Aconteceu em Paris - Molly Hopkins

Resenha da Mikaela 
Evie Dexter quer fazer carreira como guia de turismo. Determinada como é, e cheia de coragem por causa de um ou outro drink, ela logo começa a “melhorar” seu currículo. E consegue um ótimo emprego: acompanhar turistas por toda Paris.Agora é só uma questão de se firmar como profissional demonstrando o seu melhor. Mas os vinhos franceses são tão gostosos... E seu tutor, Rob, é bonito demais! (Sinopse do Skoob)
Aconteceu em Paris, de Molly Hopkins (Editora Novo Conceito, 480 páginas), traz uma mistura de vários chick-lits conhecidos como os livros de Becky Bloom, além de características novas da autora, tornando-se uma comédia e às vezes um romance.

Evie é uma consumista nata, endivida-se até a raiz do cabelo, com sérias tendências ao alcoolismo e divide um apartamento com sua melhor amiga, Lulu, que parece uma versão sua piorada. As duas têm histórias de anos e anos de  maluquices, bebedeiras, casos, tornando-se as amigas mais parecidas que já vi nos últimos livros que li. Só que Evie perde o emprego e decide tentar (Assim, do nada, só porque acha legal) a carreira de guia turístico. Logo aonde? Em Paris, claro. Depois de muitas loucuras, ela consegue o emprego e fica apaixonada pelo motorista bonitão Rob, com quem passa a ter um caso e se apaixona, para logo depois descobrir que ele é rico.

Aconteceu em Paris é uma comédia de personagens completamente desvairados, inconsequentes e que adoram beber. Não que isso não seja ruim num chick-lit (Veja que na maioria dos chick-lits as pessoas fazem as maiores comédias por serem assim), mas em 480 páginas eu senti a fórmula se desgastando. Tem uma hora que eu acho que Evie é tão irresponsável que me irrita. Assim como as loucuras de Lulu. E assim como outros personagens, exceto Rob, mas dele eu falo depois.

Então, apesar de ter toda essa história de Paris... Na verdade, o que mais acontece são as loucuras de Evie passeando com a turma do pacote turístico, enchendo a cara, conquistando o coração dos passageiros com seu jeito irreverente e passando o máximo de tempo possível na cama com o seu novo amor. Muito lindo, responsável e aparentemente insaciável, é com Rob que Evie passa a maior parte do tempo em Paris e nas outras viagens.

Rob é o típico mocinho dos chick-lits, com todas as características pra ser apaixonante, mas.... Bem, o que eu posso dizer é que ele faz uma coisa no meio do livro que me fez detestá-lo muuito! Pra mim, acabou Rob e mesmo depois das últimas páginas, eu ainda não o perdoei. E os personagens do livro se comportam como se isso fosse normal, o que me deixou pensando se a autora pensa mesmo assim. O que o salva depois disso tudo é a capacidade que ele tem de fazer Evie colocar os pés no chão e amadurecer como pessoa. Porque essa mulher é muito doida, gente.

Mais uma vez, ela é engraçada, mas em 480 páginas vemos muitas loucuras suas repetidas, além de nem sempre ser cuidada pela amiga e irmã. O que eu acho realmente engraçado é a sua interação com as sobrinhas gêmeas Lauren e Becky. Essa última é uma pestinha e tem um senso de humor sádico e Evie a compara com uma das crianças da Colheita Maldita, tornando a sua interação com ela hilária.

Na revisão, achei dois erros de ortografia, o que não costumava acontecer nas últimas leituras da editora. Acho que não foram muito cuidadosos nisso. A capa não me agradou muito (Apesar de ser Paris), achei um pouco romanceada demais enquanto o livro é mais comédia. A versão original combina mais:

It Happened in Paris

No fim, acho que Molly Hopkins tem um estilo próprio de comédias, mas poderia dosar mais alguns fatos e cenas engraçadas para não repetir demais a piada. Além disso, seria bom se Evie não fosse tão descuidada com ela mesma (Ao sair pra encher a cara com quem acabou de conhecer e ao lidar com alguns passageiros idiotas). Mas, enfim, acho que a história pode entreter bastante e trazer boas risadas e talvez nos próximos livros, Molly Hopkins se aperfeiçoe mais como autora.

Coleção Evie Dexter:

- Aconteceu em Paris
- It Happened in Venice (Não lançado no Brasil)
- It Happened at Boot Camp (Não lançado no Brasil - esse é com a melhor amiga dela, Lulu, como protagonista e acho que será lançado no formato e-book)


Avaliação (de 0 a 5) : 3, 5

Photobucket

27 comentários:

  1. Sei que o Rob perdeu toda a graça para você em determinada parte do livro e só pelo que você me contou nos bastidores, eu concordo!! Mas ainda assim estou doida para ler esse livro... já sabe que eu tenho uma queda imensa por Paris, né??
    Só fiquei curiosa num ponto, há várias referências a cidade? Ou ela é só um paninho de fundo que poderia facilmente ser substituída por qualquer outro lugar?

    beijos,

    ResponderExcluir
  2. Dé, no começo servia muito como pano de fundo, até a Evie incluir umas curiosidades e eles realmente passearem por alguns pontos lá no meio da história. No final tem um quiz de perguntas sobre Paris, o que é bem legal. Mas acho que Anna e o Beijo Francês, por exemplo, fala mais da cidade. E tem também o Meia Noite em Paris, o filme, você viu? Pra quem ama Paris é obrigatório assisti-lo rs

    Bjs!

