Tempo de Mudanças - Lisa Jewell - @Novo_Conceito

Original: The making of us
Autora: Lisa Jewell
Editora: Novo Conceito
Ano: 2014
352 páginas
Em um hospital em Bury St Edmunds, Daniel Blanchard está morrendo. A amiga Maggie May é sua companheira nesta jornada até o fim: senta-se ao seu lado todos os dias, segurando-lhe a mão e ouvindo histórias de sua vida, seus arrependimentos e seus segredos: os filhos que nunca conheceu e que, provavelmente, nunca conhecerá. Lydia, Dean e Robyn não conhecem o pai e também não se conhecem. Ainda... Todos eles estão passando por uma fase de mudanças e de dificuldades: Lydia carrega as cicatrizes de uma infância traumática e, embora seja rica e bem-sucedida, sua vida é solitária e confusa. Dean é um jovem sobrecarregado por uma responsabilidade imprevista, cuja vida está indo para lugar nenhum. E Robyn começou a faculdade de medicina, mas sente que alguma coisa não está certa. Três jovens com histórias muito diferentes, mas que se sentem igualmente perdidos e à procura de alguma coisa, como se faltasse um elo para dar sentido às suas vidas. E então, quando eles percebem que seus caminhos estão se cruzando, tudo começa a mudar...

Tempo de mudanças soa como um mega dramalhão, porém ele é bem suave e muito gostoso de acompanhar. A escrita da Lisa Jewell é detalhada sem excessos, com sentimentos bem distintos e personagens trabalhados e tão diferentes entre si que vai despertar reações diversas no leitor.

Conhecemos Glenys que almeja ser mãe e tenta alcançar esse sonho há cinco anos, depois que descobre não haver problemas com ela toma uma decisão: recorrer a um doador de esperma. Em 1979 não era uma escolha fácil, em especial quando o marido era um machão que não aceitaria bem. Mas o desejo fala mais alto e assim surge um segredo que vai abalar a família Pike.

Depois a trama desenrola sob a narrativa de Lydia Pike, temos um vislumbre de sua vida aos dezoito anos e depois torna-se constante aos vinte e nove quando ela enfim descobre que seu pai não é Trevor. Surge então a dúvida: buscar o doador e seus possíveis irmãos ou manter-se afastada disso?

Passando pelo mesmo dilema está Robyn Inglis, uma jovem de dezoito anos certinha, mimada e com a alto estima suficiente por uma família inteira, ela sabe quem é e o que quer, até que o destino prega uma peça e lhe obriga a buscar o doador.

Além das garotas temos o ponto de vista de Dean Higgins, um jovem de vinte e um anos que está passando por um momento delicado, ele é um jovem perdido, no sentido de que não trabalha, não estuda e gosta de fumar um baseado, sem aceitar responsabilidade alguma.

Além destes três jovens que têm em comum o misterioso doador contamos com a narrativa de Maggie, a amiga e quase namorada de Daniel Blanchard (o doador), ela acompanha ele na casa de repouso e assume uma grande tarefa.

O livro tem o ponto de vista de cada um destes personagens e assim podemos acompanhar o dia dia deles, seus medos, suas inseguranças, a esperança e por fim o encontro.

Lisa Jewell não tornou a narrativa cansativa, cada um deles tem um ponto fraco e sem que esperem quando o destino os reunir eles encontrarão algo que faltava.

Dos três jovens apenas Lydia desconhecia sua origem, ela é a mais centrada e solitária, gostei de sua personalidade gótica, retraída e pé no chão. Em contrapartida Robyn me irritou com sua estima além da conta a ponto de se achar a última bolacha do pote; Dean e seu modo largadão foi uma decepção. Mas a medida que a trama evolui temos novas nuances de cada um deles e vamos mudando nossa opinião.

É um livro tocante sem partir para apelação, e nos cativa a ponto de torcermos para que o Daniel consiga conhecer seus filhos e saber como cada um vai receber a novidade sobre irmãos desconhecidos, nesse quesito achei que tudo fluiu com muita facilidade, mas não é algo negativo de todo. Foi uma grata surpresa.

Capa americana:


Nota (0-5): 3,5
 



http://www.leituranossa.com.br/2014/04/post-premiado-de-abril.html

1 comentários:

  1. Olá Dani!!Nossa que linda resenha!! Já tenho este livro na estante e realmente sua historia por se tratar de um tema tão atual, me deixou ainda mais interessada por ler o livro!! Beijos!!

    ResponderExcluir