O resgate - Nicholas Sparks

O resgate 
Original: The rescue
Autor: Nicholas Sparks
Editora Arqueiro
Ano 2014
320 páginas
Confrontado com situações de extremo perigo, Taylor McAden, bombeiro voluntário, expõe-se até ao limiar do perigo. Denise é uma jovem mãe solteira, cujo filho de cinco anos sofre de um inexplicável atraso de desenvolvimento e a quem ela devota a sua vida numa tentativa de o ajudar. Mas o caso vai aproximar estes seres. Numa noite de tremendo temporal, Denise sofre um acidente de automóvel e é Taylor quem vem socorrê-la. Embora muito ferida, a jovem depressa toma consciência de que o filho já não se encontra na sua cadeirinha do banco traseiro. Taylor irá até ao fim de uma angustiante noite de buscas para o encontrar. Foram tecidas as primeiras malhas que os irão unir - o pequeno Kyle desabrocha ao calor da ternura daquele homem. Denise abandona-se à alegria de um amor nascente. Mas Taylor tem em si cicatrizes antigas, que o não deixam manter compromissos de longa duração. Nicholas Sparks, esse talentoso contador de histórias, intervém com a sua magia redentora e a sua inigualável capacidade de aprofundar a complexidade das relações e dos afetos.

O resgate foi uma leitura rápida, agradável, mas com momentos repletos de ansiedade.

Denise Holton é uma mãe dedicada, trabalha à noite como garçonete para sustentar seu filho. Envolta em pensamentos sobre os vários diagnósticos que o garoto recebe, ela se vê em meio a uma tempestade, mas para desviar de uma corça acaba sofrendo um acidente. Ao acordar depara-se com...

Taylor MacAden um empreiteiro que nas emergências é bombeiro voluntário, ele vê o carro e se aproxima para ajudar. Denise ao acordar indaga pelo filho. Mas tudo o que ele vê é uma cadeirinha vazia.

Desesperada Denise ignora as dores e sai do carro em busca de Kyle.

Kyle Holton tem quatro anos e um sério problema de comunicação. O que deixa Denise e os bombeiros desesperados, como encontrar uma criança que não compreende o que escuta e mal fala?

Nicholas Sparks me deixou com o coração na mão enquanto Taylor buscava o garotinho. São páginas de muita tensão.

Denise é uma mãe dedicada que faz o possível para ajudar o filho a progredir. As dúvidas se um dia o filho irá a escola, terá amigos lhe atormentam todos os dias. Deve ser bem desesperador receber vários diagnósticos e não ter ideia de como ajudar corretamente. O autor soube como nos colocar na pele da personagem e sofremos com ela, sorrimos quando Kyle progride.

Kyle e Taylor acabam fazendo amizade, de um jeito que surpreende Denise e até nós leitores notamos a mudança no garoto.

O resgate vai mexer com seus sentimentos maternais, fazendo questionamentos e reflexões sobre o pequeno Kyle. Nos faz rir com o casal amigo de Taylor, Mitch e Melissa. Judy MacAden é uma senhorinha ativa que tem um grande coração e vai nos emocionar.
 
O certo é que Denise e Taylor terão um longo caminho para acertar as pontas, mas para isso é necessário honestidade por parte de ambos. Será que Taylor enfim desabafará sobre o que lhe atormenta?

Li em dois dias esse livro, me encantei com os personagens que são tão cativantes ao ponto de mesmo numa situação que merecem umas sacudidas, nós aliviarmos um pouco a reprimenda.

Com personagens cheios de sentimentos, uma cidadezinha tranquila e solidária, e com uma ótima revisão. Você vai se apaixonar.

Um livro sobre superação, confiança e com um romance que surge aos poucos, mas que nem por isso é tedioso. Um romance enternecedor.


Nota (0-5): 4




http://www.leituranossa.com.br/2014/08/post-premiado-de-agosto.html

6 comentários:

  1. Só li dois livros do Nicholas Sparks até hoje e não gostei tanto assim, achei meio óbvio as histórias, mas O Resgate parece ser o livro que vai finalmente me gostar do autor. Tem cara de ser emocionante demais! beijos

    ResponderExcluir
  2. Oi Dani!
    Eu li esse livro e adorei! É muito fofo!
    Bjks!

    ResponderExcluir
  3. Oi Dani!
    Os livros do Sparks costumam ser bem emocionante, de deixar todos chorando litros - até demais! Confesso que muitas vezes fiquei arrasada com os finais dele. Qual o problema né? Morte, morte, morte... já chega né? Agora,em O resgate para ser diferente. Gosto de livros que tem pessoas que sofrem alguma doença, ou neste caso uma síndrome.
    Fiquei ansiosa, tomara que eu leia logo!
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Eu fico com um pé atrás com os livros dessa autor pq ele adora um romance regado a lágrimas. Mas já sei que esse livro aí tem final feliz (procurei me informar, hehe), então é claro que quero lê-lo. Se um dia eu tiver a chance, não vou perder a oportunidade!

    ^__^

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderExcluir
  5. Também li em dois dias, ansiosa para saber como tudo iria terminar. Foi um nó no peito quando Taylor se abriu com a Denise. òtimo livro.
    Bjs, rose

    ResponderExcluir
  6. Olá Danielle!

    O Nicholas sempre consegue colocar doenças e sindromes pouco faladas nos seus livro. Não importa se alguém importante vai morrer no final ou não, ele consegue fazer isso.

    Um abraço!

    ResponderExcluir