Chamas na escuridão – Sadie Matthews


Fire after dark #1, 384 páginas, Companhia Editora Nacional

Essa série provocante vai cativar, envolver e, até mesmo, ‘intoxicar’ a leitora como nenhuma outra. Perfeita para aqueles que amaram 50 Tons de Cinza, mas ficaram querendo mais... A história central se passa em Londres, nos bairros mais badalados dessa encantadora cidade. Mas os protagonistas, Beth - graduada em História da Arte, e Dominic – consultor do mercado financeiro, vão se aventurar também na Croácia, Turquia e NY. Profundamente intensa, romântica, provocante e sensual, essa série vai levar a leitora a um lugar onde o amor e o sexo são liberados de seus limites. Fãs de E.L. James e Sylvia Day vão se manter acordados até tarde da noite com “Chamas na Escuridão”.
Olá leitores (maiores de 18 anos),

Chamas na escuridão foi o primeiro livro erótico que aborda o tema BDSM que consegui ler até o final. Isso por ter uma trama legal como pano de fundo.

Beth é uma jovem do interior da Inglaterra que vai à Londres cuidar do apartamento e do gato da madrinha de seu pai. Recentemente ela terminou o namoro de anos com Adam. 

Acompanhando a garota temos uma bela visão da cidade, pois ela foi poucas vezes e age como turista. Tenho fascínio pela cidade e cada ponto mostrado me agradou.

Para alegria de Beth, seu vizinho de frente é lindo e ela adota a mania de espiá-lo no escuro. Isso até que o destino lhe dá uma ajudinha. Ela adora divagar em pensamentos que na maioria das vezes são bem espirituosos e engraçados.

Dominic é atlético, está sempre bem arrumado, bem educado, logo de cara ele simpatiza com a Beth, que não faz ideia das preferências do rapaz.

Eles acabam tendo alguns encontros bem leves, românticos e os momentos entre os dois são de tirar o fôlego. Mas Dominic sabe que não conseguirá deixar suas predileções de lado por muito tempo e acaba abrindo o jogo. Beth está apaixonada e aceita ser sua escrava.

Mas o livro não fica apenas nisso. Beth consegue um emprego numa galeria de arte e um novo amigo, o James, que é também seu chefe. Pensem num personagem maravilhoso? Ele é gay, espirituoso e age como um pai para a Beth. Quando ela conta o segredo de Dominic ele aconselha que se afaste.

Beth é uma mocinha interessante, ela é insegura algumas vezes, mas sabe ser ousada, e gosta de dar uma de stalker seguindo o Dominic na surdina. Numa dessas ela entra num lugar que acaba lhe deixando chocada.

E vale ressaltar que o Dominic é um dominador por "vocação", ele não sofreu nenhum trauma, ele foi apresentado a prática e gostou da ideia. É bem legal acompanhar a narrativa dele sobre a descoberta da escuridão que existe nele. 

Posso garantir que o final nos deixa com um gostinho de quero mais. O que está esperando para conferir se Beth e Dominic conseguirão se ajustar? 

Adianto que vai acontecer uma coisa que abalará o relacionamento. É algo que nos faz refletir bastante.

Sadie Matthews nos presenteia com uma trama com tiradas de humor, cenas fofas, personagens bem construídos, e não deixa a desejar nas cenas calientes.

A Companhia Editora Nacional está de parabéns pela revisão e a arte é linda com Poá no verso da folha inicial de cada capítulo. E lindos detalhes no estilo fita de cetim com laço. Vale muito a pena observar.

Ao final temos uma prévia do segundo volume, só para atiçar nossa curiosidade ainda mais.

Eu realmente gostei bastante dessa trilogia (apesar de não entender o motivo de garotas que gostam de apanhar). E vocês? Gostam do gênero?


