Especial Novo Conceito - A CASA DO CÉU

De hoje a segunda apresentaremos os lançamentos da nossa parceira, a Editora Novo Conceito e ao longo desses posts faremos algumas gincanas valendo brindes para os nossos leitores.

Então, fiquem atentos pois toda informação é valiosa... 

Começaremos com o livro A Casa do Céu, escrito por Amanda Lindhout e Sara Corbett...
Quando criança, Amanda escapava de um lar violento folheando as páginas da revista National Geographic e imaginando-se em lugares exóticos.

Aos dezenove anos, trabalhando como garçonete, ela começou a economizar o dinheiro das gorjetas para viajar pelo mundo. 
Na tentativa de compreendê-lo e dar sentido à vida, viajou como mochileira pela América Latina, Laos, Bangladesh e Índia. Encorajada por suas experiências, acabou indo também ao Sudão, Síria e Paquistão. Em países castigados pela guerra, como o Afeganistão e o Iraque, ela iniciou uma carreira como repórter de televisão. Até que, em agosto de 2008, viajou para a Somália — “o país mais perigoso do mundo”;. No quarto dia, ela foi sequestrada por um grupo de homens mascarados em uma estrada de terra.
Mantida em cativeiro por 460 dias, Amanda converteu-se ao islamismo como tática de sobrevivência, recebeu “lições sobre como ser uma boa esposa”; e se arriscou em uma fuga audaciosa. Ocupando uma série de casas abandonadas no meio do deserto, ela sobreviveu através de suas lembranças — cada um dos detalhes do mundo em que vivia antes do cativeiro —, arquitetando estratégias, criando forças e esperança. Nos momentos de maior desespero, ela visitava uma casa no céu, muito acima da mulher aprisionada com correntes, no escuro e que sofria com as torturas que lhe eram impostas.
De maneira vívida e cheia de suspense, escrito como um excepcional romance, A Casa do Céu é a história íntima e dramática de uma jovem intrépida e de sua busca por compaixão em meio a uma adversidade inimaginável.

Photobucket

11 comentários:

  1. Fiquei bastante curiosa a respeito desse livro pela história e pela personagem. Uma história linda pelo que li. Vou adorar ler também. beijos,
    elizabethmsalles@hotmail.com

    ResponderExcluir
  2. Eu já fiquei toda boba e emocionada pela premissa desse livro. Juro. AMEI a capa, sério... Adorei. rs Eu fiquei bastante curiosa mesmo por essa premissa, parece ser um livro intenso e emocionante.

    ResponderExcluir
  3. Um livro q pela sinopse achei muito forte, e é o q nos mulheres somos hj,
    E quem nunca se imaginou viajando pelo mundo?!
    abraços

    ResponderExcluir
  4. É difícil acreditar que é uma história real e mais difícil ainda acreditar que milícias e grupos guerrilheiros de países em guerra atacam jornalistas para simplesmente evitar que essas guerras venham ao público. Ao ler a sinopse, me recordei de um caso de uma jornalista italiana que tinha sido assassinada na Somália (mesmo país onde o ocorre o sequestro retratado nesse livro) em 1994 durante um ataque das milícias somalianas chamada Ilaria Alpi. Esse caso ainda é envolto em muitos mistérios. Carlo Lucarelli (um dos autores de Água na Boca, publicado recentemente aqui no Brasil) tinha produzido e apresentado um programa sobre esse caso na Rai Itália que eu tinha visto recentemente.
    Essas histórias precisam ser sempre contadas para mostrar que quem cobre guerras sempre está em perigo, pois quem as realiza não quer mostrar os estragos que causam à humanidade.

    ResponderExcluir
  5. Oi, ;)

    Eu não tinha ficado curiosa sobre esse livro...até agora O.o' rs'

    A história parece ser realmente impactante e se tratada da maneira certa pode ser incrivel. Vou querer conferir :)

    ~> Beijusss...;*

    ResponderExcluir
  6. Achei a capa linda e cheia de significado lendo a sinopse, mas não faz meu estilo de leitura. Não vai pra minha wishlist.

    Érica Martins
    Espiral dos Sonhos

    ResponderExcluir
  7. Fiquei bastante curiosa, ainda mais depois de descobrir que é uma autobiografia, o que parece difícil acreditar. A capa é muito bonita, vou ficar de olho nesse livro.

    ResponderExcluir
  8. A história parece ser bem impactante e forte. Parece, pelo menos.
    Esse é um dos lançamentos que eu estou querendo ler :)
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. hum, parece interessante. A capa não chama muita atenção.

    ResponderExcluir
  10. Olá Débora!!
    Muito bacana! É muito legal esses livros com histórias reais e emocionantes...

    ResponderExcluir
  11. Uau. Nunca ia imaginar que esse livro falava sobre isso.
    Pensei que contaria as aventuras dela nos paises que ela visitava e que em algum deles, ela encontrava seu grande amor e blablabla.
    Estou surpreendida positivamente, e de vdd, vou tentar ler esse livro sim.
    Li aqui nos comentarios que é autobiografia???? se for, é uma historia e tanto de vida!

    ResponderExcluir