[Série] Orange is the New Black


Essa é uma série original do Netflix - ou seja, está disponível na Internet mesmo através do site - que está ficando muito popular. Orange is the New Black fala sobre a ida de Piper (Taylor Schilling) - rica e com um noivo fofo (Jason Biggs) - para a penitenciária. O motivo? Há quase dez anos, Piper se envolveu em tráfico de drogas com sua então namorada Alex (Laura Prepon). Pra piorar, quando Piper vai para a prisão, encontra a ex-namorada lá e não sabe o que fazer. O interessante é que a série foi baseada na história real de Piper Kermann (que lançou o livro e foi publicado aqui pela Intrínseca).

Diferente de Oz - como eles mesmos dizem no começo da série - a série fala de prisão de uma forma mais leve, sem perder a dramaticidade e os momentos tensos. A série é considerada uma comédia, mas eu acho que ela é, no máximo, humor negro. O destaque de Orange is the New Black são as personagens. Além de Piper, vemos tantas personagens diferentes e interessantes na prisão que o drama dela acaba sendo o menos interessante de todos - pra mim, pelo menos. Na prisão tem de tudo: uma chefona, uma freira, uma transexual, uma fanática, uma ex-riquinha drogada, enfim, as mulheres da série ganham destaque incrível e são muito mais interessantes que os homens.


Além de ver como a riquinha Piper se adapta à vida na prisão - entre arranjar confusão com a chefona da cozinha e ser perseguida por uma detenta meio louca e apaixonada -, é interessante ver o passado mostrado de algumas das mulheres do local e observar a corrupção do sistema prisional. Não há mocinhos, até porque Piper - nem Larry, o noivo dela - são santos, nem muito menos Alex, que vai causar ciúmes no rapaz. Mas há vilões, viu? Não no estilo novela, mas alguns homens da série - especialmente um certo guarda- causam muuuita raiva e nojo, mas muita mesmo.

A primeira temporada não considerei muito incrível, mas a segunda é. Acho que talvez pela falta de paciência com o drama de Piper e por querer ver a interação das outras presidiárias, a segunda temporada foi muito melhor! Ela aprofunda a história de algumas delas e traz passados inesperados para personagens que você nem presta atenção. Sem falar que a própria Piper está mais esperta e atenta ao que acontece dentro da penitenciária.

Então, assista! É uma "dramédia" de qualidade, com diálogos afiados e um bom roteiro, além de ótimas atuações.

Para quem é recomendado: Quem procura por uma série de comédia clássica, com piadinhas prontas, essa não é mais adequada, mas quem procura uma série com personagens interessantes, pode assistir! Ah, e lembrando que ela é para maiores de 18 anos, então quem não é acostumado com o tipo de temática que esse tipo de faixa de etária aborda, é melhor saber antes de assistir.

E você? Já viu a série?






Photobucket





8 comentários:

Deixe seu comentário