Além do Deserto - Érica Bombardi

Nome do livro: Além do Deserto
Autora: Érica Bombardi 
Lançamento: 2012
Páginas: 272

Sinopse: O mundo de Fatum é iluminado por dois sóis, mas a luz que o aquece durante o dia não espanta as sombras que se arrastam no crepúsculo. As sombras cortam a noite com seus urros de destruição e terror. Nada parece deter sua fúria que afoga o planeta em desertos. O chanceler Tami, nobre da última grande fortaleza, procura o rei fada, sábio que lhe dará a resposta à sua pergunta, a única que importa, como deter as sombras, como restaurar a vida. Mas o destino tem seus caprichos e escolheu se revelar somente a uma pessoa, Thera. E aí há um problema, Thera não se importa com as sombras, ou Fatum, e mesmo assim será arrastada em uma caravana formada pelo jovem Mikail, o felino Oberon, o menino fada Lumi e o velho fada Nadar. Juntos, eles traçarão seus passos em busca de um destino muito maior que o deserto.

Em Além do Deserto, o mundo de Fatum é considerado seguro apenas quando os seus dois sóis estão iluminando sua superfície. Quando eles se põem e a escuridão se apodera de tudo, Fatum entra em caos. Seus reinos, seus habitantes e sua natureza estão todos sendo aniquilados. As responsáveis por esse caos são as Erínias.

As Erínias são seres demoníacos que não sentem pena, amor ou qualquer outro sentimento considerado bom. Elas promovem toda a destruição de Fatum, transformando tudo em um grande deserto. Mas não achem que as Erínias são um batalhão de demônios, elas são apenas três: Alecta, Megaera e Tisífone.

E nesse grande deserto que Fatum se tornou está Mikail, um nobre guerreiro, e Oberon, o seu felino que aprendeu a fala humana. Então eles saem do Reino das Montanhas do Norte em destino ao Grande Reino, com o objetivo de se tornar um grande guerreiro. Mas quando chegou ao seu destino, para sua surpresa, seu tio e também chanceler – Tami – do Grande Reino, ainda não retornou de uma missão que foi fazer no Reino das Fadas.

No meio dessa viagem Mikail e seu grande felino encontram Thera, uma jovem muito bonita que se diz ser uma nobre. Mikail fica caidinho por ela, já Oberon segue seus instintos. E seus instintos dizem que Thera está escondendo algo.

Então Mikail, Thera e Oberon vão procurar saber o que houve com Tami. Chegando no coração do Reino das Fadas eles descobrem o que aconteceu com o chanceler do Grande Reino e ficam sabendo um caminho que pode levar a destruição das Erínias.

“Pouco importava o que iria acontecer a Fatum quando os espíritos da luz fossem aniquilados. Pouco importava a ele se Fatum fosse entrar em uma Era de escuridão. O que importava é que ele teria todo o poder. A escuridão era inevitável.” (Página 162)

Antigamente Fatum era repleto de Fadas, hoje eles estão praticamente extintos. Os Fadas são “pequenos homenzinhos” que tem habilidades mágicas. Os humanos e os Fadas ajudavam uns aos outros, porém após o caos deixado pelas Erínias essa aliança foi desfeita, entretanto não viraram inimigos, apenas se afastaram e cada raça passou a viver do seu jeito.

Ainda no Reino das Fadas uma Devas, Edith, aparece para Thera e lhe dá uma pedra com propriedades mágicas e aconselha a jovem a seguir o caminho correto. Após isso, eles saem em busca de respostas. Vão a Terek, uma vila abandonada.

Existem quatro Devas: Edith, a Devas da terra; Ion, o do vento; Sargo, Devas da água e por fim Mandra, a do fogo. Esses quatro são os poderosos Deuses de Fatum.

Em Terek, Mikail, Oberon e Thera encontram uma criança muito especial, Lumi, e seu Fada protetor, Nadar. Juntos, os cinco, embarcam em uma missão aos Reinos dos Devas para descobrir de vez como acabar com as Erínias e trazer de volta a paz que possuía Fatum.

Nas primeiras páginas achei tudo confuso e sem graça, imaginei que esse cenário do deserto seria entediante. Não me dava bem com os personagens, já ia desistir da leitura e abandonar o livro no fundo da minha estante. Mas depois de algumas páginas tudo mudou.

Além do Deserto é um livro impressionante! Érica escreve super bem, o enredo estava começando a fazer sentido para mim e me apeguei muito a alguns personagens, um deles foi Thera, que é muito imprevisível e é uma guerreira nata, o livro sem ela não seria o mesmo. Outro fator que me agradou muito foi esse novo mundo com criaturas únicas e habilidades distintas.

Há também as histórias dos personagens, o passado deles e a forma como estão interligados. Tudo vai começando a fazer sentido e você fica ávido pela leitura. Então, aconselho este livro a você que gosta de aventura e romance, mas lembre-se de ter um pouco de paciência no começo, logo a história vai se tornar maravilhosa!


Assista ao book trailer:




Classificação (0 a 5): 4


Photobucket

3 comentários:

  1. Oi Léo,
    Entendo bem você quando diz que dá vontade de abandonar a leitura quando está confuso, mas sou a favor de insistir, afinal sempre podemos nos surpreender quando a leitura engrena.
    Gostei muito da resenha, quem sabe uma hora me aventuro. =)

    ResponderExcluir
  2. Léo,
    Esse livro parece ser muito bom, o enredo é bem diferente e bem legal. Que bom que você persistiu na leitura, o resultado parece ter sido um bom livro. Fiquei interessada em ler depois, gosto da temática
    :D

    ResponderExcluir
  3. Oi Léo...
    No começo também senti essa dificuldade quando comecei a ler, pois é tanta informação "jogada" de uma vez só... mas fico feliz que você tenha gostado!! =)

    beijos

    ResponderExcluir