Poder - Sarah Pinborough

Poder 
Sarah Pinborough
224 páginas
Editora Única
Saga Encantadas
Original:  Beauty
Sinopse: Quando um príncipe mimado é enviado pelo seu pai para tentar desvendar os mistérios de um reino perdido, ninguém imagina os perigos que ele encontrará pela frente! Acompanhado da figura sóbria e sagaz do Caçador e de Petra, uma jovem valente que possui uma ligação muito forte com a floresta, o príncipe acaba encontrando um reino adormecido por uma estranha magia. Todos os seres vivos foram cercados pela densa mata e estão dormindo, em um sono pesado demais, que só poderia vir da magia. Mas que tipo de bruxaria assolaria uma cidade inteira e seus habitantes? E, principalmente, quem faria mal a uma jovem rainha tão boa e tão bela? A não ser, claro, que os olhos não percebam o que um coração cruel pode esconder... 

Fechando a trilogia Encantadas, Poder funciona como o prelúdio de tudo e não como a continuação de Feitiço. Então a ordem correta seria Poder, Veneno e, por último, Feitiço. Eu achei legal o que a autora fez, de colocar a história da Branca de Neve no primeiro e só depois irmos desvendando as motivações dos personagens... Só me deixa triste é que algumas perguntas que eu tive no final de Feitiço ficaram sem respostas. Então, acho que um conto seria o ideal pra ficarmos sabendo de algumas coisinhas...

Mas sobre o livro em si, ele é muito bom. Ficamos sabendo as verdadeiras motivações de um certo personagem muito odiado pelos fãs, além de novas versões de histórias como A Bela Adormecida e Chapeuzinho Vermelho. Um príncipe mimado é enviado pelos pais a procurar uma aventura (uma desculpa pra ele amadurecer, quando, na verdade, seria menos dispendioso simplesmente dar um carão no rapaz e mandar ele ir lavar louça) e, para isso, conta com a ajuda de um caçador (vocês não adivinham quem seja?). A história da Chapeuzinho Vermelho também aparece pelo meio e achei muito legal a mudança que foi feita com a história do lobo, sendo um dos pontos positivos desse livro. Ao encontrar o castelo adormecido da história da Bela Adormecida o que parece ser o final feliz é o começo de uma história assustadora.

Não posso falar muito da história da Bela Adormecida sem falar spoilers, mas foi bem interessante e não tinha previsto que tipo de mudança seria introduzida. De repente a roca não era tão ruim assim (e ao mesmo tempo era! Quem ler vai entender!)....

Esse livro é o que contém cenas mais eróticas, embora sejam mais superficiais do que as de Veneno e misturadas com um suspense meio sombrio que as deixam meio horripilantes. É como se fôssemos desvendando uma história de suspense com o clímax no final que nos fazer torcer para que todos ali se saiam bem. E o livro é bem-sucedido nisso, a autora não perde tempo com passagens desnecessários e tudo ali é alinhado para combinar com o que nos espera. É perfeito para antecipar as histórias e confesso que se lesse Veneno depois desse, acharia que a qualidade se perdeu um pouco.

Apesar de ser o livro mais bem-escrito, algumas situações me deixaram com a pulga atrás da orelha e eu não sei como finalizaram. Falo mais uma vez nisso porque foi o único "porém" desse livro e por isso não posso dar nota máxima a ele. Mas quem começou Veneno agora, não desanime, melhora!

Encontrei poucos erros no texto, mas, a diagramação estava bem legal e capa também. Sarah Pinborough se mostrou uma autora peculiar, mas com corajosas escolhas no enredo. Essa é a capa no original:

Beauty

Obs.: No final do livro, há uma entrevista com Sarah Pinborough, em que ela fala de algumas escolhas na trilogia!

A trilogia:
-Veneno
-Feitiço
-Poder

Avaliação (0 a 5): 4, 5



Photobucket


6 comentários:

Deixe seu comentário