Príncipe da Noite - Germano Pereira

Príncipe da Noite - Sete mulheres e meia - Germano Pereira, 368 páginas, Editora Novo Conceito

Toda manhã, o psicanalista Gabriel se surpreende ao acordar: sempre encontra uma mulher diferente dormindo ao seu lado. Ele nunca se lembra do seu nome, nem da maneira como a conheceu. A única coisa que resta de suas aventuras noturnas é um lapso de memória. Mas esta noite tudo se repetirá: quando cruzar com uma bela mulher, na noite seguinte, perderá o controle de quem é, porque o seu outro “eu” é capaz de tudo para satisfazer seus desejos mais primitivos. Mantendo esse segredo somente para si, Gabriel leva uma vida aparentemente normal na grande Londres, ouvindo diariamente os problemas de seus pacientes, enquanto tenta fugir das loucuras de sua ex-namorada. Mas nada é verdadeiramente normal para um homem que pode ser controlado pelo Príncipe da Noite...


Oi galerinha,

Quando vi esta capa me encantei, li a sinopse e fiquei bem curiosa. A capa pessoalmente é ainda mais bonita, quase não dá para enxergar o rosto, fica meio escondido e dá uma boa ideia da trama. 

Assim que o livro chegou iniciei a leitura, e bem, foi frustrante. 

O autor escreve muito bem, ocorreram alguns erros, que numa futura revisão consertarão sem problemas, e não atrapalham o entendimento.

A leitura foi demasiada lenta, pois ele opta por repetir como o personagem se sente a cada aparição do Príncipe da Noite, junte a repetição com a incoerência do Gabriel em não buscar ajuda, resultado: foi estressante.

Imaginei que o Gabriel não teria pistas das atitudes de sua outra personalidade, mas ele sente quando vai ser dominado e mesmo com vislumbres de sapatos ensanguentados ele não conta isso para sua psicanalista. Portanto não nego que ter um psicanalista como personagem principal, com um problema de seu conhecimento e que não busca tratamento, me irritou deveras.

Não foi de todo ruim, pois a partir da página 320 temos mais pistas, um pouco mais de informação, no entanto Gabriel não me cativou, o que ainda me fez seguir até o fim foi o desejo de conhecer o desfecho. E este também deixa a desejar, pois termina com uma pergunta e como não sabia que o autor planeja uma continuação, me deixou mega brava. (descobri sobre a continuação no Skoob, pois o próprio autor comentou numa das resenhas).

Não pretendo ler a continuação apesar do final em suspenso, mas espero que se você tiver o desejo de ler, arrisque e veja com seus próprios olhos se o livro vai agradar ou não.

A doutora Hillary, o amigo Divas e a ex Rachel são personagens interessantes, que me deixaram desejando um pouco mais de entrosamento e estes dois preenchem algumas lacunas para nós (leitores) e para o próprio Gabriel.

Nota (0-5): 1


4 comentários:

  1. Não é meu tipo de leitura também.
    Bj e fk c Deus.
    Nana
    http://procurandoamigosvirtuais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi, td certo?
    Não sei se teria coragem de ler depois de uma resenha tão negativa haha mas a sinopse é bastante interessante. A capa é linda.
    Beijos
    http://arrastandoasalpargatas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Poxa que chato... é ruim quando um livro não agrada desse jeito... e nem dá vontade de ler a continuação mesmo.
    Mas valeu a experiência, né?

    beijos,

    ResponderExcluir
  4. Nana
    O livro tinha tudo para ser bem legal, então depende de quem lê.
    Obrigada pelo comentário. =)

    Rafa
    Como falei a resenha é apenas minha opinião, e se você procurar outras resenhas, irá encontrar positivas, faça um balanço e daí decida se lerá ou não, ok?
    Obrigada pelo comentário. =)


    Foi uma grande decepção, pois a sinopse realmente me cativou, mas só dá para descobrir se cumpre o que promete lendo, né?
    Valeu Chefinha!!!

    ResponderExcluir