Era uma vez um segredo - Mimi Alford

Era uma vez um segredo
Subtítulo: Meu Caso Secreto Com o Presidente John F. Keneddy

Autora: Mimi Alford
Editora Fontanar
224 páginas
Em 2003, um biógrafo de Kennedy mencionou “uma estagiária da Casa Branca de 19 anos, alta, esbelta e bonita, que trabalhava no gabinete de imprensa”, referindo-se a um dos casos do presidente, notório tanto por sua morte trágica quanto por seus casos extraconjugais. A revelação despertou um frenesi na imprensa norte-americana e rapidamente expôs o segredo que uma mulher havia guardado por 41 anos. 


Ganhei este livro e estava apostando que não gostaria, porém a escrita é tão envolvente que me vi curiosa e devorando cada página, sem muita pressa para não perder algum detalhe importante, mas almejando chegar ao desfecho.

Mimi nos conta seu passado desde os dias em que passou na fazenda dos pais até sua rotina no internato Miss Porter. O que mudou sua vida foi uma carta enviada para a primeira dama Jackeline Kennedy, Mimi não conseguiu a sonhada entrevista, porém misteriosamente foi chamada para um estágio no gabinete de imprensa de JFK.

A maneira como ela relatou a aproximação do presidente, as mudanças de humor dele, o carisma e o lado obscuro que poucos conheciam. Ela por sua vez foi extremamente submissa e deslumbrada. Olhando de fora dá para entender, jovem, se achava o patinho feio por ser magra demais e não atrair atenção masculina nos poucos momentos em que esteve entre rapazes, conseguir atenção do homem mais poderoso da nação?! Não foi à toa que ela se deixou levar.

Um ano e meio e sem despertar atenção da família para as inúmeras viagens que fazia. Ela nos conta bastante do pouco que viu do presidente nos bastidores, o que o alegrava, o que o abalou.

Quarenta e um anos escondendo esse segredo até que a mídia descobriu e ela teve de rever tudo o que passou, da escola ao estágio, seu romance com o presidente, seu primeiro casamento que começou com a base errada. Os anos de convívio até a ficha cair e tomar a primeira decisão de sua vida: o divórcio após vinte e seis anos de casada.

O relato de Mimi é repleto de detalhes interessantes sobre o mundo e acontecimentos que ficam restritos à Casa Branca, porém o que me fez gostar dele foi o amadurecimento de Mimi, a medida que lemos criticamos uma maneira de agir, imaginamos que faríamos diferente, mas quando ela enfim toma as rédeas da sua vida ela nos mostra uma força e uma coragem incríveis.

Era uma vez um segredo vale a pena ser lido.


Nota(0-5): 3



http://www.leituranossa.com.br/2014/07/post-premiado-de-julho.html

3 comentários:

  1. Acho que nunca li uma biografia na vida HAHA não é exatamente o tipo de livro que eu gosto e quando penso sobre, parece meio invasivo, sabe? Eu tenho uns tique estranhos com livro :P
    Anyway, parabéns por ter persistido na leitura, mesmo achando que não ia gostar. Alguns dos meus livros preferidos eu comecei lendo assim, achando que não ia gostar nem um pouco.

    Beijos,
    Bianca.

    http://blogsomaisum.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Dani!
    Eu geralmente leio este tipo de livro, mas não por livre espontânea vontade, e sim por ''livre e espontânea pressão'' hahahahaha Eu, Vitoria, não gosto de biografias. Só se for de alguém que eu admiro MUITO e olhe lá. Mas, se por acaso, em questão de estudo, e eu tiver que ler, leio sim, com maior orgulho. Parabéns pela resenha, parece que o livro, para quem gosta do gênero.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Olá!

    Kennedy foi um dos mais populares e ao mesmo tempo, um dos mais misteriosos presidentes que os EUA já tiveram. Talvez, por isso, que deve ter sido impactante saber que ele já teve um caso com uma secretária (E nós só pensávamos no Clinton quando falamos de presidentes americanos que traíram a sua esposa). Mais impactante ainda é ver essa mulher contar sua história sem medo.

    Um abraço!

    ResponderExcluir