Enquanto a Chuva Caía - Christine M.

Nome do livro: Enquanto a chuva caía
Autora: Christine M.
Lançamento: 2014
Editora: Novo Conceito
Páginas: 288

Sinopse: Erik não procura mais a garota dos seus sonhos. Vive em busca de adrenalina e de uma razão para continuar cumprindo tarefas obscuras. Ele sabe que é muito bom no que faz e não vê nada que possa ser melhor do que os seus dias repletos de perigo. O que Erik não esperava é que sua paixão por correr riscos seria a sua ruína. Ameaçado, ele precisa fugir para o exterior e viver disfarçado de cidadão comum, trabalhando como advogado em uma grande empresa. Marina comanda o império da família depois de seu pai ter sucumbido ao mal de Alzheimer. Precisa suportar ver os pais tombarem diante da ação implacável do tempo, enquanto ainda carrega a ferida provocada pela morte do jovem marido. Com o comando das empresas nas mãos, ela percebe que nem todas as atividades da corporação obedecem aos manuais de boa conduta. Quando ambos se encontram, presente e passado se misturam, dando início a um mistério arrebatador que os atrai a uma paixão incontrolável. No entanto, os segredos, cedo ou tarde, virão à tona e os colocarão em lados opostos da balança. Nenhum dos dois é inocente, mas será que eles aceitarão as verdades que tanto se empenham em esconder? É possível construir um futuro mesmo depois de descobrir que nesta história não há mocinha nem herói?


Enquanto a chuva caía se tornou um dos livros mais indicados por mim e com certeza o melhor livro nacional que já li. Com sua fantástica escrita, Christine, desenvolveu 288 páginas de pura emoção. Cheguei até a situação de diminuir o ritmo da leitura só porque não queria que acabasse, amei o enredo do começo ao fim.

Marina e Erik são nossos protagonistas. Marina mora em Nova York e perdeu seu marido muito cedo enquanto ele estava servindo ao exército, e seu pai está piorando conforme o tempo por conta do Alzheimer. Então, mesmo abalada de tantos problemas, Marina herda o cargo de executiva-chefe – ou apenas CEO – da mais poderosa empresa de auditoria do Hemisfério Norte.

Marina precisa ser forte para lidar com o fato de ter se tornado uma jovem viúva, estar na administração da empresa de seus pais e ainda por cima ver de perto seu pai se deteriorando. Ela busca viver "escondida" para camuflar todos os seus sentimentos. Porém, enquanto uma chuva caía, ela conhece Erik e a partir de então o destino guarda grandes acontecimentos para nossa personagem.

Erik mora no Brasil e é o tipo de pessoa que gosta do perigo. Não está muito preocupado com seu futuro, e muito menos em construir uma família. Assim como Marina, ele tem um histórico ruim em relacionamentos, sua última namorada foi sequestrada e nunca foi encontrada. Erik tem uma vida dupla, em alguns momentos ele é um simples advogado e tempos depois ele é o cara que está fazendo queimas de arquivos para a polícia, sentindo prazer em fazer justiça com as próprias mãos.

“Apenas sei que meu telefone tocou no meio da noite e a missão me foi dada. Não faço perguntas, quer dizer, a única que faço é quanto vou receber. Depois, me mandam um envelope com as instruções e o dinheiro.” (Página 9)

Então o chefe misterioso de Erik decide que já está na hora de ele se aposentar, um dos motivos é que no Brasil não é mais seguro, portanto o manda para Nova York e o coloca para trabalhar na mesma empresa que Marina gerencia. Erik, de início, se vê ligeiramente atraído por Marina.

Assim o jovem casal, com tantos problemas e segredos, se envolve de forma intensa. Acabam se entregando a esse novo sentimento que nenhum dos dois desfrutava a um bom tempo. Mas a vida dupla de Erik volta à tona e os segredos da família de Marina correm riscos de ser expostos. Erik recebe uma pasta. E essa pasta pode pôr um fim em tudo.

“Foi a dúvida que me fez sair da cama, em plena madrugada, andar a passos lentos e silenciosos em direção àquela pasta. E agora essa mesma dúvida me faz parar e temer o que vou encontrar dentro dela, pois, seja lá o que for, sei que pode me fazer perder de vez o homem que amo.” (Página 269)

O livro é muito gostoso de ler, a trama foi bem articulada. Conseguimos nele entender o ponto de vista de Marina e de Erik, pois a narrativa vai variando entre eles. Vale ressaltar que o romance não é enjoativo, o que contou como um dos fatores que fizeram este livro ser tão bem construído. 

Assista ao book trailer:




Classificação (0 a 5): 5




 Photobucket

4 comentários:

Deixe seu comentário