Perdendo-me - Cora Carmack

Perdendo-me 
Original: Losing it
Autora: Cora Carmack
Trilogia Perdendo-me #1
Editora Novo Conceito
Ano 2014
288 páginas
VIRGINDADE. Bliss Edwards vai se formar na faculdade e ainda tem a sua. Chateada por ser a única virgem da turma, ela decide que o único jeito de lidar com o problema é perdê-lo da maneira mais rápida e simples possível com uma noite de sexo casual. Tudo se complica quando, usando a mais esfarrapada das desculpas, ela abandona um cara charmosíssimo em sua própria cama. Como se isso não fosse suficientemente embaraçoso, Bliss chega à faculdade para a primeira aula do último semestre e... adivinhe quem ela encontra?

Perdendo-me é envolvente, engraçado, romântico e com um leve erotismo que está na medida certa.

Bliss Edwards é uma mocinha neurótica, racional demais, porém sua amiga Kelsey está disposta a ajudar na perda da virgindade. As duas vão numa boate e encontram ninguém menos que o lindo...

Garrick Taylor... charmoso, sedutor, com um sotaque inglês arrebatador, mas que destoava de todos ali, não bebia nem dançava, estava lendo uma obra de William Shakespeare.

E daí começa o relacionamento de ambos. Não se engane os dois têm uma química inegável, eles se provocam e surte efeito em nós. 

Bliss e Garrick são um casal improvável por conta das circunstâncias, mas podem imaginar que serve apenas de combustível este empecilho.

Kelsey é obcecada por sexo, é um tanto dramática, mas uma boa amiga no fim das contas. Cade é o melhor amigo de Bliss, é um fofo e está sempre disponível quando necessário. Dom é aquele cara que só quer aparecer e se acha a última bolacha do pote. E temos também o Rusty que vai ser a peça chave quando a situação sair do controle.

Não é só de romance que a trama vive, as cenas no teatro são maravilhosas, as trapalhadas de Bliss nos levam à gargalhada. 

O epílogo me deixou em polvorosa, pois pude sentir tudo o que o Garrick vivenciava e bateu uma ansiedade. Posso arriscar dizer que o título do próximo livro tem ligação total com o epílogo, mal posso esperar pelo segundo.

Cora Camarck tem uma escrita ágil, fluida, com situações críveis. A autora dosou bem os sentimentos que quis passar. 

Os personagens têm personalidades bem construídas e passam por momentos de dúvidas e incertezas apesar de sua aparente autoconfiança. É maravilhoso acompanhar Bliss lidando com seu excesso de racionalidade.

Perdendo-me vai fazer com que perca o ar diante da sensualidade dos mocinhos, te faz perder a compostura e rir em público, mas no fim você encerra com um sorriso de pura alegria.

A editora está de parabéns pois não vi erros de revisão e a diagramação está agradável e confortável para leitura.

O livro faz parte de uma trilogia e conta com alguns contos também (que eu torço para a Novo Conceito publicar por aqui).

Trilogia Perdendo-me:

  1. Perdendo-me (Losing It)
  2. Fingindo (Faking It)
  3. Encontrando-me (Finding It)

  A capa nacional segue o mesmo estilo da original, porém o modelo "nacional" condiz mais com o perfil do Garrick (na minha opinião).


Nota (0-5): 5




8 comentários:

Deixe seu comentário