Um Perfeito Cavalheiro - Julia Quinn

Sophie sempre quis ir a um evento da sociedade londrina. Mas esse é um sonho impossível. Apesar de ser filha de um conde, é fruto de uma relação ilegítima e foi relegada ao papel de criada pela madrasta assim que o pai morreu. Uma noite, ela consegue entrar às escondidas no baile de máscaras de Lady Bridgerton. Lá, conhce o charmoso Benedict, filho da anfitriã, e se sente parte da realeza. No mesmo instante, uma faísca se acende entre eles. Infelizmente, o encantamento tem hora para acabar. À meia-noite, Sophie tem que sair correndo da festa e não revela sua identidade a Benedict. No dia seguinte, enquanto ele procura sua dama misteriosa por toda a cidade, Sophie é expulsa de casa pela madrasta e precisa deixar Londres. O destino faz com que os dois só se reencontrem três anos depois, Benedict a salva das garras de um bêbado violento, mas, para decepção de Sophie, não a reconhece nos trajes de criada. No entanto, logo se apaixona por ela de novo. Como é inaceitável que um homem de sua posição se case com uma serviçal, ele lhe propõe que seja sua amante, o que para Sophie é inconcebível. Agora os dois precisarão lutar contra o que sentem um pelo outro ou reconsiderar as próprias crenças para terem a chance de viver um amor de conto de fadas. Nesta deliciosa releitura de Cinderela, Julia Quinn comprova mais uma vez seu talento como escritora romântica. 
Sophie é uma bastarda... todos da casa sabem que é filha do conde, mas sempre foi criada como sua pupila, o conde por sua vez nunca demonstrou muito carinho pela filha, mas supria todas as suas necessidades econômicas...

O problema começou quando o conde se casou com uma mulher que já tinha duas filhas... e pouco tempo depois morreu... a sua então esposa ficou obrigada por uma cláusula do testamento a cuidar de Sophie, mas a transformou em uma criada...

Sim, essa é uma releitura do clássico da Cinderela...

Em uma certa noite, Sophie consegue ajuda de todos os empregados da casa e vai escondida a um baile oferecido pela alta sociedade... lá conhece Benedict, e eles se apaixonam a primeira vista...

Sophie não revela sua identidade, como poderia? Ninguém sabe de sua existência... mas no dia seguinte sua madrasta descobre sua escapulida e a expulsa de casa...

Dois anos se passam... e quando Sophie e Benedict se reencontram ela é uma criada e ele não a reconhece...

Quando se vê enfeitiçado pela bela Sophie ainda a ofende, pois oferece que seja sua amante... afinal só mesmo nos filmes da Disney um homem da nobreza poderia desposar uma criada...

Sophie apesar de apaixonada é uma mulher integra, que não deixou que os maus tratos sofridos pela madrasta a modificasse e não deixa seus valores de lado nem mesmo pelo grande amor de sua vida...

Já Benedict é apaixonante, mas pouco cavalheiresco... sinceramente acredito que ele não merecia o título do livro, pois espera-se que um cavalheiro não seja só de berço, mas que o demonstre em suas ações... e essas são totalmente imperfeitas... 

O personagem se apaixona pela Sophie uma segunda vez, mas como não a reconhece, ainda sonha em encontrar a jovem dama do baile de máscaras e com ela criar uma família... mas não consegue abrir mão do que sente pela Sophie que é apenas uma criada...

Como sempre a matriarca da família, Violet, é esplêndida... um exemplo de mãe a ser seguido...

Eu estou encantada por essa série e não vejo a hora de tê-los todos... não me aguentei e já li toda a série e por isso posso afirmar que ela só melhora a cada livro!!

Série Bridgerton:
1. O Duque e Eu - The Duke and I (2000).
2. O Visconde Que Me Amava - The Viscount Who Loved Me (2000).
3. Um perfeito Cavalheiro - An Offer from a Gentleman (2001).
4. Romancing Mr. Bridgerton (2002) - ainda não publicado.
5. To Sir Philip,with Love (2003) - ainda não publicado.
6. When He Was Wicked (2004) - ainda não publicado.
7. It's in His Kiss (2005) - ainda não publicado.
8. On the Way to the Wedding (2006) - ainda não publicado.

Arvore Genealógica Bridgerton:
Clique para aumentar


Classificação (0 a 5): 5


Photobucket

2 comentários:

  1. Eu amei a JQ desde que li do nada o duque e eu....estava um dia numa promô e eu estava sem dicas, então comprei ha....melhor coisa que já fiz!
    Li os três, até já falei no blog também....achei muito apaixonante e gostei do Benedict sim, apesar das imperfeições. Achei eles muito humanos, sabe?
    Gostei mais que outros irmãos e outras pessoas aparecem mais um pouquinho.
    E o que dizer da Violet? A amo de paixão desde o primeiro livro, é uma das minhas coadjuvantes preferidas (junto com a Katehrine Picton kkkkkkkk), estou louca para ler os outros....eu ia comprar outras edições mas o frete estava um abuso e desisti kkkkk, vou esperar a Arqueiro publicar.
    Fiquei mais feliz ainda pois influenciei uma amiga a ler e ela já está lendo do segundo, ficou viciada!
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Eu amei muito esse livro, vc não tem noção, Dé... Meu preferido da série até agora. <3

    ResponderExcluir