A filha do Sangue - Anne Bishop

A Filha do Sangue #1

Autora: Anne Bishop

Original: Daughter of the Blood

Saga: As Joias Negras - Livro 01  

Ano: 2014

Editora Saída de Emergência Brasil

432 páginas


O Reino Distorcido se prepara para o cumprimento de uma antiga profecia: a chegada de uma nova Rainha, a Feiticeira que tem mais poder que o próprio Senhor do Inferno. Mas ela ainda é jovem, e por isso pode ser influenciada e corrompida. Quem a controlar terá domínio sobre o mundo. Três homens poderosos, inimigos viscerais - sabem disso. Saetan, Lucivar e Daemon logo percebem o poder que se esconde por trás dos olhos azuis daquela menina inocente. Assim começa um jogo cruel, de política e intriga, magia e traição, no qual as armas são o ódio e o amor. E cujo preço pode ser terrível e inimaginável.
http://www.skoob.com.br/livro/367746


A filha do sangue estava entre os desejados desde que vi esta linda capa, mas não se deixe enganar não é só de beleza que o livro está recheado. É uma leitura rica, detalhada, com momentos que variam de ingênuos aos estarrecedores.

Anne Bishop nos presenteia com mocinhos que não são 100% bondade e ainda assim nos cativam terrivelmente, já na primeira parte me vi apaixonada por estes três Príncipes: Saetan, Daemon e Lucivar.

A obra conta com um breve perfil dos personagens principais, a hierarquia de acordo com a posição social e com as diversas joias, bem como temos informação suficiente sobre o uso delas. Tem também um sumário muito legal, que eu particularmente adoro.

Jaenelle é uma garotinha que possui poderes demais e que se em mãos erradas pode acabar com o mundo dos vivos e o submundo. Ela é o motivo de Daemon e Lucivar ainda terem esperanças, desde que a profecia foi revelada.

Imaginem uma garota decidida e teimosa? É a Jaenelle. E seu carisma é tanto que coloca o Senhor do Inferno no bolso. Ela quer aprender e não pensa duas vezes em buscar o melhor, pensando assim ela conhece Saetan e ganha a admiração dele e de seus ajudantes Pothvar e Andulvar.

Saetan é o Senhor Supremo, durão com um passado que lhe magoa, mas é justo e até bondoso quando há necessidade. Os momentos que ele passa com Jaenelle são sempre divertidos, pois muitas vezes ele tem que ser sério e acaba cedendo. 

Daemon é um ser atormentado, possui a joia negra como Saetan, porém ele é escravo, seu temperamento é conhecido por todos os reinos, capaz de destruir sem dificuldades. A maneira como o aprisionam e castigam me deixou para lá de enojada com hábitos da sociedade.

Lucivar é descrito com humor agradável, porém é tão explosivo quanto Daemon, os dois juntos colocariam o reino Distorcido abaixo. Ele não troca de roupa para entrar numa confusão. 

Gostei muito dos personagens, tanto os principais, como os secundários, como Tersa a feiticeira que previu a chegada de Jaenelle; Surreal a prostituta que busca justiça por Tithian.

A autora nos mostra o passado de cada um deles e fica impossível não compreender um pouco mais sobre suas aflições.

A filha do sangue é repleto de fantasia, porém tem os momentos realistas onde vislumbramos situações de incesto, pedofilia, até mesmo a escravatura imposta pelas rainhas. É uma sociedade para lá de depravada.

Mal posso esperar pela continuação e descobrir como a trama se desenvolve, o final deste livro deixou um gancho e tanto para o próximo. A editora Arqueiro ainda nos deixa roendo as unhas com as páginas iniciais de Herdeira das sombras. Prevejo emoções a mil.

Curiosidade: As joias negras é uma saga que até o momento conta com nove livros nos EUA, porém para minha alegria aqui no Brasil, serão publicados os três primeiros como Trilogia, pois contam a história de Jaenelle, do quarto em diante são outros personagens.


Trilogia As Joias Negras:

1. A filha do sangue (Daughter of Blood)
2. Herdeira das Sombras (Heir to the Shadows) *Previsão para Agosto/2014*
3. Rainha das Trevas (Queen of the Darkness) * Não publicado *


Nota (0-5): 5

http://www.leituranossa.com.br/2014/06/post-premiado-de-junho.html

5 comentários:

  1. Oi Dani, põe depravada nisso né? Que mistura doida! Eu ainda não li o livro, mas quero sim conhecer esta série.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  2. Ai meu Deus, estou doida por este livro! Vai ter até um evento da editora Saída de Emergência na minha cidade, que tanto eles irão falar sobre este livro, como outro que vai ser publicado, o A espada de Shannara. Quem sabe eles não sorteiam uns exemplares né? *dedinhoscruzados* Estou doida para saber se esta mistura de incesto, pedofilia, e outras coisas vai dar certo.

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Rose
    Sim, é muito depravada, mas a Jaenelle e o trio masculino principal valem a leitura.
    Foi forte, mas maravilhoso por conta dos acontecimentos.

    Vitoria
    Vi numa postagem que terá sorteio de livros sim, boa sorte para você.
    O livro merece um lugar na estante, muito bem escrito.

    ResponderExcluir
  4. Ainda bem que tem essa pegada de realidade. E Dani, a capa é linda mesma. Agora passei a me interessar um pouco mais por essa série, vou esperar um tempo, afinal, estou com uns 80 livros por ler ainda.. rsrs Abraço!

    ResponderExcluir
  5. Olá!

    O interessante de haver coisas horríveis no mundo real, como a pedofilia, em uma história de fantasia é dar ao leitor a chance de refletir que temos que combater essas coisas para que elas só ocorram nos livros.
    Ah, a Jaenelle não é a tipica princesa esperando para ser salva: Ela tem muita personalidade.

    Um abraço!

    ResponderExcluir