronta e que é necessário ceder para que haja entendimento, o livro foi uma grata surpresa, a linda capa com o cupcake me encantou e a história me surpreendeu, pois não é apenas um romance..

Já nas primeiras páginas me peguei gargalhando, é um livro divertido, mas com sua carga dramática. Uma trama que fala de perdão e recomeço. Onde vemos que mudar é possível, mas requer tempo. Basta ter paciência e perseverança.

Mas vamos começar do início.

Claire Keyes desde os seis anos viaja pelo mundo tocando piano. Ela é a mais famosa das Keyes apesar da Confeitaria Keyes ser bem conceituada em Seattle, uma pianista chama mais atenção. Ela tem uma irmã gêmea bivitelina, a Nicole.

Nicole Keyes administra a Confeitaria da família com pulso firme, ela é extremamente responsável e desde a adolescência ela cuida de Jesse.

Jesse Keyes é a caçula da família, seis anos mais nova que as gêmeas, nunca conheceu Claire, trabalha com Nicole na confeitaria. É a rebelde das irmãs.

Claire recebe a ligação de Jesse sobre a necessidade de Nicole no pós operatório e larga sua agenda de shows, contrariando pela primeira vez sua agente, ela voa para Seattle e é pega de surpresa quando descobre que Jesse ligou sem a aprovação da irmã.

Nicole não consegue esquecer que a irmã partiu para conhecer o mundo e deixou toda a responsabilidade para ela. Rancorosa e brava ela pede que Wyatt interceda e lide com Claire.

Wyatt é meio irmão do ex-marido de Nicole e o melhor amigo dela. Cansado de escutar que Claire não presta ele a trata de maneira rude.

O que os dois não esperavam é que Claire está decidida a se entender com a irmã e apesar de toda a grosseria, ela acompanha Nicole até em casa.

Após escutar a versão de Nicole para a decisão de expulsar Jesse, Claire busca o outro lado da verdade e com isso arruma mais encrenca.

Claire se prontifica para ajudar na confeitaria, mas seu talento se restringe ao piano e a cena dela na cozinha é hilária.

Neste volume não sabemos quem diz a verdade sobre a questão entre Nicole e Jesse, mas o temperamento bondoso de Claire tende a acreditar no que a caçula diz. Ela se sente deslocada e a única pessoa capaz de deixá-la bem é Amy, a filha de Wyatt. Que além de ajudar com um recente problema vai causar ciúmes em Nicole.

Contra a vontade do rapaz ele acaba se envolvendo com Claire, ela é inocente e à medida que eles interagem Wyatt enxerga que Nicole exagerou.

Este livro garante boas risadas em especial na cena entre Claire e Drew, logo no começo, já comecei rindo. Uma trama regada com humor, drama e uma boa dose de perseverança com mesclas de romance.

Susan Mallery nos presenteia com um romance fofinho, as cenas são suaves devido ao temperamento da Claire, com momentos tensos que tendem a render uma cena divertida.

Recomendo que leiam para conferir se o amor entre irmãs acaba sendo o suficiente para resolver as mágoas do passado.

Avaliação (0 a 5): 4,5
Photobucket

4 comentários:

  1. Oi, Danielle! ^_^
    Ainda não tive oportunidade de ler Susan Mallery, mas esta trilogia sempre me chamou muito a atenção!

    Sabendo agora que é um livro fofo e que, ainda por cima, garante risadas, não posso mesmo voltar atrás, né? rs

    Espero lê-lo em breve (assim como os outros dois).

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Ainda não tive oportunidade de ler esta trilogia, mas já li muitas resenhas positivas sobre ela e pretendo conhecê-la também.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  3. Para mim não tem saga melhor que a saga Laços de Fraternidade da Nora Roberts...aquilo sim são 3 irmãs do barulho!!! kkk... tô com postagem nova: passa lá qdo puder! Bj e fk c Deus.

    ResponderExcluir
  4. Oi Danielle,
    Via as capas dessa coleção, mas nunca fui atrás de saber sobre o que era...
    Parece muito legal, fiquei super interessada em ler!
    A resenha está ótima.
    Bjs!

    ResponderExcluir