Livros da minha infância - Danielle Souza

Oi pessoal. =)

Desde os seis anos eu tenho o costume de ler. Ainda lembro-me do lindo baú de papelão enfeitado com gravuras que ganhei de minha mãe. “Contos de fadas clássicos”, embora não me recorde de qual revista ela adquiriu a coleção, ainda tenho alguns dos livros. (Outros fiz a bobagem de emprestar e nunca mais vi)

A gata Borralheira”, ou como é mais conhecida, a Cinderela era o meu livro favorito. Um conto que é mais conhecido na versão do francês Charles Perrault. Admirava a garota que além de trabalhar de sol a pino conseguia ser bondosa com duas meio-irmãs tão malvadas. E saber que a bondade no fim é recompensada é uma grande lição.


Mas com toda certeza a princesa de contos de fada que também ganhou destaque na Disney e que mais me encanta é Bela, do uma adaptação dos contos dos Irmãos Grimm “A Bela e a Fera”, tem como não gostar de uma mocinha que adora ler? Que ama seu pai acima de si mesma? E que por fim nos ensina que as aparências enganam. Simplesmente apaixonante.


Mais para frente encantei-me com “As fábulas de Esopo”, dentre elas “A raposa e a cegonha”, “A raposa e as uvas”, “A lebre e a tartaruga”. Quem diria que um escravo grego difundiria fábulas com lições de moral tão belas? Deve ter deixado muito intelectual se revirando no túmulo. Conhecimento é de todos, e Esopo é um grande exemplo.


Estes são alguns clássicos que me deixaram tão encantadas com a leitura e tornaram a leitora insaciável que hoje eu sou.

Não posso deixar de mencionar os gibis da Turma da Mônica que sempre me acompanharam e ainda hoje tenho alguns exemplares. Lembro da ansiedade de aguardar as férias para ganhar o Almanacão de Férias da Turma. =)


Leiam para seus filhos, seus primos, seus amigos. Ler abre portas para a imaginação e incute moral em quem se permite.

Aliás, esta sou eu com Seis meses de vida. =)


Feliz Dia das Crianças para todos!!! Não importa a idade no documento, a idade que temos é a que sentimos.
Photobucket

Participe

9 comentários:

Deixe seu comentário