Trilogia After Dark:

1. Chamas na escuridão
2. Segredos na escuridão
3. Promessas na escuridão

Nota (0-5): 3

Participe:
http://www.leituranossa.com.br/2013/11/top-comentarista-novembro2013.html

7 comentários:

  1. Eu até gosto do gênero, mas ultimamente não estou mais tão fascinada como eu era. ahuahuah Acho que por decepção de um livro aí, eu fiquei meio assim sabe?! Eu não gostei da capa, aliás curti, mas não muito. Dei uma olhada rápida e pensei que era algo a lá comercial da Dove kkkkkkk (por causa do branco ali, ai pensei que era leite e tal...) eu viajei legal, eu sei! ahuahuah E uma outra coisa que me deixou assim, foi ser uma trilogia. Eu tô tão chata pra isso, a série tem que ser fod* pra minha pessoa acompanhar. rs Porque haja dinheiro! Mas o enredo é legal, ainda mais que tem essas pontas de humor que só faz o leitor se divertir mais uma leitura.

    ResponderExcluir
  2. Oii florr, nossa eu tinha uma curiosidade grande sobre esse livro, peguei duas vezes ele na mão porque amei a capa e a sinopse só que não levei :(
    Mas com certeza depois da resenha terei que ir atras dele mesmo. kkk Curiosidade. kkkk

    ResponderExcluir
  3. Confesso que li 50 tons de cinza e não gostei muito por achar a historia "forte" demais, mas quero poder terminar de ler...E estou curiosa para ler outra historia deste gênero, e achei bem interessante a historia. Fiquei bastante animada com esta série, e estas capas são lindas demais!!
    Beijos!!

    ResponderExcluir
  4. >>> Kamilla <<<
    Eu não sou fã do gênero não, mas este me prendeu por ter uma história e não apenas sexo e porrada.
    Acredito que a capa seja uma metáfora para a delicadeza de Beth em contraste com o Dominic.
    Mas essa trilogia merece uma lida sim!!!

    >>> Jéssica <<<
    Uma pena que não ouviu seu instinto, você provavelmente vai gostar se aprecia o gênero. Dominic e Beth são fofos juntos.

    >>> Michelli <<<
    Eu não gostei de 50 tons pq a mocinha me irritou logo nas primeiras páginas e tinha a questão de todos falarem da tal "deusa interior" que achei irritante e nem insisti na leitura.
    Leia este sim, tem uma boa trama por trás, não é só sexo não.
    Concordo que as capas são lindas mesmo.

    Obrigada por comentarem. =)

    ResponderExcluir
  5. Eu li a trilogia 50 tons de Cinzas, e amei... qdo acabei fiquei com saudades dos personagens. Acabei de ler Chamas na Escuridão, e achei bom, mas não se compara aos 50 tons. Dominic quando assume o perfil de mestre, nem parece que gosta de Beth, age como se ela fosse um objeto mesmo depois da sacanagem toda.

    ResponderExcluir
  6. <<>>>

    Eu li a trilogia 50 tons de cinza e gostei muito. Querendo ou não a gente acaba comparando um com o outro, se a intenção da autora Sadie de mencionar o nome da trilogia 50tons na capa de sua própria trologia Chamas na escuridão foi de aumentar o número de vendas ou despertar o interesse dos fãs de 5 tons não achei tão legal na minha humilde opinião. Pois aí que caímos na tendência maior ainda de compara-los. Ainda estou no primeiro livro, comecei a ler ontem, mas estou achando que ela enrolou muito no desenvolvimento da história. A menina, Beth é desastrada demais, e a maneira como os dois estão se conhecendo achei meio sem graça. Bom, não vou desistir de ler o livro, vou ler os três.

    ResponderExcluir
  7. Ansiosa pra começar a ler essa trilogia. *-*
    Consegui de troca os dois primeiros e realmente não vejo a hora de começar a leitura.
    Li a resenha por cima, mas o que eu li me deixou bem curiosa. Vou começar aqui! http://portugues.free-ebooks.net/ebook/Chamas-na-Escuridao-After-Dark-Livro-01

    Quem mais alinha?

    Bjs.

    ResponderExcluir