Anjos à mesa - Debbie Macomber

Angels at the table, Debbie Macomber, 224 páginas, Editora Novo Conceito

Quando um anjo decidir entrar em sua vida, diga adeus aos sonhos impossíveis... 

Shirley, Goodness e Mercy sabem que o trabalho de um anjo é interminável — especialmente na véspera do Ano-novo. Ao lado de seu novo aprendiz, o anjo Will, elas se preparam para entrar em ação na festa de fim de ano da Times Square. Quando Will identifica dois solitários no meio da multidão, ele decide que a meia-noite será o momento perfeito para dar aquele empurrãozinho divino de que eles precisam para acabar com a solidão. Então, por “acidente”, Lucie Ferrara e Aren Fairchild esbarram-se no meio da alegria da festa, mas, assim como se aproximam, acabam se perdendo: um encontro marcado que não acontece os afasta pelo resto da vida. Ou será que não? Um ano depois, Lucie é a chef de um novo e aclamado restaurante, e Aren é um colunista de sucesso em um grande jornal de Nova York. Durante todo o ano que passou, os dois não se esqueceram daquela noite. Shirley, Goodness, Mercy e Will também não se esqueceram do casal... Para uni-los novamente, os anjos vão usar uma receita antiga e certeira: amor verdadeiro mais uma segunda chance (e uma boa dose de confusão), para criar um inesquecível milagre de Natal.

Antes de iniciar o relato sobre minhas impressões deixa contar algo que sempre ocorre com livros: li várias resenhas desanimadas com essa trama, que era arrastada, que foi suada, etc. Não dei ouvidos e peguei o livro, já no começo eu me encantei, senti que teria a cota perfeita de divertimento. Então mais uma vez digo: se você deseja ler determinado livro, vá em frente, se arrisque e confira por si mesmo o resultado. Gosto é algo único.

Vamos ao que interessa agora:
Debbie nos presenteia com uma trama leve, divertida e com direito a quatro anjinhos que são bem arteiros. Li numa tarde (3h para ser exata) o livro todo e não queria largar para nada.
Shirley, Goodness e Mercy são Embaixadoras da oração e decidem levar o aprendiz Will para dar uma olhada na Terra. O problema é que não têm autorização de Gabriel e vão acabar interferindo nos planos de Deus para o casal Lucie e Aren, apesar de suas boas intenções.

"- Intenções - Gabriel repetiu. - Intenções, meu jovem, são pavimentos ao longo da estrada da morte."

Ao ver Lucie e Aren sozinhos em plena virada de ano na Times Square, Will não resiste e com um bater de asas acaba quebrando uma das regras: interferindo na vida dos humanos.

O casal se entende de primeira e marca um encontro para dali a sete dias, mas ocorre um imprevisto e Lucie não pode comparecer. A partir daí passa onze meses sem que eles esqueçam um do outro. Quando Gabriel descobre uma oração não atendida de Wendy Ferrara, ele questiona o quarteto e os incube de arrumar a bagunça que fizeram.
Lucie é uma ótima personagem, chef, está prestes a abrir seu próprio restaurante, não quer se envolver num relacionamento, mas é inegável o quanto Aren lhe afetou.
Aren é o novo colunista da Gazeta de NY, ele lida com resenhas culinárias. Ele é bem fofo, gostei muito dele, está divorciado e desconfiado das mulheres, mas sente que Lucie é diferente.
E vocês precisam ler para acompanhar as peripécias desses anjinhos na tentativa de unir o casal. Eles sabem que os dois se amam, afinal quase um ano depois eles continuam relembrando do primeiro dia do ano.
A Wendy é uma personagem e tanto, uma mãe amiga espirituosa, ela encoraja a filha em tudo, muito lindo acompanhar o relacionamento delas.
A Josie foi outra que me conquistou, se faz de durona, mas está passando por um momento delicado. É lindo acompanhar a convivência entre os irmãos.
Os anjos se metem em cada confusão que me peguei rindo diversas vezes. cada uma tem um ponto fraco... Seja crianças, luzes, tecnologia, quando você menos espera elas estão aprontando. 

O Gabriel é super temido, até eu ficava nervosa quando ele aparecia, mas também gostei do personagem.

Eu recomendo para quem quer uma leitura rápida, divertida, com uma pitada certa de romance.

A arte do livro está linda demais. No canto superior e inferior das páginas tem detalhes floridos. 

Tá esperando o quê? Corre para adquirir o seu. E deixa sua opinião aqui, suas expectativas...


Curiosidade:

* O livro faz parte de uma série chamada: Angelic Intervention que conta com outros seis títulos. Caso queiram conferir a lista clica aqui.


Nota (0-5): 4,5 (só por ser curtinho, queria mais)






Participe:
http://www.leituranossa.com.br/2013/12/top-comentarista-dezembro2013.html

3 comentários:

  1. Oi Dani!
    Esse livro é uma gracinha mesmo!! E a leitura é super rápida \o/
    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Mais do que a capa e o livro em si, o que mais me impressiona nesse livro é o subtitulo do livro. Que motivador!

    'Anjos à Mesa' é com certeza um livro muito bom, não só pra ler em épocas como essa, de natal, mas para ler durante o ano todo. Tenho expectativas grandes em relação à ele, e espero poder lê-lo em breve :)

    ResponderExcluir
  3. Carla,

    É muito fofo e não dá vontade de largar. Adoro anjinhos trapalhões!!!
    Obrigada por comentar!!!


    Oi Michelle,

    O subtítulo condiz bastante com a trama, foi uma escolha bem acertada. Concordo que a leitura deste livro pode e deve ser feita a qualquer época festiva ou não.
    Quando ler volta e comenta conosco. =)
    Obrigada pelo seu comentário.

    ResponderExcluir