    ResponderExcluir
  3. Bem o livro me parece ser bem interessante e divertido, mesmo não sendo tão grande coisa. Mais é bom de vez em quando dar uma variada de leitura. Ler coisas leves e divertidas pra distrair é muito bom. Vou experimentar ler. Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Alguns livros se beneficiariam muito se fossem reescritos e tivessem o excesso dde repetições e situações parecidas cortadas, acho que um bom editor seria capaz de resolver esse problema, o caso é que quando o livro é de autor estrangeiro não há nada que a editora brasileira possa fazer para resolver isso. Eu esperava bem mais desse livro porque a premissa tem tudo para render um chick-lit de primeira, leve e divertido. Concordo com você, a capa original é tão lindinha e parece bem mais adequada a uma comédia com uma personagem principal tão maluquete o que a escolhia pela editora.

    ResponderExcluir
  5. A capa original dá um banho na capa brasileira. A Novo Conceito, errou ein? A montagem ficou feiosa demais. rs Eu adoro, particularmente, chick-lits. E pretendo ler esse, um dia, quem sabe. A Evie é muito doida assim mesmo é? :O kkkk O que o Rob fazer você detestá-lo? Fiquei curiosa agora. rs Só lendo né? :/ kkk

    ResponderExcluir
  6. "Aconteceu em Paris" Amoooooo.
    Simplesmente perfeito...

    ResponderExcluir
  7. gostei dele pela capa e sinopse e decidi que preciso ler, mas agora com a sua resenha e com esse enredo é impossível não curtir!
    amo chick lits e to doida pra dar gargalhadas com esse livro!

    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. A Evie parece ser uma mistura das irmãs Walsh de Marian Keyes. Quando mencionou a relação de Evie e uma das sobrinhas, logo imaginei Helen e mamãe Walsh. Fiquei triste pela capa, a outra é muito mais bonita e mostra bem o clima do livro segundo sua resenha. Mais 1 pra minha lista. Obrigada pela dica.

    ResponderExcluir
  9. Otimo livro,quando vi a capa amei.............

    ResponderExcluir
  10. Otimo livro,quando vi a capa amei.............

    ResponderExcluir
  11. Sabe aqueles livros que parecem não dar em nada e em duas horas você o termina e se sente só?
    Esse livro tem essa cara.

    ResponderExcluir
  12. Esse livro parece ótimo, fiquei bastante interessa da em ler!

    ResponderExcluir
  13. Confesso que de primeira este livro não chamou a minha atenção, mas depois de algumas resenhas lidas sobre o mesmo, passei a considerá-lo... Vamos ver, talvez minhas conclusões sejam as mesmas que a da sua resenha, que por sinal, ficou ótima!

    ResponderExcluir
  14. Nossa, este livro é realmente incrível, parabéns pela resenha

    ResponderExcluir
  15. Hummm...
    Eu adorei a capa do livro e estou ansiosa para ler ;)

    ResponderExcluir
  16. Eu quero muito ler esse livro, amo comédias e principalmente as românticas. Gosto de leituras leves. E como sempre, a sua resenha é muito boa.

    ResponderExcluir
  17. Cris, também acho que muitas páginas poderiam ter sido cortadas pela própria editora original, é questão até de deixar a leitura mais leve, não que ela não seja, mas acho que facilitaria mais pra se tornar um livro engraçado.

    Ah, Kamilla Evely, não posso dizer porque é spoiler, você vai ter que ler rsrs

    Mila, nunca li nada da Marian Keyes, mas é a primeira vez que vejo essa comparação. Se as irmãs Walsh forem todas assim, é muita confusão rsrs

    Ah, comentem aqui o que acharam do livro, ok?

    Bjs!

    ResponderExcluir
  18. SEGUIDORA: ANDRESSA NUNES

    Resenha bem escrita, abordando pontos importantes do livro, facilitando o entendimento dos leitores e despertando o interesse.

    ResponderExcluir
  19. Achei bastante interessante ^^ Louco para tê-lo logo em minhas mãos!

    ResponderExcluir
  20. Eu adoro chick-lit, mas confesso que acho que 480 páginas é um pouco de exagero. Dá a impressão de que rola uma encheção de linguiça daquelas. Mesmo assim, fiquei curioso pra saber das maluquices dessas personagens que de santas não tem nada.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  21. Ah esse livro parece ser muito bom mesmo eu to super curiosa para ler ele, vi uma resenha que me deixou curiosa e também essa semana lá no serviço eu peguei o livro e abri para ler uma parte e eu adorei o quote que li fiquei rindo igual louca na livraria pode uma coisa dessas, pois é eu trabalho em uma livraria.
    Beijos

    ResponderExcluir
  22. Achei o tema interessante. Adoro livros de comédia. Acho que vou rir muito com esse livro. Obrigada pela indicação. A resenha está ótima. <3

    ResponderExcluir
  23. esse parece ser um ótimo livro, a capa está show de bola

    ResponderExcluir
  24. Realmente a capa passa ares de romance, mas se tiver uma oportunidade o lerei.

    ResponderExcluir