Série: The 100 - Resenha do Léo


Noventa e sete anos antes, um apocalipse nuclear dizimou o planeta Terra e destruiu a civilização. Os únicos sobreviventes foram os 400 habitantes de 12 estações espaciais que estavam em órbita durante o acontecimento. Depois de tantos anos, a população das aeronaves aumentou e os recursos estão quase acabando, o que pode significar o fim dos seres humanos.Por isso, os comandantes enviam para a Terra cem jovens prisioneiros, na tentativa de testar a situação no nosso planeta e descobrir se existe a possibilidade de retorno ao local. Além de lidarem com as próprias diferenças, o grupo precisa se unir para enfrentar os perigos que os aguardam por causa da radiação. Para complicar, tudo indica que eles não estão sozinhos.
The 100 é uma série lançada pela The CW baseada no livro da autora, Kass Morgan, publicado pela Galera Record.  O produtor executivo, Jason Rothenberg, adaptou esse livro de uma forma fantástica na qual ele consegue extrair todos os lados aventureiros do livro.

Há 97 anos toda a Terra foi exposta a radiação acabando com a possibilidade de vida nesse planeta. Porém haviam doze estações espaciais, a milhares de quilômetros da Terra, que passaram a abrigar o que restou da humanidade. 

Das 12 estações espaciais só restou apenas uma. A Arca. E agora, depois de quase um século, a Arca está “morrendo”. Sua população está sofrendo pela falta de oxigênio e só há um meio de prolongar a vida na nave... diminuindo o número de habitantes. Então os governantes dessa última e única estação espacial, decidem mandar 100 jovens infratores para Terra. 

Na Arca, se alguma pessoa infringir nem que seja uma pequena e insignificante regra, ela será condenada à morte. Porém se tiver menos que dezoito anos, os jovens infratores vão para a prisão até que atinjam uma certa idade para que, por fim, mate-as.

Os 100 jovens são mandados com o intuito também de certificar a possibilidade de vida na Terra. Para que isso fosse calculado pelos líderes da Arca, eles colocaram braceletes que transmitem um sinal a Arca sobre as condições de vida de cada um deles. E é ai que, Clarke, Octávia, Wells, Bellamy, Finn e Jasper, junto com os outros 95 jovens, se veem respirando o ar puro e descobrindo que não precisam se preocupar totalmente com a radiação.

Logo quando chegam na Terra, o revoltado Bellamy (Que desceu junto com os 100 de intruso pelo fato de sua irmã Octávia estar na nave que vai embarcar para a Terra), influência as pessoas a tirarem seus braceletes alegando que os habitantes da Arca não merecem saber que estão vivos – já que os mandaram em uma missão suicida –. Mas tirando os braceletes o sinal enviado a Arca é cortado e consecutivamente seriam declarados como mortos fazendo com que a estação espacial perca o interesse pela Terra. Clarke, Wells, Jasper, Finn, Octávia e alguns outros não tiram seus braceletes e começam a explorar o lugar. Acabam descobrindo drasticamente que os 100 não estão sozinhos. Existem os que sobreviveram à radiação e eles não são nada amigáveis.

Já no primeiro episódio da série, você sabe praticamente o livro inteiro. Um lado negativo do livro é que a autora fica muitas páginas focada em falar sobre a Arca, enquanto o que realmente estava me cativando era os acontecimentos na Terra. 

Como de costume o livro é mais aprofundado no enredo, explicando detalhadamente todo o processo que a nave dispõe para aqueles sobreviventes e acaba mostrando um pouco mais do que a série, quando o assunto é o passado dos protagonistas. Um lado positivo do livro é que ele está em terceira pessoa, podendo acompanhar o que está acontecendo naquele momento só que em outro lugar. O que com certeza fez com que a leitura do livro fosse mais prática.


Assista o trailer legendado da série:

Classificação (0 a 5): 5 


Participe:

4 comentários:

  1. Ah, fiquei doida pra assistir essa série... vou ver se consigo assistir nesse final de semana e depois trocamos mais impressões... Ótima dica!!

    beijos,

    ResponderExcluir
  2. Olá Léo!
    Então, como vc falou que já no primeiro episódio dá para saber o livro todo, não fiquei afim de ler não. Porém, fiquei louca para assistir a série!! Vou deixar na listinha para assistir nas férias.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá Léo :)
    Ah, gostei do enredo da série e vou apertar um pouquinho pra assistir!!
    A série é temporada única?
    Beeijo!

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Achei estranho que no primeiro episódio se passa quase todo o enredo do livro, afinal, a série tem que se manter por vários episódios e isso pode deixar os autores da série sem história para contar. E olha que os livros que conheço que foram adaptados para séries passaram por grandes extensões e mudanças na história, o que afasta a trama da tv para aquela do livro.
    Um abraço.
    Um a

    ResponderExcluir